Início Cultura 5 erros de português que podem envergonhar

5 erros de português que podem envergonhar

Cometer erros de português em público pode ser embaraçoso. Faça tudo para o evitar. Evite estes 5 erros de português que podem envergonhar.

erros de português que podem envergonhar
5 erros de português que podem envergonhar

Cometer erros de português em público pode ser embaraçoso. Faça tudo para o evitar. Evite estes 5 erros de português que podem envergonhar.

Todos nós, ao longo do nosso percurso escolar (ou profissional), tivemos diversos desafios em que foi necessário falar em público. A apresentação oral de um determinado trabalho pode representar um momento de orgulho para nós e para a nossa família. Pode também representar o oposto. Se algo correr mal, pode ser mesmo devastador.

Por exemplo, cometer em público erros de português pode gerar uma cascata de gargalhadas que representará um dia inesquecível, pelos piores motivos. É importante ter em conta que a forma escrita pode representar também um momento embaraçoso.

Cometer erros de forma escrita seja publicamente (exposição de powerpoint, por exemplo) ou em privado (entrega de um trabalho ou envio de email com resposta a denunciar o erro) pode também contribuir para destruir a nossa autoestima. Evite esse mal estar e crie formas de evitar essas gaffes, com estudo e redobrada atenção. Não se deixe envergonhar, evite estes erros comuns de português.


Leia também: Dúvidas de Português: o que é um pangrama?


5 erros de português que podem envergonhar

Antes de avançarmos para a exposição das palavras que são frequentemente proferidas e/ou escritas erradamente, colocamos um desafio, um pequeno teste. Vejamos as seguintes frases:

Exercício

– O Museu Nacional do Azuleijo é um espaço encantador.

– O Museu Nacional do Azulejo é um espaço encantador.

– As condições nas trincheiras eram favoráveis à propagação da desintria.

– As condições nas trincheiras eram favoráveis à propagação da disenteria.

– A Marvel informa: Morbius, o vampiro meio esquisito, será próximo filme e terá Jared Leto.

– A Marvel informa: Morbius, o vampiro meio esquesito, será próximo filme e terá Jared Leto.

– A BMW tem um novo logótipo e quase ninguém reparou.

– A BMW tem um novo logotipo e quase ninguém reparou.

– O nilismo tomou conta de qualquer lampejo de esperança.

– O niilismo tomou conta de qualquer lampejo de esperança.

Quais são as frases que estão corretamente escritas, sem erros ortográficos? Consegue resolver este desafio?

Vejamos, agora, os significados de cada um dos conceitos de forma a que consigamos posteriormente corrigir o exercício.

Definições dos conceitos

Azulejo

Do árabe az-zuleij, pelo castelhano azulejo. Azulejo é uma palavra que se refere à placa de cerâmica, pintada e vidrada numa das faces, utilizada no revestimento de paredes.

Entre os erros mais comuns relacionados com esta palavra estão: “Asuleijo”, “Asulejo”, “Azuleijo”.

Disenteria

Termo que vem do grego dysentería, tendo como significado «doença intestinal»; pelo latim dysenterïa, «disenteria». Conceito ligado à medicina, que indica infeção dos intestinos que, em regra, produz dores abdominais, evacuações frequentes (por vezes com presença de sangue) e ulceração da mucosa.

Por vezes, este conceito é escrito de forma errada, usando-se construções como desinteria, disentria, desentria, entre outras “confusões”.

Esquisito

Do latim exquisitü, que significa “rebuscado”, que tem esquisitices, que é estranho, fora do vulgar. Extravagante. Delicado, elegante, primoroso. Raro. Impertinente.

Esta palavra, quando é escrita erradamente, normalmente assume a forma “esquesito”.

Logótipo

Significado: Do grego logos, isto é palavra, mais typos, tipo. Elemento gráfico de uma marca, constituído por letras e/ou símbolos, usado como identidade visual de uma instituição, um serviço, um produto, etc. Em tipografia, é o grupo de duas ou mais letras fundidas em um só tipo para acelerar.

Esta palavra deve pronunciar-se da seguinte forma: “Logótipo”. Mas é muito mais comum ouvir-se esta palavra pronunciada de forma errada, assim: “Logotípo”.

Niilismo

Vem do latim nihil, “nada” mais “ismo”, ou do francês nihilisme, com o mesmo significado. Na filosofia, é a doutrina que nega a existência de qualquer realidade substancial (o chamado niilismo ontológico). É ainda a doutrina que nega a possibilidade da verdade (o chamado niilismo crítico). Também pode ser a doutrina ou atitude, que não aceita nenhuma norma moral (o chamado niilismo ético).

Na política, há a doutrina que não aceita nenhuma coerção sobre o indivíduo, negando a necessidade de um Estado. Foi particularmente difundida na Rússia oitocentista (o chamado niilismo ou anarquismo).

É um erro escrever “nilismo” ou “nielismo”.


Leia também: Pleonasmos da língua portuguesa a evitar


Correção

Agora que compreendemos o significado dos conceitos e ficou clara qual a verdadeira forma de cada palavra analisada, fica extremamente fácil resolver o exercício.

– O Museu Nacional do Azuleijo é um espaço encantador. X

– O Museu Nacional do Azulejo é um espaço encantador. ✓

– As condições nas trincheiras eram favoráveis à propagação da desintria. X

– As condições nas trincheiras eram favoráveis à propagação da disenteria. ✓

– A Marvel informa: Morbius, o vampiro esquisito, será próximo filme e terá Jared Leto. ✓

– A Marvel informa: Morbius, o vampiro esquesito, será próximo filme e terá Jared Leto. X

– A BMW tem um novo logótipo e quase ninguém reparou. ✓

– A BMW tem um novo logotipo e quase ninguém reparou. X

– O nilismo tomou conta de qualquer lampejo de esperança. X

– O niilismo tomou conta de qualquer lampejo de esperança. ✓

Conclusão

Como tivemos oportunidade de ver, é muito fácil cometer erros de português que podem manchar a nossa reputação. Se o nosso percurso nos honra, convém não trair o trabalho realizado com distrações que levem a erros que podem facilmente ser evitados com conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.