Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 265

Teste de Língua Portuguesa 265

Conheça as alterações relativas ao uso de maiúsculas e minúsculas no novo acordo ortográfico. Em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 265.

Teste de Língua Portuguesa 265
Teste de Língua Portuguesa 265

Conheça as alterações relativas ao uso de maiúsculas e minúsculas no novo acordo ortográfico. Em seguida, atreva-se no Teste de Língua Portuguesa 265.

O novo acordo ortográfico adotou regras que causaram grande polémica. Portugal não acolheu da melhor forma estas mudanças. Será até mais correto dizer que os portugueses não receberam de braços abertos tanta alteração, sentindo que parte do património que é a Língua Portuguesa estava a ser de alguma forma espoliado.

Contudo, sabendo que a adoção do acordo é uma realidade, devemos conhecer ao máximo as suas alterações, de forma a mantermos o nosso conhecimento devidamente atualizado.

Uma das muitas alterações tem a ver com o uso de maiúsculas e minúsculas. Fique, agora, a conhecer toda a informação que necessita sobre as mudanças mais significativas que o acordo ortográfico trouxe, relativamente ao uso das maiúsculas e minúsculas.

As maiúsculas e minúsculas no novo ortográfico

A letra minúscula é usada no início das palavras, nos seguintes casos:

– Nos nomes dos meses e das estações do ano (tal como nos casos: janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro, primavera, verão, agosto, inverno).

– Nos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais (tal como nos casos: norte, sul, este, oeste enquanto pontos cardeais).

Nota

mas não quando designam regiões ou quando abreviados. Assim, Norte (enquanto região) e N (enquanto abreviatura) permanecem com maiúscula.

– Nas designações usadas para mencionar alguém cujo nome se desconhece (tal como nos casos: beltrano, fulano, indivíduo, sicrano, sujeito, tipo).

O uso inicial de minúscula ou maiúscula é facultativo nos seguintes casos:

– Nos nomes que indicam domínios do saber, cursos e disciplinas (tal como nos casos: direito ou Direito, filosofia ou Filosofia, física ou Física, físico-química ou Físico-Química, português ou Português).

– Títulos de livros ou de obras – exceto o primeiro elemento e os nomes próprios, que se escrevem com inicial maiúscula, naturalmente (tal como nos casos: Anjos e Demónios ou Anjos e demónios; Memorial do Convento ou Memorial do convento; Orgulho e Preconceito ou Orgulho e preconceito).

– Vias, lugares públicos, monumentos, templos e edifícios (tal como nos casos: avenida da República ou Avenida da República, praça da Batalha ou Praça da Batalha, palácio da Bolsa ou Palácio da Bolsa).

– Formas de tratamento grafadas por extenso (tal como nos casos: senhor doutor ou Senhor Doutor, sua excelência ou Sua Excelência, são Bento ou São Bento).

Nota

As formas abreviadas são sempre grafadas com maiúscula. Tal como nos casos: Sr. Dr. Ou S. Ex.ª ou, S. Bento.

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.