Início Lugares Destinos Dornes, a península encantada dos Templários

Dornes, a península encantada dos Templários

Dornes, terra mítica. Terra pisada e marcada pelos Templários, à beira-Zêzere plantada, banhada por águas calmas é uma das mais belas vilas do país.

3362
Dornes, a península encantada dos Templários
Dornes, a península encantada dos Templários

Dornes, a península encantada dos Templários

Dornes é um sítio diferente. Trata-se de um pequeníssimo lugarejo peninsular, feito diamante do Zêzere, na fronteira da Beira Baixa com o Ribatejo.

Dornes, a península encantada dos Templários
Dornes, a península encantada dos Templários

Um filme chamado Dornes

Já foi vila, teve o seu pico de glória aquando do foral manuelino, mas passeando por Dornes nos tempos que correm dificilmente ainda a consideramos terra para tais patentes.

Habitada a nível permanente por pouco mais de duas dezenas de pessoas, Dornes é hoje um refúgio para citadinos que procuram curar os acessos de stress a que o caos urbano os leva.

Dornes, a península encantada dos Templários
Dornes, a península encantada dos Templários

A povoação faz-se da M251 (a estrada que traça uma demorada curva a anunciar a península) para baixo. Vindo de Leste, aparece-nos um cruzeiro numa estrada secundária, à esquerda.

Daí para a frente, uma longa língua de terra que se afoga no rio dá espaço suficiente para se criar um cenário pouco esperável: uma torrão de poucas casas, uma torre, uma igreja, uma mini marina, uma praia fluvial, e um cemitério, tudo envolvido de serra e água.

Dornes, a península encantada dos Templários
Dornes, a península encantada dos Templários

Curiosamente, o cemitério é mesmo aquilo que mais espaço ocupa aqui. E mais, é o sítio mais privilegiado em termos de vista, servindo de antecâmara para uma pequena via que nos leva até à última pontinha de terra antes da corrente fluvial nos vir aos pés.

As pouco mais de três dúzias de casas dispõem-se ao largo de quatro ruelas que se cruzam num só ponto. Na zona mais alta da vila, encontra-se a Igreja de Nossa Senhora do Pranto que, segundo a lenda, protege uma imagem da Virgem, a pedido de Dona Isabel. Aí se dirige uma romaria no dia 15 de Agosto, o da Assunção.

Dornes, a península encantada dos Templários
Dornes, a península encantada dos Templários – Dronestagram

Tudo certinho e a pouca distância, Dornes engole-se num instante. E a maneira mais óbvia de sublinhar o quão cinematográfica consegue ser, é lembrando que foi exactamente aqui que se rodou o filme “Dot.com”, uma comédia ligeira mas interessante onde habitantes de uma pitoresca aldeia entram em zaragata com Espanha por causa de um domínio online – e que, contudo, parecem tornar-se ainda mais indignados quando Lisboa se mete ao barulho, num divertido exercício do bairrismo rural português.


_
(cont.)

1
2

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.