Início Histórias Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Os peitorais mais famosos do país são rebuçados e levam o carimbo da Dr. Bayard. Entrámos na fábrica da marca que chega a produzir 800 mil por dia.

14484

_

06

© Jorge Vieira

Nessa altura o que se vê é uma espécie de rebuçado mole e gigante.

07

© Jorge Vieira

Para começar a ganhar a forma final, a massa passa para uma máquina em forma de cone onde vai afunilando…

08

© Jorge Vieira

…e ficando cada vez mais fininha…

09

© Jorge Vieira

…até ser cortada já com o tamanho final dos rebuçados e carimbada com o logótipo da marca.

10

© Jorge Vieira

“Este é o tapete onde os rebuçados acontecem e de onde já saem duros”, resume Daniel Matias, neto do fundador.

11

© Jorge Vieira

Claro que ainda falta embrulhar.

12

© Jorge Vieira

Numa máquina, o papel é cortado à medida e envolvido nos rebuçados. É tudo muito rápido. Ao todo, três máquinas embrulham mil rebuçados por minuto.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.