Início Histórias 8 semelhanças entre portugueses e brasileiros

8 semelhanças entre portugueses e brasileiros

De longe, parece que somos dois países completamente diferentes. Mas se prestarmos atenção, podemos descobrir semelhanças incríveis entre as duas nações.

2152
COMPARTILHE
8 semelhanças entre portugueses e brasileiros
8 semelhanças entre portugueses e brasileiros

8 semelhanças entre portugueses e brasileiros

Quando falamos sobre Portugal, a primeira coisa que percorre a mente dos brasileiros pode ser a colonização portuguesa sobre as nossas terras, também pode ser mencionado o pastelzinho de Belém, a famosa sobremesa lusitana e claro, as piadas com os portugueses que os brasileiros não conseguem evitar, devido ao lendário senso de humor brasileiro.

A relação entre estes países já  teve altos e baixos, mas o fato é que Brasil e Portugal permanecem tendo uma boa relação comercial e política. Isso, sem contar o maior legado brasileiro deixado pelos portugueses, a nossa língua. Sotaques diferentes à parte, somos capazes de dialogar e compreender uns aos outros. Isso é o que importa.

De longe, parece que somos dois países completamente diferentes. Mas se prestarmos atenção, podemos descobrir semelhanças incríveis entre as duas nações. Ora veja:

1 – Feijoada

Tripas à Moda do Porto

O mito diz que os escravos separavam as partes do porco que eram dispensadas pelos portugueses ou descendentes de portugueses que viviam no Brasil, como pé de porco, orelha e outras partes que não eram aproveitadas pelos senhores, para misturar com o feijão e assim terem uma refeição mais enriquecida.

O problema dessa lenda é que essas partes do porco nunca foram consideradas restos pelos portugueses, pelo contrário, elas eram e continuam sendo pedaços nobres e aproveitados por completo. Os escravos brasileiros, por outro lado, raramente se alimentavam de carne, sendo as suas refeições basicamente compostas por farinha e água.

A feijoada varia de região para região, assim como no Brasil. Em Portugal é comum eles utilizarem o feijão branco, enquanto que por aqui nós preferimos o feijão preto. O que todos concordam é que no fim das contas, essa é uma paixão semelhante entre os dois países.

2 – Café

É a bebida mais amada pelos brasileiros e também a mais consumida, ficando na frente do arroz e do feijão, inclusive. O Brasil é um país que se fortaleceu economicamente devido a esse produto tomado por 80% da população que fazem o seu uso diariamente.

Ele não tem origem brasileira, muito menos europeia. A lenda é que os grãos de café foram transformados pela primeira vez em bebida por um pastor de cabritos, na Abissínia, hoje chamada de Etiópia. Mas são os árabes os verdadeiros propagadores da arte de se tomar café, que ensinaram aos holandeses esse hábito espalhando assim o café por toda a Europa.

No Brasil, ele foi trazido da Guiana Francesa pelo Sargento-Mor Francisco de Mello Palheta a pedido do governador do Maranhão e Grão Pará, para a cidade de Belém. De qualquer maneira, é inegável a paixão dos portugueses pelo mesmo produto. A disputa para saber quem bebe e ama mais esse grão de cheiro maravilhoso pode ir longe.

3 – Festa Junina

Festas de São João, no Porto

As Festas Juninas marcam as festividades católicas em homenagem aos santos e são comemoradas durante o período de junho e julho, tanto no Brasil como em Portugal. Como a fé cristã foi trazida para o Brasil, não poderia ser diferente a origem dessa festa brasileira. Ela veio da Europa, mais precisamente trazida pelos portugueses durante as missões jesuítas que tentavam catequizar os índios brasileiros.

As fogueiras por exemplo, foi um hábito preservado no Brasil, mas que nas festas juninas portuguesas nem acontecem mais. Como aqui a festa é realizada durante o inverno, incorporamos o quentão, as comidas típicas de milho e roupas quentes. Mas as festas juninas de Portugal acontecem no verão, por isso a festa é para deambular livremente pelas ruas da cidade, com roupas leves, o aroma de sardinha que são feitas para a comemoração, além do costume português de trocar vasos de manjericão com a vizinhança.

As festas no fim, são bem diferentes (ver festa portuguesa na imagem acima), mas a intenção da celebração é a mesma.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here