Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 281

Teste de Língua Portuguesa 281

Conheça alguns pseudónimos brasileiros marcantes na história da literatura do Brasil. Em seguida, aventure-se no teste de língua portuguesa 281.

Teste de Língua Portuguesa 281
Teste de Língua Portuguesa 281

Conheça alguns pseudónimos brasileiros marcantes na história da literatura do Brasil. Em seguida, aventure-se no teste de língua portuguesa 281.

Pseudónimo é um termo que vem do grego pseudónymos e que significa “falso nome” sob o qual algumas pessoas, nomeadamente escritores, publicam as suas obras, omitindo a sua verdadeira identidade. A escolha de um pseudónimo pode ter diferentes motivações. O essencial é mesmo esconder a verdadeira identidade. Por exemplo, pode ter uma vida profissional noutra área (medicina, arquitetura ou qualquer outra) e pretender proteger a sua atividade, enquanto explora o universo das letras.

Recorrer a um pseudónimo permite manter o indispensável anonimato e a possibilidade de explorar a criatividade literária. Pode também escolher-se um pseudónimo como homenagem a algo ou alguém (um familiar, um amigo, um escritor ou algo como a sua terra natal).

Também houve escritores brasileiros que optaram por recorrer a pseudónimos, talvez para explorar livremente outras dimensões da sua escrita. Fiquemos, então, a conhecer algumas das personalidades masculinas da Literatura Brasileira que recorreram a pseudónimos.

Pseudónimos de escritores brasileiros

Machado de Assis (1839-1908)

Sendo um dos melhores escritores brasileiros de todos os tempos, é perfeitamente natural que este autor tenha uma produção extensa. São muitas as obras suas que se tornaram essenciais para quem pretende conhecer um pouco da história da literatura brasileira. Entre elas estão, por exemplo: Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas, O Alienista, Quincas Borba, A Cartomante.

O que nem todos sabem é que Machado de Assis recorreu a vários pseudónimos para explorar temáticas mais sensíveis. Por exemplo, com o pseudónimo “Boas Noites” criticou os fazendeiros que eram favoráveis à continuação da escravatura; já sob o pseudónimo Platão assinou 5 artigos no Diário do Rio de Janeiro (em julho de 1869), onde criticava Adelaide Ristori.

  • Nome do escritor: Machado de Assis
  • Pseudónimos: Victor de Paulo(a), João das Regras, Dr. Semana, Boas Noites, Malvolio, Lélio, Manassés, Job, Sileno, Platão.

Olavo Bilac (1865-1918)

É outro dos grandes nomes da literatura brasileira. O seu nome completo é Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac. A Academia Brasileira de Letras tem em Olavo Bilac um dos seus fundadores, juntamente com outras personalidades como Machado de Assis, Afonso Celso, Lúcio de Mendonça, Inglês de Sousa, Joaquim Nabuco, Teixeira de Melo, Visconde de Taunay, Graça Aranha, Medeiros e Albuquerque e Ruy Barbosa.

Entre as suas obras, podemos encontrar títulos como: Antologia poética. Através do Brasil, Conferências literárias, Contos Pátrios, Crítica e fantasia, Crônicas e novelas, Dicionário de rimas, Hino à Bandeira, entre muitos outros. Sob o pseudónimo de Bob, Olavo Bilac escreveu contos eróticos. “Fantasio” foi outro dos muitos pseudónimos de Olavo Bilac, tendo este marcado presença no periódico “A Bruxa”. No ano de 1907, Olavo Bilac foi eleito “príncipe dos poetas brasileiros” pela revista Fon-Fon.

  • Nome de escritor: Olavo Bilac
  • Pseudónimos: Osaldo, Otávio Bivar, Pe-Ho, Pierrô, Pif-Paf, Puck, Pulcinello, Tartarin-Le Songeur, Fantasio, Bob, Jaime de Ataíde, Juvenal L., Flamínio, Lilith, Marcos, Puck, Brás Patife, Arlequim, Asmodeu, Astaroth, B., Belial, Febo-ApoloNemrod, O., O.B., O Diabo Coxo, O Diabo Vesgo, Olavo Oliveira, Olívio Bivar.

Nelson Rodrigues (1912-1980)

O seu nome completo é Nelson Falcão Rodrigues. Este escritor versátil explorou de diferentes formas a sua criatividade. Além de escritor, foi jornalista, romancista, escreveu em folhetins e foi cronista (tanto de costumes, como de futebol brasileiro). Foi, seguramente, um dos melhores e mais importantes dramaturgos do Brasil. Tem muita produção publicada em nome próprio como Vestido de Noiva, A vida como ela é… e, entre muitos outros, Anjo Negro.

Sob o pseudónimo de Suzana Flag, escreveu Meu destino é pecar, um romance notável que vendeu mais de cem mil exemplares. Este seu primeiro folhetim, conheceu um sucesso tal que as vendas de O Jornal aumentaram substancialmente. Escravas do amor (O Jornal) e Minha vida (revista a Cigarra) foram também escritos sob o pseudónimo Suzana Flag. Os três foram também publicados como livros.

Saindo de O Jornal, outros projetos surgiram. Myrna é outro pseudónimo que Nelson Rodrigues usava quando integrou o Diário da Noite, onde era responsável por um consultório sentimental (coluna “Myrna Escreve”), em que respondia às cartas das leitoras. Posteriormente, com o mesmo nome, escreveu “A mulher que amou demais”.

  • Nome de escritor: Nelson Rodrigues
  • Pseudónimos: Suzana Flag e Myrna

Vítor Leal ou Victor Leal

No ano de 1890, surgiu O Esqueleto que foi a primeira obra assinada sob o nome de Vítor Lopes, um folhetim publicado pelo jornal Gazeta de Notícias. O sucesso fez com que se seguisse Mortalha de Alzira (escrito um ano depois), Paula Matos e O Monte de Socorro, outros títulos de romance de folhetim.

Gustavo Hastoy foi o desenhador que apresentou a figura de Vítor Leal, na Gazeta de Notícias. Seria este um dos grandes escritores da época? Na verdade, não era bem um escritor. Victor Leal não era mais do que um pseudónimo de quatro escritores brasileiros: Aluísio Azevedo, Coelho Neto, Olavo Bilac e Pardal Mallet. Quatro mãos e mentes criativas que se uniram criando um nome de sucess: Vítor Leal.

  • Pseudónimo: Vítor Leal
  • Nome dos escritores: Aluísio Azevedo, Coelho Neto, Olavo Bilac e Pardal Mallet.

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.