Início Cultura 27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Não os incentivamos, mas a verdade é que os insultos fazem parte da nossa língua. Fique a conhecer 27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos.

27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Não os incentivamos, mas a verdade é que os insultos fazem parte da nossa língua. Fique a conhecer 27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos.

Em latim, insultare, significa, literalmente, saltar para cima. Esta é uma forma de criticar, de modo verbalmente mais agressivo algo ou alguém, e, segundo alguns, até ajuda a aliviar o stress e, em contexto profissional, até pode aumentar a produtividade.

Independentemente destes estudos e teorias, certo é que há muitos insultos e palavras do calão que desconhecemos, quer por serem menos utilizadas, querem por serem mais usuais no outro lado do Atlântico (no Brasil, por exemplo). Fique a par de 27 insultos bem curiosos e desconhecidos.

Sinónimos

Existem diferentes palavras que podem ser entendidas como sinónimos da palavra insulto. Ofensa, xingamento, injúria, agravo, ultraje ou afronta são alguns deles

27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

27 insultos da língua portuguesa
27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Abécula

É um idiota, um azelha, um palerma. Pessoa lenta ou pouco inteligente; desajeitada ou que se desorienta facilmente.

Abentesma

Pessoa pouco inteligente, incompetente. É um cretino, imbecil, burro, badameco, besta.

Achavascado

Pessoa mal-educada, bruta, rude, ignorante.

Alimária

Animal irracional, pessoa estúpida.

Andrajoso

Pessoa mal arranjada; esfarrapado.

Barregã

Usado para insultar de forma violenta alguém do sexo feminino que vive de expedientes, que não tem objetivos, que vive da prostituição.

27 insultos da língua portuguesa
27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Biltre

Pessoa que se comporta de maneira vil; que gosta de praticar canalhices. Aquele que é um patife, um canalha.

Cacóstomo

Descreve alguém com vícios de pronúncia mas, popularmente, pode também classificar um indivíduo com mau hálito.

Cuarra

Usado para insultar de forma violenta alguém do sexo feminino que vive de expedientes, que não tem objetivos, que vive da prostituição.

Enxacoco

Diz-se de alguém que fala mal uma língua estrangeira.

Estólido

Pessoa desprovida de inteligência e/ou de discernimento. Estúpido, parvo, tolo. Pessoa que mostra falta de bom senso ou de sensatez.

Estroso

Parvo, idiota.

Estultilóquio

Que faz tolices, disparates. Com discurso néscio. Razão de tolo.

27 insultos da língua portuguesa
27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Fardola

Refere-se a um sujeito gabarolas, exibicionista e metediço.

Gárrulo

Indivíduo falador e tagarela; que fala por tudo e por nada.

Jabiraca

Insulto dirigido às mulheres que têm por hábito passar muito tempo à janela.

Lheguelé

Alguém insignificante, desconhecido, sem importância, nem visibilidade.

Macarongo

O mesmo que chulo ou proxeneta. Insultado para um homem que explora a própria mulher.

Nefelibata

Pessoa que “vive ou anda nas nuvens”. Aquele que é muito distraído. Aluado; sonhador que foge frequentemente da realidade. Escritor excêntrico que não cumpre regras literárias.

Néscio

Ignorante, inepto, estúpido. Pessoa que não sabe ou não é muito inteligente. Alguém que não é sensato ou prudente; irresponsável.

Obnóxio

Diz-se de alguém subserviente que é capaz de assumir as culpas e os erros dos outros, sem contestar, nem ripostar.

27 insultos da língua portuguesa
27 insultos da língua portuguesa inconvenientes e pouco conhecidos

Pechenga

Usado para insultar de forma violenta alguém do sexo feminino que vive de expedientes, que não tem objetivos, que vive da prostituição.

Sevandija

Pessoa sem escrúpulos que explora outra financeiramente. Aquele que vive à custa alheia. Pessoa de baixos valores morais, desprezível, ignóbil. Aquele que humilha sem ressentimentos. Repugnante e parasita. Nome comum de todos os vermes imundos ou insetos parasitas.

Somítico

Pessoa que é muito apegada ao dinheiro e não gosta de o gastar; quando dá ou partilha, fá-lo com pouca generosidade. Sovina, avarento, forreta.

Tatibitate

Pessoa que tem dificuldade em falar ou pronunciar bem as palavras. Aquele que gagueja. Um gago, um palerma, parvo. Que tem pouca inteligência.

Xexé ou Cheché

Pessoa mentalmente senil ou gagá. Pessoa ou coisa considerada ridícula.

Xexelento

Pessoa ou coisa que tem pouco valor; não tem qualidade. Que não tem beleza ou possui aspeto desagradável. Pessoa ou coisa feia. Algo ou alguém que tem o hábito de implicar ou incomodar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.