Início Histórias Lugares abandonados engolidos pela natureza

Lugares abandonados engolidos pela natureza

Imagens cativantes. Conheça vários lugares abandonados engolidos pela natureza que emergiu, e cresceu, de forma exponencial, "engolindo" tudo à sua volta.

1408
Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza

Lugares abandonados engolidos pela natureza

Imagens cativantes. Conheça vários lugares abandonados engolidos pela natureza que emergiu, e cresceu, de forma exponencial, “engolindo” tudo à sua volta.

O poder da natureza pode conseguir ultrapassar a beleza de qualquer estrutura realizada através da mão humana. Quando uma população abandona um local é normalmente o meio ambiente circundante que dele se apropria num processo que pode demorar vários anos a assumir forma.

Em algumas partes do mundo, como na China ou na Ucrânia, a natureza já assumiu e invadiu várias localizações outrora sobre o domínio do homem. O resultado? Algo que não se vê todos os dias.

ÁRVORES E EDIFÍCIOS (CHINA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Romain JL

Nestes prédios em Hong Kong as árvores não pararam de crescer. Cresceram para todos os lados e encostaram-se às paredes e aos edifícios. Agora são os ‘moradores’ deste local.

ÁRVORE E PIANO (EUA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All right reserved / Crackoala

Numa floresta da Califórnia um piano foi abandonado e uma árvore continuou a crescer ‘literalmente’ por cima do instrumento.

MOINHO ABANDONADO (ITÁLIA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Jason Wallace

É incrível como a natureza transformou um moinho aparentemente degradado e sem vida num local rodeado de espaço verde.

CASAS DE MUSGO (CHINA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © Shutterstock / imaginechina

Um completo ‘mar verde’. Estas casas pertenceram em tempos a uma vila chinesa que entretanto foi abandonada. Com o passar do tempo foi coberta de musgo.

TORRE DE REFRIGERAÇÃO (BÉLGICA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / brokenview

Aquilo que antes servia para afastar o calor, hoje tornou-se num abrigo para o musgo. Abandonar ou reabilitar? A natureza responde.

VASHON ISLAND (EUA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Ethan Welty

Esta bicicleta foi engolida pelo tronco de uma árvore. Um fenómeno incrível mas ao mesmo tempo assustador.

CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS (BÉLGICA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Rosanne de Lange

Carros antigos, degradados e em más condições foram abandonados no meio de uma floresta. A natureza fez o resto. Os carros encontraram um novo ‘habitat’ natural.

ANKOR WAT (CAMBODJA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Brad Grove

O templo de Ankor Wat é o maior exemplo da força da natureza. Aqui as árvores vivem em harmonia com esta famosa construção, finalista da última edição das Maravilhas do Mundo.

ANKOR WAT (CAMBODJA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Pietro Bevilacqua

O crescimento destas árvores mostram absolutamente a força da natureza. Templos convivem em harmonia com a vegetação.

MANSÃO ESQUECIDA (IRLANDA)

Lugares abandonados engolidos pela natureza
Lugares abandonados engolidos pela natureza – © All rights reserved / Sam Abell

Parece um local assombrado à primeira vista. Esta mansão foi entregue à natureza e agora as árvores vivem em harmonia com este impetuoso edifício.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.