Início Histórias Os objetos mais estranhos nos Museus Portugueses

Os objetos mais estranhos nos Museus Portugueses

Um palito para os dentes em prata, uma seringa para clisteres ou uma telha com um insulto. Nos museus portugueses não há apenas quadros e estátuas.

1868
Os objetos mais estranhos nos Museus Portugueses
Os objetos mais estranhos nos Museus Portugueses

Os objetos mais estranhos nos Museus Portugueses

Um palito para os dentes em prata, uma seringa para clisteres e uma telha com um insulto. Nos museus portugueses não há apenas quadros e estátuas. Fique a conhecer alguns dos objetos mais estranhos.

Nas coleções dos museus e monumentos portugueses não existem apenas pinturas, esculturas ou vestígios arqueológicos aos quais estamos mais ou menos habituados. Há muito mais para descobrir. E algumas das peças são, no mínimo, estranhas.

Museu Municipal de Loulé (Loulé)

Museu Municipal de Loulé (Foto: Virgílio Rodrigues)

Penico do século XV

Fundado a 25 de maio de 1995, o Museu Municipal de Loulé tem uma coleção vasta e variada de materiais que vão desde a pré-história à atualidade. São perto de sete mil objetos que, desde os anos 30, foram recolhidos em escavações arqueológicas ou por meio de doações. Um deles é um penico, datado do século XV ou XVI.

Penico do século XV – © Museu Municipal de Loulé

O objeto, que costumava ser o número um do antigo inventário deste museu, de forma cilíndrica e base plana, é muito diferente dos bacios dos tempos modernos. Feito em barro, com um superfície vidrada e castanha, foi descoberto em 1986, em escavações arqueológicas realizadas no Castelo de Loulé.

O Museu Municipal de Loulé pode ser visitado de terça a sábado (fecha aos domingos e segundas-feiras) entre as 10h e as 18h. Aos sábados encerra às 16h30 (horário de verão, de junho a setembro). No inverno (de outubro a maio), o horário é diferente — está aberto das 9h30 às 17h30, de terça a sexta, e ao sábado encerra às 16h. Os bilhetes custam 1,62 euros (crianças até aos 12 anos não pagam).

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.