Início Saúde O mel português é um dos melhores do mundo

O mel português é um dos melhores do mundo

Um produto nacional de grande qualidade e com muito sabor. O mel português é realmente um dos melhores do mundo.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Um produto nacional de grande qualidade e com muito sabor. O mel português é realmente um dos melhores do mundo.

Já estamos habituados a ver produtos nossos serem premiados e reconhecidos internacionalmente. O mel não é exceção e é, de facto, um dos produtos portugueses de que muito nos podemos orgulhar.

Saboroso e de qualidade, o mel é um ingrediente ótima para consumir regularmente, seja isoladamente, seja integrado em maravilhosas receitas, doces ou salgadas. Mas será que conhece as diferenças entre os vários tipos de mel portugueses? Vamos dar uma ajuda!


Leia também: Queijo da Serra da Estrela é um dos melhores queijos do mundo


O mel português é um dos melhores do mundo

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Mel de montanha

Este mel é característico das terras altas do sistema montanhoso central. É tido como o mais original dos méis e tem um sabor forte, ligeiramente acidulado, e uma consistência densa. Apresenta um tom muito escuro e ambreado. O seu aroma e sabor são marcantes, com uma ligeira adstringência, própria do néctar de urze. Este produto tem origem na monofloração da urze.

É nutricionalmente rico e tem uma ação anti-inflamatória e um elevado teor de polifenóis, sendo dos méis mais anti-oxidante. Assim, evita o envelhecimento e as doenças degenerativas.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Mel silvestre

Este tipo de mel provém da região das Beiras e tem origem em várias florações, nomeadamente as de Urze, Rosmaninho, Eucalipto, Tojo, Malva-rosa, Tomilho, Alecrim e Borragem. Ele apresenta um sabor muito suave e delicado, por isso é dos tipos mais preferidos pelos consumidores.

Quanto às vantagens para a saúde, ele fortalece o sistema imunitário e atua como antitússico, anti-sético, antioxidante e mineralizante.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Mel de eucalipto

Um mel natural da Beira Litoral e que tem origem no néctar das flores de eucalipto. O seu sabor é bastante agradável e muito. A sua cor é castanha clara.

No que toca aos benefícios, é bastante anti-sético, sendo particularmente bom para as vias respiratórias. Atua ainda sobre os efeitos nocivos da poluição, ajudando a combater a bronquite, a tosse, a asma e as sinusites.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Mel de rosmaninho

Este género de mel tem por base uma floração predominante de rosmaninho. É colhido entre a região interior da beira baixa e as terras baixas da beira interior. Ele exibe uma cor clara e tem um aroma e sabor muito doces, sendo rico em frutose. Por essa razão, funciona como um excelente adoçante natural.


Leia também: Um dos melhores azeites do mundo é português


No que respeita às vantagens deste mel, muitos estudos falam sobre as propriedades anticancerígenas deste mel, assim como a ajuda no combate às doenças degenerativas.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Mel de laranjeira

Naturalmente que este mel tem um sabor muito diferente, uma vez que tem origem no néctar das flores de laranjeira. Ele apresenta uma cor clara e uma textura suave. O seu sabor é delicado, com um travo a laranja. Quanto ao seu aroma, ele é algo cítrico e perfumado. É um excelente adoçante natural para juntar ao pão, frutas, cereais ou bebidas.

Este mel tem benefícios no aparelho digestivo, atuando como regulador intestinal. Além disso, ainda tem uma ação sedativa, combatendo a insónia, já para não falar da sua função de revitalizante natural da pele.

mel português
O mel português é um dos melhores do mundo

Concurso

Além do reconhecimento além-fronteiras, também em Portugal se vão realizando competições que têm por objetivo premiar os melhores dos melhores, ou seja, eleger os melhores méis que se produzem no nosso país.

Até ao dia 15 de fevereiro, está a realizar-se um concurso que visa premiar o melhor mel de rosmaninho e de urze produzidos em Portugal. A organização do concurso é da responsabilidade da Confraria do Mel e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Utad).

As amostras de mel candidatas devem ser entregues até dia 10 de fevereiro, na sede da Confraria do Mel, em Macedo de Cavaleiros. O júri do concurso conta com um dos maiores especialistas em mel da Península Ibérica, António Gomez Pajuelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.