Início Pessoas Prazo de validade dos alimentos: esclareça todas as dúvidas

Prazo de validade dos alimentos: esclareça todas as dúvidas

Faz mal comer um iogurte cujo prazo de validade expirou no dia anterior? Quanto tempo posso guardar a maionese no frigorífico depois de aberta? Saiba tudo.

Alimentos congelados

Em geral podem ser conservados quase um ano a um ano e meio sem problemas, desde que sejam mantidos a menos de 18ºC, já que o frio impede o desenvolvimento de micro organismos. Em regra, quanto menos processado for o alimento mais tempo irá conservar-se sem alterações.

Refeições prontas e gelados, por exemplo, têm mais elementos na composição o que os torna menos estáveis mas não perigosos. As gorduras poderão alterar-se e desenvolver-se algum sabor a ranço. Os alimentos congelados à saída da fábrica, sofrem uma congelação muito rápida que mantém os nutrientes intactos, e serão mais seguros do que os congelados em casa.

Mas em qualquer caso, o elemento determinante é sempre a manutenção da cadeia de frio. Uma quebra nesta cadeia (seja no transporte para o supermercado ou para sua casa) diminui a margem de conservação.

Sinais disto mesmo são a formação de cristais de gelo no interior ou a presença de humidade na embalagem de cartão. Neste caso, não deverá deixar passar o prazo.

Molhos

Antes de abertos conservam-se bastante bem algumas semanas para além do prazo indicado, mas depois convém ter mais precaução.

Maionese

É um produto muito sensível e a sua conservação vai depender do cuidado que se tiver na manipulação. “É fácil haver contaminação com staphilococus ou salmonelas. Basta um descuido com a colher que se usa para retirá-la do frasco, por exemplo”.

Ketchup

É mais ácido e por isso mais resistente. Pode durar um mês conservado no frigorífico, assim como a mostarda.

Molhos de tomate para cozinhar

São bastante sensíveis e podem criar fungos e bolores que produzem toxinas prejudiciais mesmo dentro do prazo. Mesmo que retire o bolor visível, é provável que haja mais microrganismos presentes pelo que não deve consumi-los de todo neste caso.

Carne fresca

Pode deixar passar um ou dois dias se mantiver a cadeia de frio intacta e não houver sinais de alteração. “No caso da carne picada não dê margem alguma. É que ao picar-se quebra-se a sua barreira biológica, o que facilita o desenvolvimento de bactérias e permite a proliferação de micro organismos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.