Início Tradições Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Existem diversos erros que podem ser cometidos quando se faz arroz e muitas pessoas cometem erros comuns. Conheça os erros ao cozinhar arroz que muitos cometem.

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Existem diversos erros que podem ser cometidos quando se faz arroz. Sendo algo simples de fazer, muitas pessoas cometem erros comuns. Conheça os erros ao cozinhar arroz que muitos cometem.

Quem não gosta de arroz? A maior parte das pessoas adora arroz. Pode ser arroz de pato, arroz de bacalhau, arroz de polvo, arroz de cabidela, risoto, entre muitas outras opções. Até nas sobremesas, como o arroz doce, por exemplo. Não faltam argumentos a sustentar a tese de que este é um dos ingredientes mais populares em Portugal e no mundo.

O arroz seco, por exemplo, é um dos complementos mais populares, estando presente em diversas refeições. Contudo, mesmo sendo feito frequentemente, há diversos erros que são cometidos na sua confeção.

Deve conhecer os erros mais comuns que são cometidos e evitá-los, pois pouco há que seja mais embaraçoso do que receber convidados em casa e apresentar-lhes um arroz imperfeito.

Não queremos que os nossos amigos, familiares ou colegas sejam confrontados com um arroz aguado, insosso, colado, torrado ou empapado. Os nossos convidados merecem um arroz perfeito: um arroz seco, bem soltinho, agradavelmente perfumado e bastante saboroso!…

Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Uso da panela errada

Para cozinhar arroz, é melhor usar uma panela de fundo grosso. Este tipo de panela não só retém melhor o calor, como o distribui melhor, permitindo que se cozinhe de modo mais uniforme.

Leia também:

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Lavar o arroz

Lave o arroz, só se ele for arroz parboilizado. Este tipo de arroz passa por uma exposição industrial, havendo maior probabilidade de absorver substâncias químicas. A lavagem do arroz é feita por muitos para todo o tipo de arroz e para todas as receitas. É um erro!

A lavagem do arroz implica uma perda de nutrientes essenciais, logo, com ela, o arroz perde qualidades. Não há necessidade de lavá-lo antes de o cozinhar, pois o arroz é um alimento seco. Ele não conduz bactérias, além do processo de cozimento contribuir para a eliminação de qualquer microorganismo prejudicial à saúde.

Altas temperaturas

É um erro cozinhar o arroz em altas temperaturas, do princípio ao fim. A temperatura alta em todo o processo é um erro, pois leva a que a água seque muito rapidamente. Assim, o arroz não cozinha convenientemente e até pode queimar.

O arroz deve ser feito a duas velocidades. O processo de cozimento do arroz deve passar por uma temperatura alta inicialmente, só até a água ferver. Quando começa a secar, deve passar para uma temperatura reduzida, em lume brando até ao final.

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

O tempero

Deve usar-se o sal apenas para temperar e só se deve salgar no início. Pode usar

alho e/ou cebola no refogado para tornar o arroz mais saboroso. Só depois acrescente o arroz para que este refogue bem, permitindo aos grãos ficarem bem envolvidos e soltinhos.

Só depois junte a água fervente e, nesse momento, tempere com sal a gosto. Pode até incluir nesse momento algumas especiarias e ervas aromáticas para conceder ao arroz mais aroma e sabor.

Abusar do azeite

Muitos exageram na gordura usada, seja óleo, seja azeite ou outra. Deve haver moderação na gordura usada para refogar. Ao exagerar-se na gordura, só se contribui para que se tenha um

arroz oleoso, com os grãos a colar entre si, prejudicando o produto final até no sabor!

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

“Vou só espreitar”

Levantar a tampa enquanto cozinha arroz está a prejudicar o seu processo de cozedura, pois irá fazer com que a panela perca temperatura e deixe escapar o vapor (e a pressão) que nela estão contidos. Assim, o arroz irá perder qualidade, apresentando-se mais seco e não totalmente cozido.

Não acrescentar a água na quantidade indicada para o arroz escolhido

O tipo de arroz deve determinar a quantidade de água usada. Usar água em escassez ou em excesso representam dois problemas distintos que prejudicam a qualidade do arroz de diferentes formas.

O arroz fica todo empapado com excesso de água. O arroz fica mal cozinhado e os grãos ficam duros, se houver escassez de água. A medida base é usar duas medidas de água para cada medida de arroz (contudo, o arroz integral necessita de mais água, por isso tenha em conta as indicações presentes na embalagem).

Outra indicação importante é levar em linha de conta que a quantidade de água deve cobrir o arroz na panela, ultrapassando-o em um centímetro.

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

“Vou colocar mais um pouco de água”

Juntar água fria no processo de cozedura do arroz é outro erro comum. Se achar que necessita de acrescentar mais um pouco de água, junte sempre água bastante quente ou a ferver! Nunca deve acrescentar água fria, nem à temperatura ambiente, pois isso irá prejudicar o processo de cozedura, provocando um choque térmico que interfere no processo de cozedura do grão.

Pela mesma razão não deve destapar a panela, nem mexer o arroz, pois isso interfere na temperatura e no processo de cozedura do grão, ficando um arroz empapado.

Não deixar o arroz repousar

É muito importante deixar o arroz repousar, depois de desligar o lume. Deve manter o tacho fechado e deixá-lo a descansar por uns 5 minutos, a repousar. Isso irá distribuir a humidade e deixar o arroz bem soltinho e saboroso.

Erros ao cozinhar arroz
Erros ao cozinhar arroz que muitos cometem. Diga adeus ao arroz empapado!

Curiosidade

Sabia que no planeta existem mais de 2000 variedades de arroz? É verdade! Contudo, são bem menos as variedades que são efetivamente cultivadas e comercializadas.

NCultura

Se gostou deste artigo reaja a ele e faça um comentário! Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre Língua Portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões.

Se é apaixonado pelo mundo, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.