Início Cultura Teste de Língua Portuguesa 234

Teste de Língua Portuguesa 234

Para testar o seu nível de português e outras áreas do saber aqui encontra, sempre, os melhores desafios. Aventure-se no Teste de Língua Portuguesa 234.

Teste de Língua Portuguesa 234
Teste de Língua Portuguesa 234

Para testar o seu nível de português e outras áreas do saber aqui encontra, sempre, os melhores desafios. Aventure-se no Teste de Língua Portuguesa 234.

Mesmo para quem tem a língua portuguesa ou o português como língua materna, é natural existirem dúvidas na forma como nos devemos expressar mais corretamente, em certas ocasiões. Além disso, um idioma é um “organismo” vivo e em constante mutação e, obviamente, que o português de Gil Vicente, Camões ou, mesmo, Pessoa não é certamente equivalente ao nosso.

Nós, portugueses, partilhamos a língua com brasileiros, africanos e asiáticos, assumindo-se o português como o seu principal instrumento de comunicação, quer dentro da comunidade, quer no relacionamento com outras comunidades lusófonas.

Todavia, é certo que a nossa língua apresenta grande diversidade interna, consoante as regiões e os grupos que a usam, não fosse uma das principais línguas em termos mundiais (sexto idioma mais falado no planeta). Por essa razão, a língua portuguesa é portadora de uma história (longa, por sinal); é matéria-prima de várias literaturas; e é instrumento de afirmação mundial de diversas sociedades.

A língua portuguesa nasceu no norte e expandiu-se para sul. Entre os séculos IX e XIV deu-se a elaboração da língua, propriamente dita. Já a partir do século XV deu-se a expansão da língua, para fora das fronteiras europeias.

Teste agora os seus conhecimentos no Teste de Língua Portuguesa 234.

Citação do dia

“Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.”

Clarice Lispector (1920 – 1977)

Poema do dia

À Luz da Lua!

Iamos sós pela floresta amiga,
Onde em perfumes o luar se evola,
Olhando os céus, modesta rapariga!
Como as crianças ao sair da escola.

Em teus olhos dormentes de fadiga,
Meio cerrados como o olhar da rola,
Eu ia lendo essa ballada antiga
D’uns noivos mortos ao cingir da estola…

A Lua-a-Branca, que é tua avozinha,
Cobria com os seus os teus cabellos
E dava-te um aspeto de velhinha!

Que linda eras, o luar que o diga!
E eu compondo estes versos, tu a lel-os,
E ambos scismando na floresta amiga…

António Nobre (1860 – 1900)

Receita do dia

Receita tradicional de bolo do caco

Ingredientes

– 1 kg de farinha

– 750 gr de batatas doces

– 25 gr de fermento de padeiro

– 1 pitada de sal

– Água, q.b.

Modo de preparação

– Descasque as batatas, coza-as em água e reduza-as a puré.

– Desfaça o fermento em cerca de 150 ml de água e junte o sal.

– Coloque a farinha numa bancada, abra um buraco no meio e coloque a batata doce e o fermento. Deixe fermentar entre 2 a 3 horas.

– Divida a massa em pequenas porções e espalme.

– Leve a cozinhar de ambos os lados, numa chapa bem quente.

O domínio da língua portuguesa é essencial para ter sucesso em qualquer carreira. Ainda assim, muitos profissionais portugueses têm dúvidas na hora de se expressarem na própria língua — sobretudo por escrito.

Você é excepção a essa regra? Aqui poderá testar os seus conhecimentos, basta aceitar os nossos próximos desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.