Início Histórias Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Os peitorais mais famosos do país são rebuçados e levam o carimbo da Dr. Bayard. Entrámos na fábrica da marca que chega a produzir 800 mil por dia.

14484

_

13

© Jorge Vieira

Antes de serem fechados, os rebuçados ainda passam por um controlo de qualidade…

14

© Jorge Vieira

…sendo finalmente pesados para encher as diversas embalagens que existem à venda no mercado.

15

Dr. Bayard

Este é o aspecto final, na versão original da receita e mentolada.

16

Dr. Bayard

Antigamente as coisas eram um pouco diferentes…

17

Dr. Bayard

… como se vê por esta fotografia onde aparece o fundador, Álvaro Matias.

18

Dr. Bayard

Natural de Almeida, Álvaro Matias veio para Lisboa trabalhar numa mercearia e recebeu a receita dos rebuçados de um médico francês que ajudou durante a Segunda Guerra. A receita vinha dentro de uma lata, lata essa que ainda hoje está fechada num cofre, a sete chaves.

19

© Jorge Vieira

A fábrica da Amadora é a terceira e maior que a marca já teve.

20

© Jorge Vieira

Atualmente emprega 15 pessoas e consegue produzir até 800 mil rebuçados por dia.

Autora: Ana Dias Ferreira
Fonte: Observador
_

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.