Início Cultura Língua Portuguesa Ortographia escripta: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

Ortographia escripta: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

Podemos não concordar com o Acordo Ortográfico, mas é importante olhar para a história e constatar a evolução da Língua Portuguesa.

_

Anonymo Anónimo(pt europeu), Anônimo(pt brasileiro)
Antipathico Antipático
Apathia Apatia
Apoz Após
Apparecer Aparecer
Apparelho Aparelho
Appellido Apelido
Appendix Apêndice
Appetecer Apetecer
Appetite Apetite
Applaudir Aplaudir
Applicar Aplicar
Appoiar Apoiar
Apprehender Apreender
Approvar Aprovar
Approximar Aproximar
Aquelle Aquele
Archaismo Arcaísmo
Archeologo Arqueólogo
Architectura Arquitetura
Arithmetica Aritmética
Arremetter Arremeter
Arripiar Arrepiar
Aspecto Aspeto
Assignar Assinar
Assignatura Assinatura
Assucar Açúcar
Assumpto Assunto
Asthma Asma
Asylo Asilo
Atheu Ateu
Athletismo Atletismo
Athmosphera Atmosfera
Atravez Através
Atraz Atrás
Atropellar Atropelar
Attenção Atenção
Attender Atender
Attingir Atingir
Attrahir Atrair

_
(cont.)

1
2
3
4
5
6

OUTROS ARTIGOS QUE LHE PODEM INTERESSAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Então quer dizer que mudar a ortografia a bel-prazer será sempre evolução, é isso? Independentemente da natureza dessa mudança? O que está em causa na crítica a este novo acordo ortográfico são as suas deficiências técnicas, incongruências e falta de lógica. Vir trazer para a discussão uma ortografia anterior a 1911 não será uma total falta de noção das coisas e do que está em causa?

  2. O autor deste comentário a tentar justificar o «Aborto Hortográfico» e quem manda publicá-lo, ou são atrasados mentais, ou são demagogos de trazer por casa.

  3. O acordo ortográfico e 1911 foi aquele contra o qual Fernando Pessoa escreveu páginas que se tornaram famosas. Comparar a ortografia de antes de 1911 com a de 1911 poderia fazer algum sentido.
    Comparar a ortografia de antes de 1911 com a do aborto de 1990 é um salto demasiado grande que nem permite perceber o referido (des)acordo, que só se perceberia – se tal fosse possível – por comparação com a grafia imediatamente anterior (do português de Portugal e dos países africanos lusófonos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.