Início Cultura Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Não poder com uma gata pelo rabo e dar um lamiré, são coisas do arco-da-velha. Aprenda o significado e origem de 6 Expressões Populares.

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Não poder com uma gata pelo rabo e dar um lamiré, são coisas do arco-da-velha. Aprenda o significado e origem de 6 Expressões Populares.

Quando um termo ou frase assume um significado diferente daquele que as palavras teriam isoladamente, ocorre uma expressão idiomática. Sem necessidade da compreensão de cada uma das partes, a interpretação é captada globalmente.  Usamos expressões idiomáticas a todo instante.

Elas encontram-se nos noticiários das televisões, no dialeto diário, em anúncios dos jornais, no rádio, na tv, em filmes, em letras de música, na literatura, campanhas eleitorais, em discursos políticos, etc.

O motivo que leva uma pessoa ou um escritor a usar expressões idiomáticas é o desejo de acrescentar à mensagem algo que a linguagem convencional não poderia preencher. Uma expressão idiomática pode enfatizar a intensidade dos sentimentos de alguém, pode enriquecer uma frase, dando-lhe força ou sutileza e pode ainda atenuar o impacto de uma declaração austera, com humor ou ironia.

Aqui vão alguns exemplos:

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Coisas do Arco-da-Velha

Significado: Coisas inacreditáveis, absurdas, espantosas, inverossímeis.

Origem: A expressão tem origem no Antigo Testamento; arco-da-velha é o arco-íris, ou arco-celeste, e foi o sinal do pacto que Deus fez com Noé: “Estando o arco nas nuvens, Eu ao vê-lo recordar-Me-ei da aliança eterna concluída entre Deus e todos os seres vivos de toda a espécie que há na terra.” (Génesis 9:16)

Arco-da-velha é uma simplificação de Arco da Lei Velha, uma referência à Lei Divina.

Há também diversas histórias populares que defendem outra origem da expressão, como a da existência de uma velha no arco-íris, sendo a curvatura do arco a curvatura das costas provocada pela velhice, ou devido a uma das propriedades mágicas do arco-íris – beber a água num lugar e enviá-la para outro, pelo que velha poderá ter vindo do italiano bere (beber). 

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Dar um lamiré

Significado: Sinal para começar alguma coisa.

Origem: Trata-se da forma aglutinada da expressão «lá, mi, ré», que designa o diapasão, instrumento usado na afinação de instrumentos ou vozes; a partir deste significado, a expressão foi-se fixando como palavra autónoma com significação própria, designando qualquer sinal que dê começo a uma actividade.

Historicamente, a expressão «dar um lamiré» está, portanto, ligada à música (cf. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa).

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Lágrimas de crocodilo

Significado: Choro fingido.

Origem: O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima.

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Não poder com uma gata pelo rabo

Significado: Ser ou estar muito fraco; estar sem recursos.

Origem: O feminino, neste caso, tem o objectivo de humilhar o impotente ou fraco a que se dirige a referência. Supõe-se que a gata é mais fraca, menos veloz e menos feroz em sua própria defesa do que o gato.

Na realidade, não é fácil segurar uma gata pelo rabo, e não deveria ser tão humilhante a expressão como realmente é.

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Andar à toa

Significado: Andar sem destino, despreocupado, passando o tempo.

Origem: Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra. Um navio que está “à toa” é o que não tem leme nem rumo, indo para onde o navio que o reboca determinar.

Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares
Língua Portuguesa: significado e origem de 6 Expressões Populares

Embandeirar em arco

Significado: Manifestação efusiva de alegria.

Origem: Na Marinha, em dias de gala ou simplesmente festivos, os navios embandeiram em arco, isto é, içam pelas adriças ou cabos (vergueiros) de embandeiramento galhardetes, bandeiras e cometas quase até ao topo dos mastros, indo um dos seus extremos para a proa e outro para a popa. Assim são assinalados esses dias de regozijo ou se saúdam outros barcos que se manifestam da mesma forma.
_

5 COMENTÁRIOS

  1. Para acrescentar, “toa” é um termo que designa uma “embarcação” com uma corda, em que marinheiros aguardavam no porto, grandes embarcações, para conduzí-las à ancoragem de maneira perfilada, quando havia muitas outras naus. Estar “à toa” não significa “não ter o que fazer” e sim, estar “sem fazer nada” durante o expediente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.