Início Cultura Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir

Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir

Enfrente um desafio de português interessante e teste a suas capacidades. Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir.

5 erros de português para descobrir
Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir

Enfrente um desafio de português interessante e teste a suas capacidades. Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir.

A língua portuguesa é um universo aliciante, que esconde diversos tesouros. É preciso explorar alguns desafios para perceber como é vasta a sua riqueza. Ao lermos a obra de nomes emblemáticos da literatura em português. como Luís de Camões, Eça de Queiroz, Fernando Pessoa, José Saramago, Machado de Assis, Olavo Bilac, Carlos Drummond de Andrade e, entre muitos outros, Clarice Lispector, percebemos como a língua portuguesa pode ser verdadeiramente fascinante.

Há inúmeros nomes que demonstraram como a nossa língua pode e deve ser valorizada. Há ainda diversos anónimos que contribuíram para a riqueza da nossa língua. Há, assim, sucessivas gerações que herdaram e preservaram o património que temos hoje nas nossas mãos, por isso também temos essa missão.

Somos responsáveis por honrar esse legado. Convém, por isso, nutrir pela nossa língua o maior dos afetos. Os desafios de português representam não só um profundo respeito pelo nosso idioma, mas também um pequeno contributo que visa suscitar o amor pela língua portuguesa!

Língua Portuguesa: 5 erros de português para descobrir

Desafio

Um juiz não é nem deve ser um pútativo candidato a super-herói. Qualquer juiz é um magistrado que administra a justiça. A sua função é aplicar a lei, mas também deve ser um digno cumpridor da lei. Assim, além de ser aquele que julga, que tem o poder de julgar; também deve ser um eximio conhecedor da lei e das regras de cidadania.

É importante ser congroente e ser também “fora dos tribunais” um fiel cumpridor das leis. Há um vinculo que é criado entre o juiz e o povo: o primeiro deve fazer cumprir a lei, por isso o segundo dá-lhe a autoridade. A justiça jáz na praça pública quando um juiz quebra a confiança e envereda pela ilegalidade.

Leia também:

Definição de conceitos

Vínculo

Termo que vem do latim vincŭlu-, com o mesmo significado. Vínculo é nome masculino que significa tudo o que serve para prender ou atar; atilho; laço; nó; vencilho. Vínculo é ligação entre pessoas, estabelecida por lei, como é o caso da filiação, do casamento, dos contratos laborais, etc…

Vínculo significa também ligação moral ou afetiva; relação; liame. Vínculo significa ainda grupo de bens inalienáveis que se transmitem sem serem divididos; morgadio.

Putativo

Termo que vem do latim putatīvu-, com o mesmo significado. Putativo é adjetivo que significa que se supõe ser o que não é; suposto.

Putativo, no Direito, é contrato realizado de modo indevido, mas de boa-fé, por desconhecimento das causas que o tornam inválido.

Congruente

Termo que vem do latim congruente-, «conveniente». Congruente é adjetivo de 2 géneros. É congruente, quando há congruência. É quando há relação harmoniosa entre as partes de um todo. Congruente significa que é conforme com; que é adequado ou conveniente. É coerente, é proporcionado.

Na geometria, diz-se congruente de figura geométrica que é sobreponível a outra.

Na matemática, números congruentes são números que, divididos por um terceiro, dão restos iguais.

Jaz

Jaz é forma do verbo jazer. Jazer é termo que vem do latim jacēre, «estar deitado».

É verbo intransitivo que significa estar deitado, estar estendido. Significa também estar morto ou como morto. Significa ainda estar sepultado.

Jazer é estar situado, localizado. Significa estar imóvel, estar quieto. Jazer também significa estar sereno.

No Direito, é herança. É ainda verbo transitivo que significa apoiar-se em, basear-se em. É nome masculino, jazida.

Exímio

Exímio é um termo que vem do latim eximĭu-, «excelente». É adjetivo que significa excelente; habilíssimo. É eminente; distinto; insigne.

Desafio: identificação dos erros cometidos!

Um juiz não é nem deve ser um pútativo candidato a super-herói. Qualquer juiz é um magistrado que administra a justiça. A sua função é aplicar a lei, mas também deve ser um digno cumpridor da lei. Assim, além de ser aquele que julga, que tem o poder de julgar; também deve ser um eximio conhecedor da lei e das regras de cidadania.

É importante ser congroente e ser também “fora dos tribunais” um fiel cumpridor das leis. Há um vinculo que é criado entre o juiz e o povo: o primeiro deve fazer cumprir a lei, por isso o segundo dá-lhe a autoridade. A justiça jáz na praça pública quando um juiz quebra a confiança e envereda pela ilegalidade.

5 erros de português para descobrir
5 erros de português para descobrir

Este artigo foi realizado com a intenção de tornar a aprendizagem mais divertida. No presente artigo, estão erros frequentes que devem ser evitados.

Assim, quem tiver a oportunidade ler o artigo, poderá aprofundar o conhecimento sobre certos conceitos que são confundidos com regularidade. Os erros de português aqui apresentados devem ser analisados adequadamente, de maneira a formar-se o conhecimento indispensável para que estes erros não sejam cometidos no futuro.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.