Início Saúde Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Prefira conhecimento ao preconceito. Quer saber se pode tomar antibióticos com vinho? Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos? Há diversas dúvidas relacionadas com o universo das bebidas alcóolicas. O vinho tinto é das bebidas mais famosas, estando constantemente na ribalta por via dos diversos estudos que são divulgados e que apresentam os vários benefícios gerados por um consumo regular e moderado de vinho tinto.

Há também muitas ideias erradas e mitos que contaminam o conhecimento que é formado. Uma das dúvidas mais comuns é: será que se pode beber bebidas alcoólicas, quando se está a tomar medicamentos?

Quando se é um apreciador de vinho e se está doente, logo surgem os conselhos: “Se estás a tomar medicação, não podes beber vinho!” Será que por se estar a tomar antibiótico, temos mesmo de abandonar aquele precioso hábito de tomar um copo de vinho à refeição?


Leia também: Descubra o que acontece se beber vinho tinto todas as noites


vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

A questão

É mito ou verdade que se estiver a tomar medicação, não deve tomar vinho? A resposta não é tão simples e fácil, quanto parece.

A reflexão

Estar a tomar medicação, nomeadamente antibióticos, revela que algo em nós não está como deveria estar. Estamos numa posição delicada, fragilizada, por isso, quando se está doente, é indispensável que haja ponderação e prudência no consumo de álcool.

É importante não prejudicar o organismo com fatores externos. Mas será possível não prescindir do hábito do consumo de um bom vinho, sem lesar o organismo?

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

A resposta

Um copo de vinho tinto não impede que os antibióticos façam efeito. O álcool não corta o efeito dos medicamentos. Apesar da crença popular, a mistura dos dois não anula os efeitos do remédio. Pelo menos, tal tese (ainda) não tem fundamentação científica.

O vinho tinto pode interferir com os efeitos de um medicamento, mas tal não é o mesmo que afirmar que os anula. Apenas pode retardar os seus efeitos. Se o consumo for feito de forma moderada, o vinho tinto não cortará o efeito do antibiótico.

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Alteração

Normalmente a recomendação é que se tome um copo de vinho à refeição, um ao almoço e outro ao jantar. Contudo, estando doentes, devemos reduzir a quantidade, bebendo metade em cada refeição. Assim, recomenda-se que se beba meio copo ao almoço e meia copo ao jantar.

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Riscos

O consumo da bebida deve ser feito de forma moderada, não devendo ultrapassar 1 copo à refeição. O exagero pode prejudicar gravemente a saúde, sendo particularmente prejudicial quando estamos doentes ou em processo de recuperação.

O consumo exagerado de álcool não só vai dificultar a recuperação, como irá alargá-la no tempo, atrasando a melhoria. O tratamento irá ser prolongado no tempo, podendo até causar uma sobrecarga do fígado.

Este órgão, que é responsável por metabolizar o álcool, também lidará com os componentes químicos presentes nos remédios. O excesso de álcool e o consumo de medicamentos a ser realizado por mais tempo levará a que este órgão fique mais sobrecarregado, não cumprindo bem o seu trabalho. Isso prejudicará a saúde do órgão em particular, mas também de outros órgãos.

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Efeitos colaterais

O consumo de álcool gera uma ação diurética. Há mais idas ao WC. Além desse efeito, pode ainda haver uma irritação do estômago e intestino. Os componentes químicos presentes nos remédios (nomeadamente nos antibióticos) podem gerar inflamações nos órgãos.


Leia também: Como conservar vinho tinto depois de o abrir?


Apesar de raros, podem existir efeitos colaterais com o consumo de antibióticos, como dores de cabeça, palpitações, enjoos, queda da tensão arterial e até desmaios. É, por isso, recomendado que leia sempre as indicações da bula, antes de tomar a medicação.

vinho tinto impede o efeito dos medicamentos
Beber vinho tinto impede o efeito dos medicamentos?

Médico

O acompanhamento por especialistas revela-se particularmente importante, quando estamos doentes ou em tratamento. É improvável que um copo de vinho por dia (meio copo ao almoço e meio copo ao jantar) cause danos. Porém, deve sempre consultar o seu médico, para que este o ajude a avaliar se pode tomar vinho juntamente com antibiótico.

Todos nós somos seres com um percurso distinto, com variáveis próprias e o médico (com o conhecimento que tem sobre si) será a melhor pessoa para o ajudar a avaliar esta opção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.