Início Histórias Saiba que monumentos pode alugar e quanto custa

Saiba que monumentos pode alugar e quanto custa

Jantar na Sala do Baluarte da Torre de Belém? 7.500 euros. Há dezenas de monumentos disponíveis mas o Governo vai restringir "fortemente" o aluguer.

_

Museu Nacional de Etnologia (Lisboa)

Comer ou beber não, seminários sim

Museu Nacional de Etnologia (Lisboa)

Sentar-se à mesa para comer ou “bebericar” no Museu Nacional de Etnologia? Não é possível. Só são autorizados eventos culturais nas salas de seminário e do auditório a preços que variam entre 120 e 750 euros.

Mas valerá sempre a pena visitar a coleção permanente do museu, constituída por sete núcleos: o teatro de sombras de Bali; as bonecas do sudoeste de Angola; as tampas de panelas com provérbios de Cabinda; máscaras e marionetas do Mali; instrumentos musicais populares Portugueses; as talas de Rio de Onor e a escultura de Franklim.

Museu Nacional do Azulejo (Lisboa)

E que tal experimentar o Jardim de Inverno? São só 500 euros

Museu Nacional do Azulejo (Lisboa)

Organizar um jantar no Claustro D. João III do Museu Nacional do Azulejo custa 3.000 euros. Mais económico é organizá-lo no Jardim de Inverno: 500 euros. Caso queira mesmo, mesmo desfrutar do claustro, saiba que um cocktail se pode organizar por 1.000 euros — podendo o espaço acolher até 250 pessoas.

Fundado em 1965, a coleção deste museu abrange a produção de azulejos da segunda metade do século XV até à atualidade. Além do azulejo, a coleção integra peças de cerâmica, porcelana e faiança dos séculos XIX a XX. O Museu Nacional do Azulejo está instalado no antigo Convento da Madre de Deus, fundado em 1509 pela rainha D. Leonor.

Museu Nacional do Teatro (Lisboa)

Proibidos os eventos sociais

Museu Nacional do Teatro (Lisboa)

O Museu Nacional do Teatro e Dança até pode acolher eventos culturais – quem sabe teatro, quem sabe dança – e académicos. Disponíveis estão o auditório, por 500 euros, e o átrio exterior do palácio, por 750. Jantar ou organizar um cocktail não é permitido. Tal como não são permitidos eventos “sociais”.

A exposição permanente do Museu Nacional do Teatro e Dança inclui peças das mais diversas origens: trajes de cena desenhados por artistas como Almada Negreiros ou Paula Rego; figurinos originais desenhados por Maria Keil, Bernardo Marques, Mário Cesariny ou Pedro Calapez; maquetas de cenário concebidas por Carlos Botelho, Jorge Barradas ou José Pacheco; retratos e esculturas originais de gente do teatro pintados ou esculpidos por Columbano, Tagarro ou Soares dos Reis e muitos outros objetos e documentos que representam uma parte significativa da História do Teatro e das Artes do Espetáculo em Portugal. Existe desde 1982 e está hoje instalado no Palácio do Monteiro-Mor, um edifício do século XVIII.

Museu Nacional do Traje (Lisboa)

Até o pinhal é possível alugar, mas não para moda

Museu Nacional do Traje (Lisboa)

O Museu Nacional do Traje possui 12 espaços para alugar, desde salas de reuniões, e até um pinhal. Curiosamente, alugar um destes espaços para organizar um desfile de moda — que a Direção-Geral do Património Cultural inclui na categoria “eventos especiais” — só é possível após “análise casuística”. O mesmo para festas infantis.

Mas, no exterior do museu é possível organizar um cocktail no Patamar do Repuxo por 250 euros. Um jantar na Sala Polivalente (que fica no edifício principal, o Palácio Angeja-Palmela) custa 400 euros. Mas a Direção-Geral do Património Cultural deixa um alerta em rodapé: “preços diferenciados entre sábados e domingos”.

O Museu Nacional do Traje reúne uma coleção de indumentária histórica desde o séc. XVIII até à atualidade. O jardim exterior tem 11 hectares.

(cont.)

1
2
3
4
5
6

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.