Início Cultura Quem inventou a letra A?

Quem inventou a letra A?

Dizem que esta é a letra mais usada em português. Está no princípio das vogais, está no princípio do alfabeto. Quem inventou a letra A?

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

Quem inventou a letra A?

Dizem que esta é a letra mais usada em português. Está no princípio das vogais, está no princípio do alfabeto. Quem inventou a letra A?

Marco Neves
Marco Neves

Olho para o meu filho, de língua entre os lábios, a desenhar as letras que anda a aprender. Com esforço, vai associando aqueles desenhos pequenos, em várias formas, aos sons que já usa todos os dias há muito tempo. Reparo na letra A. Quem inventou esta forma em particular?

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

O «A»: a primeira de todas as letras. Quem teve o trabalho de contar diz que esta é a letra mais usada em português. Está no princípio das vogais, está no princípio do alfabeto.

Antes de começarmos a viagem à origem do «A», encoste, por favor, os dedos à garganta e diga «aaaaaa». As cordas vibram, não vibram? O som passa, a boca abre-se sem mais, a língua quieta, o som a sair sem medo e sem interrupção. Parece-nos o som básico da nossa fala.

Enquanto me entretenho a escrever este texto, o meu filho continua a copiar a primeira vogal, a treinar essa letra. Foi a professora que lhe ensinou. É um processo mais demorado, mais consciente, mais esforçado do que aprender a falar. O cérebro precisa de se habituar a associar um som a uma letra e a ordenar à mão que faça os gestos necessários para construir essa letra. Mas, quando consegue, nunca mais imagina o mundo sem essa ligação…

Peço agora ao leitor que faça uma viagem mental: pense numa criança a aprender o «A». Pense agora na professora dessa criança a aprender o «A», já lá vão uns trinta anos. Continuemos: imagine o professor da professora, há uns 60 anos, também a aprender o «A». Todos aprendemos as letras através de alguém.

Andemos para trás no tempo. Quem terá escrito o primeiro «A»?

A nossa letra latina veio do alfa grego — que, aliás, na sua forma maiúscula, é perfeitamente igual à nossa letra.

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

Entre o grego e o latim, a letra terá passado pelo etrusco, mas o caminho é difícil de acompanhar. Sabemos, no entanto, que começou nos gregos a mania de associar este desenho ao som que todos conhecemos.

Agora, o desenho da letra? Esse já vinha de trás. Já vinha dos Fenícios

Pegue, sem medo, no «A». Agora vire-o ao contrário.

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

Que desenho é este? Imagine que as duas pernas do «A» são dois cornos. Será então fácil de imaginar ali um touro…

Sim, o nosso «A» descende, ao fim de uns quantos milénios, do desenho de um touro. Era a letra «aleph» (palavra que significava precisamente «touro»), uma letra fenícia que deu origem ao nosso «A», mas também a letra correspondente no árabe e no hebraico, entre mais umas quantas línguas. Aqui está o aleph (só lhe faltam os olhos ali no meio do triângulo para vermos na perfeição um touro virado para esquerda):

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

E os Fenícios foram buscar este desenho a que povo? É bem provável que aos Egípcios, com os seus belos hieróglifos…

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

Sim, as nossas crianças a escrever com cuidado as letras do alfabeto estão a continuar uma tradição que remonta aos antigos Egípcios. Temos nas mãos a escrita dos faraós. E, com um pouco de esforço, podemos imaginar uma sucessão de gente a desenhar, com arte, touros nos papiros, nas pedras, nas paredes das cavernas:

Quem inventou a letra A?
Quem inventou a letra A?

Este touro em Lascaux não é escrita. A escrita, essa, surgiu quando começámos a associar o desenho ao som e não ao próprio objecto representado pelo desenho.

É esse o princípio de qualquer sistema de escrita: se o desenho de um touro representava um touro, a certa altura começou a representar a palavra «touro» e, com mais um salto, o som da palavra — tanto que, se os mesmos sons quisessem dizer também outra coisa qualquer, podíamos usar o mesmo desenho.

(cont.)

1
2

4 COMENTÁRIOS

  1. Gostei muito da matéria tinha conhecimento da origem alfabética, mas a história da letra “A” me despertou curiosidade para as outras. Muito babaca a abordagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.