Início Cultura Procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa

Procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa

Palavras que são escritas erradamente. Todas começadas com a letra “J”. De uma vez por todas, procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa.

evitar 5 erros comuns
Procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa

Palavras que são escritas erradamente. Todas começadas com a letra “J”. De uma vez por todas, procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa.

O N Cultura introduziu ao longo dos últimos meses uma série de artigos que têm como objetivo dar maior visibilidade aos erros mais frequentes da língua portuguesa. Serão, portanto, ao todo, 26 os artigos. A cada artigo será destinada uma das 26 letras do alfabeto.

O sítio do N Cultura proporciona assim um conjunto publicações didático, uma preciosa série de artigos que tem como meta proporcionar a quem lê um conhecimento mais aprofundado sobre a língua portuguesa, contribuindo assim para o desaparecimento de alguns dos erros mais comuns.

Neste artigo, a nossa atenção estará na letra “J”. Veja os erros mais frequentes em 5 palavras que começam pela letra “J”.


Leia também: Evite 6 erros comuns da língua portuguesa


Procure evitar 5 erros comuns da língua portuguesa

Erros na Língua Portuguesa

Um dos diversos motivos que contribui para o surgimento de erros é a troca de letras. Por exemplo, a troca de “ch” por “x” (ou vice-versa) ou até a troca de “j” por “g” (ou vice-versa). Outras trocas comuns ocorrem com palavras que têm as letras “s”, “ss”, “c”, “ç”. Mas há mais motivos…

Palavras parónimas, homófonas e homógrafas estão entre as razões que levam ao surgimento de algumas confusões comuns na língua portuguesa. São parecenças que levam ao aparecimento de muitos erros.

Joia

Do latim gaudīa, plural de gaudīu, significando contentamento, pelo francês joie, que significa alegria. Objeto de adorno. Uma joia é um objeto valioso pelas matérias que integra na peça e pela arte com que foram trabalhadas.

No sentido figurado, é comum valorizar alguém dizendo que é uma joia de pessoa; significa que tem grande valor ou é especialmente importante. Joia é também o termo que se dá à quantia que se paga no momento de inscrição em determinadas associações ou entidades. Pode ainda ser um prémio, uma prenda moral.

Antes do acordo, escrevia-se “jóia”, mas com a adesão à nova lei, é um erro manter esse hábito. Por isso, deve escrever-se joia. As palavras paroxítonas (graves), com o ditongo “oi” na sílaba tónica, perdem o seu acento gráfico. Por isso, agora, joia escreve-se “joia” e não jóia.

Jiboia

Jiboia é um termo da zoologia. Refere uma serpente de grandes proporções (pode atingir 4 metros!), que pode ter diferentes cores (cinzento, amarelo, castanho, …) e que não é venenosa. Está presente em muitas florestas tropicais. É um animal que se alimenta de mamíferos e que mata por constrição do corpo. Isto é, enrola-se à volta da presa e vai esmagando e/ou asfixiando a presa.

Antes do acordo, escrevia-se “jibóia”, mas com a adesão à nova lei é um erro manter esse hábito. Por isso, deve escrever-se jiboia, sem acento. As palavras graves (paroxítonas), com o ditongo “oi” na sílaba tónica, perdem o acento gráfico. Por isso, atualmente, jiboia escreve-se “jiboia” e não jibóia.


Leia também: Dúvidas de Português: as reticências


Júbilo

Palavra que expressa momento de grande alegria ou contentamento. Júbilo é entusiasmo, jubilação, regozijo.

Esta palavra aparece, com frequência, escrita erradamente, nomeadamente sob a forma “jubilo” ou “jobilo”.

Juiz

Do latim judīce, esta é uma palavra que, no Direito, significa magistrado que tem como função aplicar a lei, que administra a justiça. Membro do poder judicial. Juiz é aquele que julga, que tem o poder de julgar. Um juiz é a pessoa chamada para resolver uma questão ou julgar sobre algo. No desporto, em jogos ou provas desportivas, é o que fiscaliza a observância das regras, árbitro.

É um erro comum escrever-se juíz. Juiz não leva acento. Juíza, que é o feminino de juiz, leva. Juiz tem acento tónico na última sílaba. É uma palavra aguda. As palavras agudas (de acordo com a regra da acentuação) não levam acento gráfico no “i” tónico, quando este não forma ditongo com o “u” anterior e está seguido de “z”, em fim de sílaba. Juíza ou juízes têm o “i” acentuado, pois aparece só e o “z” passa a fazer parte da sílaba seguinte.

Júnior

Do latim junīor, significa “mais jovem”. Este conceito refere-se, então, a quem tem menos idade, àquele que é mais novo, mais jovem. No desporto, é um termo comum que identifica um grupo em que os praticantes têm idades compreendidas entre os 16 e os 19 anos. É um adjetivo ou um nome de dois géneros: tanto pode ser usado “ela é júnior”, como “ele é júnior”.

Nesta palavra, ocorre o oposto da anterior. Aqui o singular leva acento e o plural fica sem acento.

O termo “júnior”, no singular, é proparoxítona e é uma palavra esdrúxula, por isso deve ser acentuada na antepenúltima sílaba, pronunciando-se “júnior”, tendo então o acento gráfico.

Todavia, na palavra “juniores” (plural de júnior), que é paroxítona, logo grave, não há acentuação. A palavra não é acentuada graficamente, o acento tónico recai na penúltima sílaba. Assim, a palavra pronuncia-se juniores.

É um erro comum escrever-se “junior”, tal como é comum escrever-se “júniores”.

Jurídico

Vem do latim jurīdicu, tendo o mesmo significado. Este adjetivo do direito ou a ele relativo tem como sentido algo conforme os princípios do direito, realizado perante a justiça.

A palavra é escrita erradamente como “juridico”.

3 COMENTÁRIOS

  1. Ininteligível esta frase:

    «É um erro comum escrever-se “junior”, tal como é comum escrever-se “júniores”.»

    Afinal, é certo ou errado escrever esta última?

  2. Juniores se escreve sem acento, pois paroxítonas terminadas em e seguida de s não são acentuadas. Júnior deve ser acentuada, pois é uma palavra proparoxítona e todas proparoxítonas devem ser acentuadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.