Início Saúde Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz...

Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

O café tem substâncias que trazem vários benefícios para o organismo. Mas afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência.

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

O café tem substâncias que trazem vários benefícios para o organismo. Mas afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência.

Um estudo concluiu que o café tem uma substância – EHT – que, juntamente com a cafeína, protege o cérebro das doenças degenerativas. Curioso?! Então, fique a saber mais sobre a ação destes dois componentes do café no nosso organismo.

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

A EHT e a cafeína são duas substâncias presentes no café e que, em conjunto, podem evitar e combater doenças como a de Parkinson e a Demência com Corpos de Lewy (DCL). Ambas são doenças progressivas e incuráveis, que têm como causa a degeneração cerebral. Estas conclusões foram retiradas de um estudo levado a cabo na Universidade Rutgers (EUA).

Porém, pesquisas científicas mais antigas já tinham avançado que beber café pode contribuir para diminuir o risco de desenvolver doenças degenerativas, como o Parkinson ou o Alzheimer.

Leia também:

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

Estudo da Universidade Rutgers (EUA)

M. Maral Mouradian conduziu a pesquisa levada a cabo pela Universidade Rutgers (EUA) que se concentrou num derivado de ácido gordo do neurotransmissor serotonina, o EHT (Eicosanoil-5-hidroxitriptamida). Ele faz parte do revestimento ceroso do grão de café.

O estudo concluiu que o EHT é capaz de proteger o cérebro da acumulação anormal de proteínas associadas à doença de Parkinson e à Demência em Corpos de Lewy.

A equipa de investigadores concluiu que as duas substâncias – a cafeína e o EHT – estimulam a ação de um catalisador, o qual ajuda a evitar a acumulação de proteínas prejudiciais para o cérebro. Logo, a conjugação do EHT com a cafeína retarda e interrompe o avanço das doenças degenerativas. Este é um avanço científico importante, pois os tratamentos atuais para a doença de Parkinson apenas atuam sobre os sintomas destas patologias, não protegendo, nem combatendo a degeneração cerebral.

De acordo com Mouradian, resta agora perceber qual a quantidade e a proporção de EHT e cafeína necessárias, para conseguir atingir os efeitos enunciados anteriormente.

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

Mais benefícios do café

Já são vários os estudos que enaltecem os muitos benefícios do café o organismo e na saúde. Muitos deles advêm da cafeína, embora também estejam relacionados com outras substâncias.

– Combate a depressão;

– Diminui o risco de ter certos tipos de cancro, como o cancro do fígado, do intestino, de pele, entre outros;

– Diminui o risco de desenvolver doenças cardíacas, porque a cafeína acelera o ritmo cardíaco;

– Desintoxica o organismo, pois o café funciona como diurético, eliminando bactérias e vírus através da urina;

– Tem um efeito calmante, pois o seu cheiro pode mudar a composição de uma proteína presente no cérebro que está associada ao stress;

– Melhora a saúde do fígado, diminuindo o risco de cancro do fígado e de cirrose;

– Melhora o funcionamento cognitivo, pois é um potente estimulante psicoativo que ajuda o cérebro a trabalhar melhor e mais rapidamente;

– Estimula o metabolismo, ajudando a emagrecer e a perder gordura, especialmente se beber antes da atividade física;

– Contém nutrientes e antioxidantes importantes, como vitaminas B2, B3, e B5, manganês, magnésio e potássio;

– Diminui o risco de desenvolver diabetes tipo 2

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

Tabela nutricional do café (1 chávena 237,0 gr)

Informações nutricionais por porção % VD*
Valor Calórico 2 kcal 0,1 %
10 kJ
Gordura < 0,1 g < 0,1 %
Gorduras saturadas < 0,1 g < 0,1 %
Gorduras monoinsaturadas < 0,1 g 0,1 %
Gorduras poliinsaturadas < 0,1 g < 0,1 %
Carboidratos 0,0 g 0,0 %
Açúcares 0,0 g 0,0 %
Proteína 0,3 g 0,4 %
Fibra alimentar 0,0 g 0,0 %
Colesterol 0,0 mg 0,0 %
Sódio < 0,1 g < 0,1 %
Água 235,6 g 11,8 %

(*) O percentual do valor diário (VD) é baseado numa dieta de 2.000 calorias.

Como viu, beber café pode trazer várias vantagens para o seu corpo e organismo, desde que não exagere no seu consumo diário. Beba café com moderação e tire partido de todos os seus benefícios.

café combate a doença de Parkinson
Afinal, o café combate a doença de Parkinson? Veja o que diz a ciência

Importante

O conteúdo aqui apresentado é de caráter informativo. Deve sempre falar com um especialista (pode ser um nutricionista, um médico, ou ambos), antes de proceder a qualquer tratamento recomendado no NCultura, de forma a ter o devido acompanhamento de alguém que tem mais informações sobre si.

Apesar das recomendações serem baseadas em estudos científicos, um especialista tem acesso a muita informação pessoal sobre si que pode ser relevante, seja para avançar com o tratamento, seja para o impedir ou interromper.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.