Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 270

Teste de Língua Portuguesa 270

Conheça de forma aprofundada os princípios da hifenização, segundo o Acordo Ortográfico. Em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 270.

Teste de Língua Portuguesa 270
Teste de Língua Portuguesa 270

Conheça de forma aprofundada os princípios da hifenização, segundo o Acordo Ortográfico. Em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 270.

O novo acordo ortográfico introduziu inúmeras alterações na língua portuguesa. Muitas dessas alterações continuam a gerar algumas dúvidas e é sempre importante escalpelizar essas alterações de forma a ter bem presentes as mudanças implicadas com o novo acordo.

Uma das alterações mais substanciais tem a ver com o uso do hífen. Este artigo visa dar a conhecer de forma aprofundada os princípios da hifenização, segundo o Acordo Ortográfico.

A hifenização no novo acordo ortográfico

Supressão do hífen

Em alguns casos, existe a eliminação do hífen, tais como:

– Sempre que as palavras formadas por prefixos ou falsos prefixos terminam em vogal e o segundo elemento começa por «r» ou «s» duplica-se a consoante. Caso de antirracista, antirregionalista, antirrevolucionário, autorretrato, autossuficiente, contrarreação, contrarrelógio, neorrealismo, ultrassecreto.

– Sempre que palavras formadas por prefixos ou falsos prefixos terminam em vogal e o segundo elemento começa por vogal diferente. Por exemplo: agroindustrial, autoestrada, contraofensiva, contraordenação, extraescolar, infraestrutura, ultraortodoxo.

– Sempre que as palavras são formadas pelo prefixo «co», mesmo nos casos em que o segundo elemento começa por «o». É exemplo: coadministração, coautor, coautoria, cofundador, codireção, coocorrência, coprodução.

– Sempre que as formas monossilábicas do verbo «haver» são seguidas da preposição «de». Caso de: há de, hão de, hás de, hei de, heis de, entre outras possibilidades.

– Nos compostos em que se perde a noção de composição. Exemplo: paraquedas, mandachuva.

– Nas locuções de uso geral. Por exemplo: cartão de visita, dia a dia, fim de semana).

Uso do hífen

O hífen é usado nos seguintes casos:

– Sempre que as palavras formadas por prefixos ou falsos prefixos terminam numa vogal e o segundo elemento começa pela mesma vogal. Por exemplo: anti-inflamatório, auto-observação, contra-almirante, micro-ondas.

– Quando as palavras são formadas pelos prefixos «hiper», «inter» e «super», no caso em que o segundo elemento começa por «r». Caso de hiper-realista, inter-regional, super-revista.

– Quando as palavras são formadas por prefixos ou falsos prefixos e o segundo elemento começa por «h». Exemplo: super-homem, neo-helénico.

– Quando as palavras são formadas pelos prefixos «ex», «pós», «pré», «pró» e «vice». Por exemplo: ex-deputado, pós-graduação, pré-escolar, pró-europeu, vice-presidente.

– Quando as palavras são formadas pelos prefixos «circum» e «pan» e o segundo elemento começa por vogal «h», «m» ou «n». Caso de: circum-hospitalar, circum-navegação, pan-africano, pan-americano, pan-helénico.

– Em topónimos iniciados pelos adjetivos «grã» e «grão» ou cujos elementos estejam ligados por artigo. Por exemplo: Grã-Bretanha, Grão-Pará, Grão-Mestre, Albergaria-a-Velha, Montemor-o-Novo, Trás-os-Montes.

– Em palavras compostas que designam espécies botânicas e zoológicas. Exemplo de: feijão-verde, ervilha-de-cheiro, andorinha-do-mar, cobra-capelo.

– Em palavras compostas formadas por elementos de natureza nominal, adjetival, numeral ou verbal. Caso de: decreto-lei, azul-escuro, primeiro-ministro, conta-gotas.

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.