Início Saúde A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

Vamos perceber as vantagens da quinoa e os cuidados a ter. Conheça melhor os benefícios da quinoa e também as contra-indicações.

Benefícios da quinoa
A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

Vamos perceber as vantagens da quinoa e os cuidados a ter. Conheça melhor os benefícios da quinoa e também as contra-indicações.

A quinoa foi cultivada, pela primeira vez, há mais de 5000 anos, mas foi nos últimos anos que ouvimos falar muito dela e a passámos a incluir na nossa dieta alimentar. A Academia de Ciências dos Estados Unidos da América e a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação consideraram-na o alimento mais completo do reino vegetal para o consumo humano. Todavia, serão tudo vantagens?

Efetivamente, a quinoa soma benefícios como o seu elevado teor em proteínas e gorduras polinsaturadas, riqueza em potássio, magnésio, cálcio, fósforo e ferro e isenção de glúten.

Vamos conhecer melhor este e outros benefícios e perceber, também, quais os cuidados a ter com este alimento.

Benefícios da quinoa
A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

A quinoa é perigosa? Benefícios e contra-indicações.

A quinoa pode ser encontrada em grão ou em farinha. Quanto à sua cor, ela pode ser branca, vermelha e negra. O seu sabor é mais suave, quanto mais clara for a sua cor. Como já avançámos, as suas propriedades fazem dela um super alimento, pleno de benefícios. Fique a conhecer alguns deles.

Benefícios

– Proteína completa: a quinoa contém vinte aminoácidos, alguns dos quais essenciais, ou seja, que não são produzidos pelo organismo. Por isso, a quinoa é uma boa fonte de proteína vegetal completa.

– Rica em fibra: que é saciante e ajuda no bom funcionamento do trânsito intestinal. Além disso, diminui a absorção do colesterol e controla a glicemia, atrasando a absorção dos hidratos de carbono.

– Fonte de ferro: bom para a função cerebral, para o sistema imunitário e para o transporte de oxigénio para as células.

Benefícios da quinoa
A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

– Rica em fósforo: importante na formação de músculos e ossos fortes.

– Fonte de zinco: essencial para o sistema imunitário.

– Rica em cálcio: útil na formação dos ossos e dos dentes.

– Fonte de magnésio: fundamental nos processos anti-inflamatórios.

– Rica em vitamina B2 (riboflavina): que funciona como antioxidante, combatendos os radicais livres, responsáveis por doenças como o cancro.

Benefícios da quinoa
A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

Como incluir a quinoa na alimentação diária?

A quinoa pode ser incluída nas mais diversas refeições, podendo substituir alguns alimentos.

– Ao pequeno-almoço, por exemplo, no lugar dos cereais convencionais, pode juntar quinoa ao leite ou ao iogurte.

– Às refeições principais, a quinoa pode servir de acompanhamento (substituindo o arroz, a massa e a batata).

– Substituindo a farinha de trigo, para fazer bolos, pães, bolachas, entre outros.

– Em saladas frias, com legumes ou vegetais.

– Como acompanhamento de frutas (tipo topping).

Benefícios da quinoa
A quinoa é perigosa? Benefícios da quinoa e contra-indicações para a saúde

Contra-indicações

Pode parecer surpreendente, mas até um superalimento como a quinoa pode ter desvantagens, se consumida em excesso. Nestes casos, ela pode provocar alterações a nível gastro-intestinal e reduzir a absorção de alguns nutrientes.

Analisando bem, nem tudo são vantagens. Este tipo de grão pode ser de difícil digestão; a fibra (que é uma vantagem) pode também provocar flatulência, inchaço abdominal e dores no estômago; a quinoa possui, ainda, os chamados anti-nutrientes, como o ácido fítico, que podem reduzir a absorção de nutrientes como o cálcio, ferro e zinco.

O perigo maior reside, talvez, nas saponinas, um pesticida natural que pode ser tóxico para os humanos, podendo provocar alergias e irritar o intestino.

Conclusão

Este é um alimento que devemos, sem dúvida, incluir na nossa alimentação. Todavia, a sugestão vai para que o consumamos com moderação e, de preferência, demolhado. Assim, conseguiremos reduzir o teor de fitatos e saponinas e facilitar o processo digestivo do alimento.

A sua opinião importa, gostou deste artigo ?

Clique nas Estrelas para classificar

Classificação média / 5. Numero de classificações:

Seja o primeiro a classificar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.