Início Saúde Mel é melhor para a constipação do que medicamentos, sugere estudo

Mel é melhor para a constipação do que medicamentos, sugere estudo

É um remédio que já era dado pela avó e que foi passando de geração em geração e o certo é que resulta! Mel é melhor para a constipação do que medicamentos.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Mel é melhor para a constipação do que medicamentos, sugere estudo. Quem ainda não teve uma constipação? É tão frequente que se tem pelo menos uma vez por ano. Espirrar e ter corrimento nasal são dois dos sintomas normalmente associados à constipação. Geralmente, recomenda-se que seja tomada medicação para acelerar a recuperação e fortalecer o corpo, para que os sintomas desaparecerem rapidamente.

O paracetamol contribui para aliviar as dores e ainda ajuda a baixar a febre. Contudo, há estudos científicos que recomendam que o mel pode ser a melhor solução para a constipação!… Quer saber mais?

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Mel é melhor para a constipação do que medicamentos, sugere estudo

A constipação

A constipação é um problema comum. Ela consiste numa infeção das vias respiratórias superiores, sendo geralmente provocada por um vírus. É um problema ligeiro que leva alguns dias a ser resolvido.

A transmissão pode ser de pessoa para pessoa. Basta haver contacto com as secreções respiratórias de uma pessoa infetada para o contágio ocorrer. Se alguém infetado tossir, espirrar ou falar com alguém que esteja perto e que entre em contacto com as secreções, facilmente se fica infetado. O contacto direto com as gotículas (nomeadamente com as presentes nas mãos, por exemplo) permite essa contaminação.


Leia também: Coma mel todos os dias! Perceba porquê…


Para que se consiga prevenir este contágio, devemos lavar as mãos frequentemente e evitar estar com pessoas que estejam com sintomas de constipação.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Sintomas

Normalmente, quem está constipado reúne uma série de queixas. Entre os sintomas frequentemente sentidos estão: o corrimento nasal intenso; a congestão nasal; a comichão no nariz; a vermelhidão no nariz; a redução (ou perda) de olfato; a redução (ou perda) de paladar; os espirros; os olhos lacrimejantes; as dores de cabeça; as dores de garganta; e a febre baixa.

Nota: as pessoas podem ter vários destes sintomas em simultâneo.

Alternativa natural à medicação

Os medicamentos convencionais usados para a tosse, entupimento nasal e dor de garganta são pouco eficazes e, de acordo com um novo estudo desenvolvido por cientistas provenientes da Universidade de Oxford, no Reino Unido, pode haver uma alternativa à medicação: o mel.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Pessoas mais sensíveis

Há pessoas que se revelam mais suscetíveis às constipações. Entre elas estão as crianças, mas também fumadores e doentes com problemas respiratórios crónicos, mais especificamente pessoas com problemas como asma, enfisema pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crónica ou outras patologias do género.

O processo de tratamento

O repouso e a ingestão de líquidos (nomeadamente água, sumos, infusões ou chá) são medidas recomendadas para atenuar os sintomas, que levam o seu tempo a desaparecer.

Outras dicas são a não exposição ao frio ou a ambientes com fumo (é mesmo importante evitar fumar!); e o uso de soro fisiológico também é uma estratégia a ter em conta para aliviar a obstrução nasal.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

O mel

De acordo com os especialistas, o mel pode mesmo revelar-se a melhor opção para combater a constipação. Ele tem muitas mais vantagens, pois é uma alternativa natural, um produto barato e de fácil acesso.

Além disso, o mel não gera efeitos colaterais. Esta tese foi mesmo divulgada pelo reputado jornal britânico The Guardian, que lhe deu o devido destaque.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Investigação

A equipa britânica de cientistas informa que os médicos devem recomendar o uso de mel como alternativa aos antibióticos, pois “O mel é um remédio comum frequentemente utilizado e bem conhecido pelos pacientes (…) Também é barato, de fácil acesso e quase sem efeitos colaterais.”


Leia também: O que acontece se beber uma colher de azeite e limão em jejum?


Os cientistas responsáveis pelo estudo publicado na revista científica especializada BMJ Evidence-Based Medicine sustentaram: “Como a maioria das infeções do trato respiratório superior é do tipo viral, a prescrição de antibióticos é ineficaz e inadequada (…) No entanto, a falta de alternativas eficazes, bem como o desejo de preservar a relação médico-paciente, contribuem para a prescrição excessiva de antibióticos.”

Resultados

Os cientistas analisaram e compilaram os resultados obtidos em 14 estudos anteriores, nove dos quais feitos com crianças. Estes estudos compararam os efeitos do mel com os efeitos de outras preparações comuns, nomeadamente com os de fármacos usuais, entre eles expetorantes, anti-histamínicos, analgésicos e antitussígenos.

Detalha o Science Alert que, ao todo, os estudos envolveram 1.761 participantes, de diferentes faixas etárias.

Mel é melhor para a constipação
O mel é melhor para a constipação do que os medicamentos, sugere estudo

Conclusão

Os dados foram devidamente analisados e a conclusão a que os cientistas chegaram é a de que o mel se revelou mais eficaz até do que os tratamentos comuns, destinados a melhorar os sintomas das constipações.

Em dois dos estudos analisados, foi notório que os pacientes que foram tratados com mel viram os seus sintomas durarem em média menos um ou dois dias. Por isso, os cientistas concluíram: “O mel é mais eficaz e menos prejudicial do que as alternativas usuais de tratamento, evitando causar danos através da resistência a antibióticos.”

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.