Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 271

Teste de Língua Portuguesa 271

Será que ler é maçada, como diz o poeta? Conheça diferentes tipos de leitura e em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 271.

Teste de Língua Portuguesa 271
Teste de Língua Portuguesa 271

Será que ler é maçada, como diz o poeta? Conheça diferentes tipos de leitura e em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 271.

A capacidade de ler e escrever contribui para um desenvolvimento ímpar do ser humano. A tecnologia tem evoluído muito e integrado e enriquecido o quotidiano dos seres humanos, mas não pode substituir a leitura de livros em papel.

Atualmente há tablets, portáteis, telemóveis – que são quase uma extensão de nós mesmos – e parece que os livros em papel perdem importância. Contudo, a leitura nos ecrãs destes aparelhos é distinta da proporcionada pelo papel. Um estudo da Universidade de Valência revela as vantagens e maior eficácia da leitura em papel.

Ler é maçada? Conheça diferentes tipos de leitura

A leitura fomenta a nossa autonomia, seja qual for a atividade que escolhamos para o nosso percurso. É fundamental ler com frequência para atingir o sucesso. Logo, o nosso dever é incentivar e consolidar práticas de leitura, pois elas levam ao enriquecimento pessoal e a um mais profícuo exercício de liberdade. Desde cedo as crianças devem criar o hábito da leitura e, mesmo quando elas ainda não sabem ler, devem ter contacto com a leitura em voz alta, de forma a que ela integre o seu quotidiano.

Ler é viajar sem sair do lugar onde se está. É percorrer o mundo em segundos. É ser verdadeiramente livre, mesmo quando se está confinado a um espaço fechado. Existem diferentes abordagens da leitura que permitem explorar diferentes riquezas. Para explorar integralmente a leitura, não nos podemos prender a uma leitura estanque, mas sim ser flexível e libertar-se nas suas diferentes possibilidades. A leitura pode ser uma companhia diária quando estamos sós, mas também pode integrar o quotidiano quando estamos em grupo.

Por isso, é importante que no nosso percurso contatemos com diferentes atividades e estratégias que nos permitam desenvolver diferentes tipos de leitura, como por exemplo: leitura em voz alta; leitura em voz baixa; leitura silenciosa; leitura expressiva; leitura coral; leitura dramatizada; leitura extensiva/intensiva; leitura para informação; leitura global/ seletiva.

– Assim, ao promover com as crianças e jovens atividades que desenvolvam uma leitura recreativa, estamos a contribuir para que sintam prazer, existindo uma fruição estética do texto;

– A leitura funcional permite a recolha cirúrgica de informação útil, contribuindo para a capacidade de solucionar um problema específico;

– Já uma leitura analítica e crítica desenvolve a construção da significação do texto, visando o desenvolvimento da capacidade de análise crítica autónoma.

Factos, curiosidades e efemérides

– O Dia Mundial da Leitura em Voz Alta é celebrado no dia 01 de fevereiro.

– Em novembro de 1995, o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor foi instituído pela UNESCO, sendo o Dia Mundial do Livro no dia 23 de abril, data em que William Shakespeare morreu.

– O Dia do Livro Português é comemorado a 26 de março.

– O Dia Internacional do Livro Infantil é celebrado a 02 de abril.

Em forma de conclusão, deixamos o poema Liberdade, de Fernando Pessoa. Podemos assim refletir sobre se a leitura é mera maçada ou apenas um dever? Ou se é liberdade ou se serve apenas como estudo?

Liberdade

Ai que prazer

Não cumprir um dever,

Ter um livro para ler

E não o fazer!

Ler é maçada,

Estudar é nada.

O sol doira

Sem literatura.

O rio corre, bem ou mal,

Sem edição original.

E a brisa, essa,

De tão naturalmente matinal,

Como tem tempo não tem pressa…

 

Livros são papéis pintados com tinta.

Estudar é uma coisa em que está indistinta

A distinção entre nada e coisa nenhuma.

 

Quanto é melhor, quanto há bruma,

Esperar por D. Sebastião,

Quer venha ou não!

 

Grande é a poesia, a bondade e as danças…

Mas o melhor do mundo são as crianças,

Flores, música, o luar, e o sol, que peca

Só quando, em vez de criar, seca.

 

O mais do que isto

É Jesus Cristo,

Que não sabia nada de finanças

Nem consta que tivesse biblioteca…

Fernando Pessoa

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.