Início Saúde ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

A canela contém inúmeras propriedades que estão na origem de diferentes benefícios. Mas há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos).

ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos). A canela é um alimento bastante saboroso. Além de ainda ser uma especiaria marcante que perfuma uma refeição ou até a casa, a canela contém inúmeras propriedades que estão na origem de diferentes benefícios. Os seus efeitos têm sido estudados em diversas investigações científicas. Os resultados são apresentados em revistas científicas reputadas e as conclusões são quase sempre elogiosas para esta especiaria que é muito recomendada por médicos, farmacêuticos, nutricionistas e outros profissionais da área da saúde.

No entanto, tanta qualidade aumenta a atração por imitações baratas que não geram as mesmas vantagens para a saúde e, aliás, podem mesmo revelar-se prejudiciais para o organismo. Isso acontece com vários produtos, nomeadamente com a canela. Mais especificamente, com os pauzinhos de canela.


Leia também: Benefícios da canela quando consumida regularmente


Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

A canela

A canela contém propriedades que levam a que esteja na origem de diversas vantagens para a saúde. É um superalimento que apresenta poderosos nutrientes que se revelam importantes para o nosso organismo, nomeadamente fibra, ferro manganês, cálcio e vitamina K.

Esta especiaria está associada a diversos benefícios, nomeadamente ao controlo dos níveis de açúcar no sangue, gerando maior eficácia na insulina. Ela contribui para a redução do colesterol mau e para o controlo dos níveis de colesterol. Há também quem defenda que é um precioso aliado para quem necessita de emagrecer.

Tabela de valor nutricional da canela (2 gr)

Informação Nutricional – Cada 2 gr (1 colher)
Quantidade por porção %VD(*)
Valor Energético 5kcal/ 21kJ 0,20%
Carboidratos 1,6 g 0,50%
Proteínas 0,1 g 0%
Gorduras Totais 0,1 g 0%
Gordura Saturada 0 g 0%
Gordura Trans  0 **
Fibra 1,1 g 4,40%
Sódio 0,5 mg 0%
(*) Valores Diários de referência com base numa dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kJ. Os seus Valores Diários podem ser maiores ou menores, dependendo das suas necessidades energéticas.
pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

Perigos

O consumo de canela em excesso pode fazer mal à saúde, tal como acontece com qualquer outro produto. Portanto, evite consumir excessivamente canela, pois pode sofrer graves consequências.

Além disso o consumo de canela está associado a outro problema: é que há dois tipos de canela. Uma é considerada a verdadeira e a outra falsa. Esta última pode gerar consequências particularmente negativas, pois pode tornar-se tóxica, quando consumida em excesso.

Os pauzinhos de canela não só podem ser falsos, como tóxicos!

Existem paus de canela verdadeiros, que são inofensivos, mas há também algumas variedades de pauzinhos que são falsas. Apesar de serem apresentados como pauzinhos de canela, não o são de verdade! É, por isso, importante distinguir os pauzinhos verdadeiros dos que são falsos.

pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

A canela verdadeira

A canela do Ceilão é aquela que é conhecida como a canela verdadeira. Ela é originária do Sri Lanka, Índia, Madagáscar e Caraíbas. A canela, que é é extraída da planta cinnamomum zeylanicum, possui um aroma e sabor intensos e é retirada da zona interna dos troncos. Ela enrola-se em diversas camadas.

A canela possui uma cor clara e produz um pó fino, sendo este usado em inúmeras receitas, nomeadamente na doçaria tradicional (mas não só!…), surgindo em diversos doces por altura do Natal. Os paus de canela verdadeira enrolam-se em diferentes camadas e não apenas em uma.

pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

A canela falsa

Existe outro tipo de canela que é também vendida nos supermercados como canela, mas não é a canela verdadeira. A canela também surge em muitas cafetarias. Esta canela falsa é conhecida como cassia, sendo extraída da planta cujo nome científico é cinnamomum aromaticum.

A canela conhecida como “a canela chinesa”, sendo proveniente da China, também existe no Vietname e no Japão. A cassia tem características um pouco distintas da canela verdadeira. Entre as diferenças que a distinguem da canela verdadeira está a sua cor, que é um pouco mais escura. Um pau de canela falsa só se enrola em apenas uma camada. Sendo esta falsa, o preço também ajuda a fazer a distinção. Como é mais barata e tem uma produção mais abundante, o seu valor é mais acessível.

pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

A cassia pode ser tóxica

Apesar de ambos os produtos terem um aspeto semelhante e de ambos ajudarem a controlar a diabetes, eles são produtos bem distintos, com propriedades diferentes que geram efeitos diversos.

Uma das maiores diferenças está no teor em cumarina. Esta substância possui propriedades anticoagulantes. Se na canela verdadeira, a canela do Ceilão, o teor em cumarina é de apenas 0,0004%, na canela falsa (a cassia) o valor é bem mais alto, sensivelmente 1%. Pode parecer pouca a diferença quando se fala em 1%, mas na realidade é 250 vezes superior.


Leia também: Conheça o português que «descobriu» a canela


pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

Cassia (canela falsa): consumo moderado

A canela verdadeira (a do Ceilão) tem mais qualidade e é mais vantajosa para a saúde, mas a canela falsa também pode ser consumida. Deve ter-se em conta que um consumo moderado de cassia, a canela falsa, não representa necessariamente um mal. Não há problema algum, se for realizado um consumo moderado deste tipo de canela.

Risco elevado

A ingestão excessiva de cumarina pode representar um risco. A cassia pode ser tóxica e perigosa, se se consumir por longos períodos mais de 5 gramas em pó. É particularmente prejudicial em pessoas que tomem regularmente aspirina. Ela pode mesmo irritar o estômago ou até agravar úlceras e aumentar a frequência cardíaca.

pauzinhos de canela que podem ser falsos
ATENÇÃO! Há pauzinhos de canela que podem ser falsos (e tóxicos)

Importante

Deve sempre falar com um especialista (pode ser um nutricionista, um médico, ou ambos), antes de proceder a qualquer tratamento recomendado no NCultura, de forma a ter o devido acompanhamento de alguém que tem mais informações sobre si.

Apesar das recomendações serem baseadas em estudos científicos, um especialista tem acesso a muita informação pessoal sobre si que pode ser relevante, seja para avançar com o tratamento, seja para o impedir ou interromper.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.