Início Cultura Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás

Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás

Esclareça as suas dúvidas de português, mal elas surjam, e evite erros comuns. Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás.

escrever Traz ou Trás
Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás

Esclareça as suas dúvidas de português, mal elas surjam, e evite erros comuns. Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás

Há inúmeras questões de português que nos surgem e que devemos sempre esforçarmo-nos para esclarecer de imediato. Muitas delas são dúvidas comuns, partilhadas por muita gente que, tal como nós, não têm a possibilidade de esclarecer essas questões no momento.

É que as questões podem justamente surgir nos momentos em que estamos mais ocupados, logo sem grande disponibilidade para esclarecer a dúvida no imediato. Devemos, por isso, apontar as dúvidas para mais tarde pois, se não procurarmos esse conhecimento de que necessitamos, ficamos sujeitos ao erro. O desconhecimento e a ignorância podem levar a que se vivam momentos verdadeiramente embaraçosos…

Recomendamos que se faça o esforço de procurar esclarecer as dúvidas no imediato (ou apontar as dúvidas para que o mesmo seja feito posteriormente) e que se recorra a fontes credíveis, como o NCultura, que se tornou uma referência nesta área. Uma das dúvidas frequentes é: quando devemos escrever traz ou trás?

Língua Portuguesa: quando escrever Traz ou Trás

Devo escrever trás ou traz?

Na Língua Portuguesa, existem várias palavras homófonas que, tal como as palavras trás e traz, são pronunciadas de igual forma, pois apresentam a mesma fonética.

Contudo, os seus significados são distintos, tal como a forma como as palavras são escritas. Há muitas palavras homófonas na língua portuguesa, tais como: ouve / houve; hera / era; conselho / concelho; cozer / coser; acento / assento; xeque / cheque; cela / sela; sinto / cinto; conserto / concerto; noz / nós; cem / sem; censo / senso; paço / passo; cozido / cosido; voz / vós.

Trás

Existe o termo trás que é de origem onomatopaica. É uma interjeição que imita o som produzido pela queda de um corpo ou por uma pancada.

Contudo, mais comum é o termo que vem do latim trans, «além de». Trás é uma preposição que significa atrás de ou após (ano trás ano).


Leia também: Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento


Há as expressões:

– “de trás” que significa na parte posterior.

– “de trás de” que significa na parte posterior de.

– “de trás para a frente” que significa do final para o início. Pelo reverso, coloquial, diz-se do que já se conhece muito bem; diz-se de tema ou matéria que se domina sobejamente.

– “para trás” que significa para o lado posterior.

– “por trás” que significa na parte posterior.

– “vir de trás” que significa já ser antigo; ter começado num tempo passado.

– “atrás de; após” (ano após ano) e é usada em várias expressões com o sentido de «parte ou lado posterior» (Ela caiu para trás.)

Continue a ler depois do QUIZ da Língua Portuguesa

Traz

Traz é a 3ª pessoa do singular do presente do indicativo do verbo trazer e 2ª pessoa do singular do imperativo de trazer.

Por exemplo: O Manuel traz o telemóvel.

Trazer vem do latim trahĕre, «arrastar; puxar».

Trazer é verbo transitivo que significa conduzir ou transportar para cá; dirigir; encaminhar. Significa também ser portador de; transferir de um lugar para outro. Trazer é fazer-se acompanhar de. Trazer é conduzir; guiar. Trazer também pode ser usar vestido ou posto; vestir. Trazer significa ter consigo; transportar. Trazer significa também ter como resultado ou consequência; causar; ocasionar; acarretar. Trazer significa ainda chamar; atrair. Trazer também significa ostentar; exibir; manifestar. Trazer significa ainda (informações, notícias) informar; comunicar; anunciar. Trazer pode ainda significar oferecer; ofertar; dar. Trazer pode ainda significar manter; conservar. Trazer pode significar produzir; infligir. Outros significados de trazer são: levar; conduzir; proporcionar; conter; fazer menção de.

Expressões:

– “trazer à memória” que significa recordar.

– “trazer consigo” que significa usar, ocasionar.

– “trazer debaixo de olho” que significa vigiar.

– “trazer entre mãos” que significa estar a tratar de.

– “trazer na mente” que significa cogitar.

– “trazer nas palminhas” que significa rodear de comodidades e mimos.

– “trazer no coração” que significa amar.

– “trazer no sentido” que significa pensar em, não esquecer.

– “trazer o diabo no ventre” que significa ser origem de desgraça, andar colérico.

– “trazer o rei na barriga” que significa mostrar-se arrogante.

– “pessoa de levar e trazer” que significa pessoa bisbilhoteira.


Leia também: 12 palavras muito feias da língua portuguesa


Como usar o verbo

trazer a” (no sentido de transportar)

Exemplo: O Manuel traz a bicicleta às costas.

trazer com” (no sentido de carregar)

Exemplo: Ele trouxe consigo o dinheiro que pedi.

trazer de” (no sentido de deslocar)

Exemplo: Os meninos traziam de casa o lanche.

trazer em” (no sentido de levar)

Exemplo: A tia trazia na mente os desaforos que ouviu na reunião.

trazer para” (no sentido de transferir)

Exemplo: Vou trazer o menino para esta sala.

trazer por” (no sentido de conduzir, encaminhar)

Exemplo: Ele trouxe os turistas por Valença.

Ambas as formas (trás e traz) existem na Língua Portuguesa, mas como vimos deve perceber-se bem o contexto e a definição das palavras para não cometermos erros.

As expressões estão ambas corretas e existem, mas devem ser usadas de modos diferentes, em contextos distintos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.