Início Saúde Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

É importante um diagnóstico precoce de forma a tomar medidas com maior eficácia. Confira estes sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

É importante um diagnóstico precoce de forma a tomar medidas com maior eficácia. Confira estes sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos.

Portugal tem no cancro a sua segunda causa de morte mais frequente. É urgente reduzir os números assustadores. O Programa Nacional para as Doenças Oncológicas tem esse objetivo, por isso em 2020 os portugueses poderão contar com programas de rastreio oncológico mais acessíveis para todos. Reduzir a elevada mortalidade que está associada a tumores preveníveis é o objetivo.

Entre os cancros mais comuns em Portugal estão cancros como os: da próstata, da mama, do cólon, da pele e do pulmão. Sabe-se que é importante um diagnóstico precoce, de forma a tomar medidas de maneira célere e que permitam maior eficácia. Para isso, é necessário que conheça sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos.


Leia também: Ansiedade: principais sintomas e como prevenir


Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Perda de peso

Uma quebra súbita e injustificada de peso é algo a que se deve estar atento, servindo como alerta para procurar mais informações. Este é um sintoma que, embora esteja associado a outras doenças (nomeadamente hipertiroidismo), é também um sinal que surge na sequência de alguns cancros.

Convém, por isso, marcar uma consulta com o médico de família pois, se não há razão para tal (como dieta, mudança de hábitos alimentares, prática de exercício físico mais intensa e regular, entre outras), esse emagrecimento é motivo de preocupação. O médico poderá ajudá-lo e orientar os próximos passos de forma a justificar esse emagrecimento.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Manchas na pele

Na época do verão, são muitos os conselhos dados, pois as pessoas correm para a praia, para os banhos de sol. A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) partilha connosco algumas recomendações, nomeadamente: “Final do dia é a melhor hora do dia”, “Goze o sol à sombra para uma boa proteção” ou “Sombra aumentada, hora apropriada”.

Sendo  o cancro da pele o tipo de cancro mais comum, convém estar atento a alterações que surjam na pele. Sempre que elas surjam, elas devem ser partilhadas com o seu médico. Entre as alterações na pele que podem surgir e que são particularmente preocupantes, estão as assimetrias nos sinais, as alterações nos sinais, o surgimento de sinais vermelhos e o aparecimento de nódulos.

A APCC recomenda as seguintes medidas para prevenir o surgimento destas alterações na pele: aposte numa exposição solar segura, evitando a exposição aos raios UV; examine a sua pele com regularidade, pelo menos uma vez por mês.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Alterações na boca

O cancro da boca é frequentemente diagnosticado de forma tardia e, consequentemente, é mortal em 25% dos casos. Normalmente, ele surge como uma lesão oral ulcerada. Esta lesão aparece instalada sobre uma base mucosa endurecida. As feridas brancas ou vermelhas que permaneçam por algum tempo sem cicatrizar devem ter especial atenção.

Sendo diagnosticadas tardiamente, na maior parte dos casos, isso leva a que o cancro se propague. Logo, quando é diagnosticado, pode já ter atingido os gânglios linfáticos do maxilar e do pescoço.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Tosse constante

O cancro do pulmão é o mais mortal no nosso país. Ele apresenta a maior taxa de mortalidade por cancro em Portugal. A exposição regular ao fumo de tabaco aumenta a probabilidade de desenvolver cancro do pulmão. Por isso, mesmo quando não é fumador, o perigo é real.

A tosse persistente ou a tosse acompanhada de sangramento pela boca são sintomas  associados ao cancro do pulmão e aos quais de deve ter particular atenção. Também deve estar atento a alterações na voz ou ao surgimento de dor ao respirar.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Alterações no peito

Entre as mulheres, o cancro da mama é o mais comum, em todo o mundo. O autoexame da mama é uma das principais recomendações médicas, mas nem sempre é feito com a devida regularidade. Embora possa ser uma forma de se conseguir diagnosticar de maneira precoce, a melhor forma de garantir um diagnóstico precoce do cancro da mama é com a realização de ecografias e mamografias.


Leia também: Leite de vaca: prós e contras para a saúde


O surgimento de nódulos é um dos sintomas que permite diagnosticar precocemente este cancro, mas o corrimento mamilar, o eritema cutâneo ou mesmo o surgimento de qualquer assimetria entre as duas mamas também são sintomas que merecem ser tidos como sérios indicadores. Por isso, o seu médico deve ser informado, caso surjam alguns destes sintomas.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Problemas ao urinar

Apesar do último relatório da Direção-Geral de Saúde constatar que se verificou uma diminuição (em 2015) no número de óbitos por cancro da próstata, este ainda é o segundo cancro que mais mata os homens portugueses. Sendo uma doença que pode progredir de forma lenta, é possível os homens serem diagnosticados atempadamente, se forem fazendo check-ups com regularidade.

Entre os sintomas mais comuns, estão a dificuldade (com dor ou ardor) em urinar; urinar com um fluxo de urina fraco ou intermitente; urinar com vestígios de sangue na urina ou no sémen; sentir incapacidade de urinar; ter o sono interrompido pela súbita necessidade de urinar; sofrer de impotência ou ter ereções, mas sem conseguir realizar convenientemente as relações sexuais.

Sintomas de cancro
Sintomas de cancro que passam facilmente despercebidos

Sangue nas fezes

O cancro do intestino é uma doença que pode evoluir silenciosamente. O silêncio deste cancro é uma consequência natural dos seus sintomas serem encarados pelo doente como algo normal. Assim, o diagnóstico atrasa-se e a doença agrava-se.

Entre os sintomas mais comuns, estão: alterações no sistema digestivo, flatulência, sangue nas fezes (sendo um sintoma que também pode ocorrer devido a hemorróidas), diarreias frequentes, sensação de abdómen inchado, dores persistentes na barriga, entre outros. A recolha de fezes para posterior análise laboratorial deve ser feita por quem tenha mais de 50 anos ou por pessoas que tenham na família alguém que tenha tido este tipo de doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.