Início Tradições Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Com vontade de fazer um investimento? Então, conheça os seguintes vinhos portugueses: Tintos, brancos e Portos, 5 vinhos nacionais bons, mas caros.

Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros. Como é sabido, o preço não é sinónimo de qualidade, sobretudo no que ao vinho diz respeito. Porém, é sempre curioso saber até que valores pode chegar uma garrafa de vinho. Para isso, usámos como base os vinhos disponíveis no site vinha.pt.

Seja apenas para ficar a saber e comentar com os amigos, seja para fazer um investimento e enriquecer a sua garrafeira pessoal, conhecer os seguintes vinhos vai, certamente, surpreendê-lo. Prepare-se para uma lista de néctares que têm tanto de deliciosos, como de caros!…

Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

vinhos nacionais bons
Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Niepoort VV OLD TAWNY

Este vinho do Porto exibe uma cor castanha/mogno profunda, com reflexos verde-azeitona. O seu aspeto é límpido e cristalino. O seu aroma é intenso e concentrado. Na boca, é macio, sedoso e envolvente. O seu paladar e odor têm por base frutos secos, passas, mel, fumo de lareira, folha de charuto e café.


Leia também: Há 2 tintos nacionais na lista dos melhores vinhos do mundo, segundo a Forbes


Na boca, este vinho é envolve e marcante, com sabores ricos e levemente ácidos, que conferem frescura a esta bebida intensa. O final de boca é longo e agradável. É ótimo para acompanhar aperitivos, queijos e sobremesas. Um vinho fortificado com potencial de envelhecimento.

Preço: 1590€.

Comprar, aqui. 

vinhos nacionais bons
Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

5G VERY OLD PORT

Com um aroma e paladar frescos, este vinho do porto apresenta notas a madeira velha e a serradura húmida. Na boca, sentem-se ainda notas de alcaçuz doce, tabaco de cachimbo, figos secos e um aroma de noz verde.

É ainda de destacar o seu suave odor floral e a casca de laranja seca. Na boca é viscoso e cremoso, com um sabor intenso e elegante a especiarias orientais, noz-moscada, apontamentos florais, carvalho fumado e caramelo. A textura é agradável e o final de boca longo, com tabaco de cachimbo, laranja e marzipão. Uma doçura e acidez magnificamente equilibradas.

É ótimo para acompanhar aperitivos, queijos e sobremesas. Um vinho fortificado com potencial de envelhecimento.

Preço: 1365€.

Comprar, aqui.

vinhos nacionais bons
Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Barca velha, CASA FERREIRINHA 2008

Um vinho com um odor harmonioso e complexo, que revelam frutos vermelhos bem maduros e especiarias. Na boca, é volumoso e apresenta uma acidez agradável, em que se sentem saborosos taninos. O final é longo e complexo, demonstrando ser delicado e bem estruturado.

Este é um tinto complexo com potencial de envelhecimento e indicado para acompanhar pratos italianos, assados, carne vermelha e queijos.

Preço: 650€

Comprar, aqui.

vinhos nacionais bons
Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Vinhos imperfeitos 2018

Um vinho branco aromático que possui uma cor cítrica e cristalina super cativante. Um vinho distinto, de odor profundo e complexo. Os seus aromas minerais remetem para um fumo típico das pedreiras a que, depois, se seguem notas frescas a maresia, a brisa do mar e a algas que se fundem com frutas, como o pêssego ou o alperce.


Leia também: Vinhos Tintos Borges conquistam cinco medalhas de Ouro


O paladar é explosivo, intenso, pleno de carácter, mas com uma equilibrada acidez natural, que o torna num vinho harmonioso, fino e complexo. O final de boca é interminável, com uma sensação salgada que se mescla com notas de pólvora.

Um vinho típico do Dão, com potencial de envelhecimento e que harmoniza bem com peixe, queijo e sushi.

Preço: 286€

Comprar, aqui.

vinhos nacionais bons
Tintos, brancos e Portos: 5 vinhos nacionais bons, mas caros

Reserva especial CASA FERREIRINHA 2009

Um tinto encorpado composto por: 40% Touriga Franca, 30% Touriga Nacional e 30% Tinta Roriz. Tem potencial de envelhecimento e deve ser servido entre 16ºC a 18ºC, com pratos de carnes vermelhas e queijo.

Este vinho salienta-se pela sua incrível estrutura, taninos firmes de grande qualidade e equilibrados, devido à sua agradável acidez. A sua intensidade e complexidade é digna de nota e oferece um final de boca extremamente longo.

Preço: 210€

Comprar, aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.