Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 296

Teste de Língua Portuguesa 296

Conheça a efeméride do dia 14 de março de 1937, quando o Papa Pio XI condenou o nazismo. Em seguida, faça o teste de língua portuguesa 296.

Teste de Língua Portuguesa 296
Teste de Língua Portuguesa 296

Conheça a efeméride do dia 14 de março de 1937, quando o Papa Pio XI condenou o nazismo. Em seguida, faça o teste de língua portuguesa 296.

Foi na Encíclica Mit brennender Sorge que o Papa Pio XI se opôs a Adolf Hitler. Um documento oficial em que ficava bem expressa a oposição ao nazismo, por parte do Sumo Pontífice.

Mit brennender Sorge

O Papa Pio XI publicou a Carta Encíclica intitulada “Mit Brennender Sorge” (significando “Com profunda preocupação”), no dia 14 de março de 1937. Neste documento oficial, o Papa identifica Adolf Hitler como ‘profeta louco de arrogância repulsiva’.

A condenação

Papa Pio XI condenou assim o nacional-socialismo alemão ,criticando Adolf Hitler e a respetiva ideologia racista. Foi o primeiro chefe de Estado a fazer uma crítica oficial ao nazismo e a atacar Adolf Hitler. Condenou o antissemitismo e a ideia de que haja uma raça superior em relação a todas as outras.

O Papa

Nasceu Ambrogio Damiano Achille Ratti, a 31 de maio de 1857, tendo falecido a 10 de fevereiro de 1939. Pio XI assumiu o pontificado no ano de 1922, até ao momento da sua morte, que ocorreu em 1939.

Pio XI foi o 259º bispo de Roma e Papa da Igreja católica. Desde o ano 1929, foi ainda o primeiro soberano do Estado da Cidade do Vaticano.

Mensagem em alemão

Pio XI redigiu a Encíclica em alemão, pois a mensagem era especificamente destinada ao povo germânico. A estratégia adotada foi enviar o documento, de forma clandestina, para a Alemanha.

Diversos membros da Igreja Católica, como bispos, padres e capelães, receberam cópias de “Mit Brennender Sorge”, para estas serem lidas durante a missa de Domingo de Ramos, no dia 21 de março. A data foi pensada por ser a que garantia a presença de mais fiéis, pois costuma ser a maior do ano litúrgico.

O ataque

“Mit Brennender Sorge” representou um ataque que demonstrava uma agressividade incomum. Condenava os erros do nazismo, pois era uma ideologia que ia contra os “direitos humanos inalienáveis dados por Deus”.

A Encíclica atacava o racismo, o “Führer” e a sua ideologia racista e pagã e fazia-o de um modo raro em documentos papais. O tom firme do documento surpreendeu, pois foi publicado num momento em que Hitler ainda gozava de prestígio internacional.

Críticas

Em “Mit Brennender Sorge”, Pio XI demonstrava a sua preocupação com a ideologia nazi, constatando que a exaltação de uma determinada raça (nomeadamente a ariana) sobre as outras era incompatível com o catolicismo. Como advertia: “Todo aquele que tome a raça, o povo ou o Estado (…) e os divinize num culto idolátrico, perverte e falsifica a ordem criada e imposta por Deus”.

Contra o antissemitismo

A preocupação demonstrada em “Mit Brennender Sorge” surgiu num momento em que se desconhecia a real extensão da perseguição dos nazis aos judeus. Pio XI acabava por criticar e condenar o antissemitismo, relembrando que quem promove perseguições contra judeus, independentemente dos motivos (raciais ou religiosos), é punido pela doutrina católica com a excomunhão.

Entre Deus e o povo israelita, há uma aliança de caráter indissolúvel, pois a eternidade irrompeu na história por via de uma natureza humana semita.

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.