Início Viagem NAICA: a Gruta Mágica dos Cristais Gigantes

NAICA: a Gruta Mágica dos Cristais Gigantes

Nesta época em que poucos acontecimentos nos maravilham, a natureza brinda-nos com um lugar para além da imaginação, para além de qualquer sonho...

Os maiores cristais foram encontrados na “Gruta das Espadas”, que faz parte do sistema de cavernas da mesma mina. Alguns deles estão agora em exposição na instituição Smithsonian.

Segundo Fisher, os proprietários da mina e o  governo local, esperam evitar a remoção de mais exemplares desta descoberta para exposições em museus ou coleções particulares.

Atualmente, a companhia mineira limitou as visitas às cavernas apenas aos peritos e cientistas. Caçadores de minerais destruíram passagens e quebraram as câmaras por duas vezes, desde que foram descobertas. Além do calor, o ambiente é perigoso. De acordo com o Fisher, um mineiro tentava levar um cristal gigantesco para fora, quando um outro caiu e o matou.

“Nós necessitamos de maior proteção nas cavernas da mina”, disse a geóloga Carol A.Hill, co-autora do livro “A caverna dos maiores cristais do mundo“, no qual relatou essas novas descobertas. “Eu sempre ouvi falar de cristais de selenite grandes… mas nunca pensei que existissem…”

A escritora é favorável a um plano para a exploração do turismo. Sem ele, a companhia mineira provavelmente destruiria as cavernas. Os museus têm bastantes cristais, disse. É importante preservar descobertas como estas, onde ocorrem.

A companhia mineira planeia colocar ar condicionado nas cavernas antes que sejam abertas ao grande público, disse Fisher. Acrescentando que, reduzindo o calor gradualmente, os cristais não serão prejudicados.

Os responsáveis da Companhia Penoles, que possui a mina, mantiveram as descobertas em segredo, temendo pelo vandalismo. Muito poucas pessoas arriscar-se-iam num recinto cuja temperatura ronda os 60 graus C° e 100 % de humidade. Pode-se permanecer dentro da caverna por apenas seis a dez minutos antes de se ficar desorientado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.