Início Cultura 10 Expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau»

10 Expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau»

O fiel amigo é tão insuperável no prato, que inspira muitos ditos populares. Conheça 10 expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau».

10 Expressões da língua portuguesa
10 Expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau»

O fiel amigo é tão insuperável no prato, que inspira muitos ditos populares. Conheça 10 expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau».

O bacalhau adora águas frias ou gélidas e é originário de países nórdicos europeus como Noruega, Suécia, Dinamarca, Islândia. É, ainda, possível encontrar bacalhau nas águas do Canadá e do Alasca.

Este alimento é tão saboroso que gostamos de o guardar para ocasiões especiais como o Natal ou a Páscoa. E os portugueses adoram bacalhau. Durante muitos séculos, ele tem estado presente nas nossas mesas, sendo-lhe reservado um espaço de destaque. Noutros tempos, o seu custo foi mais acessível, mas hoje ainda é consumido regularmente.

O fiel amigo dos portugueses não é um peixe, ao contrário do que muitos pensam. É um conjunto de peixes. Não. O bacalhau não é um cardume… Apenas designa diferentes espécies de peixe. Como bacalhau são identificadas espécies como Cod Gadus Morhua e Cod Macrocéfalo (os mais famosos e saborosos), mas também espécies como Ling, Saythe e Zarbo.

Por tudo isto e muito mais, o bacalhau faz parte da cultura portuguesa, sendo uma influência nas mais várias áreas, nomeadamente na pintura, na música e na língua. Conheça bacalhau como inspiração para expressões da língua portuguesa.


Leia também: 22 palavras da língua portuguesa espalhadas pelo mundo


10 Expressões da língua portuguesa inspiradas em «Bacalhau»

“Ficar em águas de bacalhau”

Esta expressão é frequentemente usada pelo povo português. Quando ocorre aquele momento em que se combina algo (“almoço de turma”, “uma saída entre casais amigos”, “uma ida ao cinema”) e, depois, tudo cai no esquecimento ou não se materializa.

É quando tinha tudo para acontecer, mas não acontece. Algo surge que impede que isso aconteça ou algo não surge (um telefonema, uma mensagem,…) e era essencial para isso acontecer.

A origem da expressão terá a ver com a atividade piscatória dos bacalhoeiros. Diz respeito à faina dos bacalhoeiros nos mares da Terra Nova e da Gronelândia. Muitas embarcações ficaram nessas águas para sempre… Embarcações que, por isso, não regressaram, não chegaram a bom porto. A expressão remete para algo não realizado ou que não chegou a bom termo.

“Dá cá um bacalhau” ou “Apertar o bacalhau”

Esta é uma expressão muito comum, usada num contexto de amigos. Significa o chamado “aperto de mão”. A origem desta analogia tem por base a imagem que se tem do

bacalhau seco e espalmado que parece uma mão aberta, como quem nos vem cumprimentar.

“Bacalhoar”

Esta é uma expressão que significa cumprimentar, dar um bacalhau. Isto é, dar um passou bem, dar um aperto de mão.

“Arrotar postas de bacalhau”

Expressão usada frequentemente para caracterizar uma pessoa que gosta de se exibir, enquanto fala daquilo em que acha que é perito, num determinado assunto que, na verdade, até pode estar longe de dominar…

“Está seco que nem um bacalhau”

Esta expressão é comum, embora também se use “está seco que nem um carapau”. Estar seco que nem um bacalhau é uma expressão que os portugueses usam para descrever uma pessoa magra.


Leia também: Língua Portuguesa: 23 dos melhores trava-línguas


“Para quem é, bacalhau basta”

O bacalhau sempre foi adorado pelos portugueses, por isso é apelidado de “fiel amigo”. Atualmente, não podemos dizer que o bacalhau seja um alimento acessível, sendo até um pouco caro.

No entanto, no passado, ele era um alimento abundante e acessível, até para quem tinha mais dificuldades. Assim, mesmo os mais modestos, deliciavam-se com o petisco. Por isso, para designar algo ou uma situação a que até a mais modesta das pessoas tem acesso, diz-se: “Para quem é, bacalhau basta”.

“Há mil maneiras de fazer o bacalhau”

Esta expressão é utilizada quando pretendemos dizer que existem inúmeras maneiras de resolver determinado assunto ou problema.

“Cheira a bacalhau”

Expressão que permite identificar o cheiro a mar. “Cheira a bacalhau” alude ao odor intenso a maresia.

“Bacalhau a pataco”

Esta expressão significa que o bacalhau é barato, de baixo preço, podendo ser usada em vários contextos, para designar algo barato.

Como tivemos oportunidade de constatar, o alimento “bacalhau” tem sido extremamente inspirador, estando na origem de diversas expressões que existem na língua portuguesa. Mas também inspirou os portugueses noutras áreas, como a pintura ou a música… Fique atento ao sítio N Cultura, pois brevemente voltaremos a falar deste “fiel amigo!…

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.