Início Lugares Destinos Destinos de férias a evitar em 2018

Destinos de férias a evitar em 2018

O turismo de massas e as suas repercussões têm gerado preocupação. A CNN elaborou uma lista dos destinos de férias a evitar em 2018.

1544
Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018 - ©EFE/ANDREA MEROLA

Destinos de férias a evitar em 2018

O turismo de massas e as suas repercussões têm gerado preocupação. A CNN elaborou uma lista dos destinos de férias a evitar em 2018.

A rede de notícias da CNN elaborou uma lista de doze lugares que não deveriam ser visitados devido ao impacto do turismo de massas e as suas consequências nas infraestruturas e no ambiente das localidades.

O turismo de massas e as suas repercussões têm gerado preocupação em muitas partes do mundo que frequentemente se deparam com o mau comportamento de seus visitantes.

Isso colocou um dilema e um problema ético, nos viajantes conscientes, da degradação dos ecossistemas como resultado do aumento crescente de turistas a lugares reconhecidos pelas suas atrações turísticas, como a Antártida, Machu Picchu ou Veneza.

Com base neste problema a CNN fez uma compilação dos “12 destinos que os viajantes devem evitar em 2018”.

Machu Picchu, Peru

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018

Em 2016, 5 mil pessoas visitaram Machu Picchu por dia, o dobro do número recomendado pela Unesco. O excesso de visitantes – quase 3 milhões por ano – fez com que as Nações Unidas colocassem Machu Picchu na lista de locais em risco.

A cidade Inca do século XV, que encanta viajantes de todo o mundo impôs limitações ao número de turistas para assegurar a conservação daquele que é um dos locais mais procurados do Peru.

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018

Desde julho do ano passado, o Governo do Peru limitou o horário de visita ao Parque Arqueológico Nacional de Machu Picchu, das 6h às 17h e fixou o número de 2,5 mil pessoas por dia. Por enquanto as normas ainda não surtiram muito efeito, algo que deve acontecer mais a longo prazo.

A alternativa tem sido visitar Machu Picchu entre outubro e abril, na época das chuvas, o único período do ano em que o local não está completamente lotado.

Dubrovnik, Croácia

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018

A cidade já era uma das preferidas dos turistas, que lotavam as ruas da pequena capital, património mundial pela Unesco, chegando principalmente em cruzeiros. Mas depois que a série “A Guerra dos Tronos” passou a usar Dubrovnik como um dos seus principais cenários, o turismo explodiu.

Para se ter ideia, em 2016, em apenas um dia de agosto, Dubrovnik recebeu 10.388 mil pessoas.

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018 – ELVIS BARUKCIC AFP Getty Images

A vida pode ficar mais difícil para quem quer conhecer o cenário real de King’s Landing, uma vez que o novo presidente da Câmara quer limitar o número diário de turistas para 4 mil.

No plano, que deverá ser implementado nos próximos dois anos, uma das medidas cruciais é impedir a chegada de cruzeiros ao porto de Dubrovnik. Num só dia, estes barcos são responsáveis por trazer cerca de 7 mil pessoas à cidade.

Antártida

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018

Este é o último deserto da Terra. Pelo menos é assim que muitas vezes a Antártida é descrita. Mas não é de hoje que os cientistas estão preocupados com o impacto que o turismo tem causado no Polo Sul.

Atualmente, barcos que circulam pelo continente não podem levar mais de 500 pessoas, sendo que muitos não chegam a levar 100 passageiros em cada viagem. Isso acontece devido às regras restritivas que existem em relação à quantidade de pessoas que podem chegar ao mesmo tempo.

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018 – Eitan Abramovich AFP Getty Images

Apesar de não existirem residentes permanentes no Polo Sul, o número continua a crescer, com 44.367 turistas a viajar para a Antártida na temporada 2016/2017.

Santorini, Grécia

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018

A badalada ilha grega é realmente um paraíso – e, como a maioria das cidades desta lista, local importante para os transatlânticos.

O pôr do sol em Santorini é considerado um dos mais belos do mundo, o que fez 2 milhões de pessoas visitarem a minúscula ilha em 2017 (850 mil a bordo de cruzeiros).

Destinos de férias a evitar em 2018
Destinos de férias a evitar em 2018 – Maggie Meng Creative Commons Flickr

O limite diário de turistas na ilha é de 8 mil pessoas, mas a própria população tem crescido muito em Santorini. E por isso, existe a séria preocupação da ilha perder o seu característico charme.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.