Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 289

Teste de Língua Portuguesa 289

Conheça a efeméride do dia 7 de março, um momento importante para Camões, símbolo de Portugal. Em seguida, faça o teste de língua portuguesa 289.

teste de língua portuguesa 289
teste de língua portuguesa 289

Conheça a efeméride do dia 7 de março, um momento importante para Camões, símbolo de Portugal. Em seguida, faça o teste de língua portuguesa 289.

A 7 de março de 1553, Luís de Camões recebe carta de perdão, libertando-o da prisão.

Luís de Camões

Luís Vaz de Camões (1524-1580) foi um poeta de excelência e ficará para sempre como  um dos grandes nomes da literatura lusófona. É difícil definir com exatidão algumas datas e alguns momentos importantes da vida de Camões.

A sólida educação nos moldes clássicos e o estudo na Universidade de Coimbra são defendidos por historiadores, mas a sua passagem pela escola não é comprovada por documentos. Terá tido uma vida boémia e com alguma turbulência. Na sequência de um amor frustrado, Camões autoexilou-se em África, tendo-se alistado como militar e na sequência de uma batalha perdeu um olho.

A obra

Luís Vaz de Camões ficará para sempre recordado por ser o autor da mítica obra “Os Lusíadas”. A obra composta por dez cantos foi publicada pela primeira vez em 1572. Esta emblemática obra aborda como temática central a descoberta do caminho marítimo para a Índia, protagonizada por Vasco da Gama.

A obra que ficou conhecida como a “epopeia portuguesa por excelência” dá espaço a outros episódios importantes da história de Portugal. Esta obra de poesia tornou-se épica e fez do poeta português um símbolo do nosso país, pois nela ele glorifica o povo português e os seus feitos.

O perdão

Luís de Camões recebe uma carta régia no dia 7 de março de 1553, documento que oficializava o perdão, algo que implicou a sua libertação da prisão. Na carta régia, estava a informação de que Camões era “mancebo e pobre e me (ao rei) vai este ano servir à Índia”.

Camões tinha sido preso na sequência de um desentendimento com Gonçalo Borges, um célebre cavaleiro da corte de D. joão III. Foi libertado por perdão do Rei e de Gonçalo Borges que recuperou (um ano depois) dos ferimentos.

Um excerto d’Os Lusíadas

Canto I

As armas e os barões assinalados,

Que da ocidental praia Lusitana,

Por mares nunca de antes navegados,

Passaram ainda além da Taprobana,

Em perigos e guerras esforçados,

Mais do que prometia a força humana,

E entre gente remota edificaram

Novo Reino, que tanto sublimaram;

Um poema mítico da lírica camoniana

AMOR É FOGO QUE ARDE SEM SE VER

Amor é fogo que arde sem se ver,

é ferida que dói, e não se sente;

é um contentamento descontente,

é dor que desatina sem doer.

 

É um não querer mais que bem querer;

é um andar solitário entre a gente;

é nunca contentar-se de contente;

é um cuidar que ganha em se perder.

 

É querer estar preso por vontade;

é servir a quem vence, o vencedor;

é ter com quem nos mata, lealdade.

 

Mas como causar pode seu favor

nos corações humanos amizade,

se tão contrário a si é o mesmo Amor?

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.