Início Cultura 5 erros comuns da língua portuguesa que deve evitar

5 erros comuns da língua portuguesa que deve evitar

Palavras da língua portuguesa que começam com a letra“K” e que muitos escrevem mal: 5 erros comuns da língua portuguesa que deve evitar.

5 erros comuns da língua
5 erros comuns da língua portuguesa que deve evitar

Palavras da língua portuguesa que começam com a letra“K” e que muitos escrevem mal: 5 erros comuns da língua portuguesa que deve evitar.

Ao longo dos últimos tempos, de modo a dar maior visibilidade aos erros comuns da língua portuguesa, o N Cultura publicou diversos artigos mostrando erros frequentes. São as publicações do N Cultura que visam contribuir para reduzir ao máximo o aparecimento desses erros.

Serão 26 os artigos (estes erros vão de A a Z) na totalidade, pois a cada artigo está destinada uma das letras do alfabeto. O presente artigo centrará a sua atenção na letra “K”.


Leia também: 8 erros de português que arruínam a sua credibilidade


Erros na Língua Portuguesa

São vários os contextos que podem levar ao erro: a falta de concentração, confusão, a falta de informação… Mas também a existência de palavras homófonas, homónimas, parónimas ajudam a compreender o aparecimento de erros, pois há parecenças que levam a que algumas palavras sejam frequentemente confundidas.

A troca de letras em determinadas palavras, por exemplo letras como “g” por “j” (ou vice-versa), ou até a troca de “x” por “ch” (ou vice-versa), e também a troca das letras “c”, “ç”, “s”, “ss” servem como meros exemplos de palavras que são facilmente confundidas.

5 erros comuns da língua portuguesa com palavras começadas pela letra “K”

Kit

Significa estojo com diversos artigos utilizados para determinado fim. Conjunto de peças que se vendem soltas e acompanhadas de um folheto informativo que facilita o momento da montagem. Sistema montado pelo próprio utilizador. Exemplo: kit de primeiros socorros.

Kit é uma palavra de origem inglesa, um anglicismo. É uma palavra que é integrada na nossa língua devido à necessidade de designar algo que na nossa língua não existe ou não é tão adequado ou pertinente. Há normalmente a tentativa de aportuguesar palavras de outros países, mas isso nem sempre é possível.

Neste caso, é um erro escrever quit ou quite. Quite (do francês quitte) é um termo que existe na língua portuguesa, mas nada tem a ver com a palavra kit. Quite é usado no sentido de “estarmos quites”, ou seja, estarmos empatados ou igualados (em algo, num jogo, numa disputa). Quando estamos desobrigados de algo, livres de uma dívida, algo que já está “pago”.

Kantiano

Este termo vem de Kant, antropónimo, mais “iano”. Kantiano é um conceito que é relativo a Immanuel Kant (1724-1804) ou à obra deste filósofo alemão. Um discípulo de Kant ou um adepto da filosofia de Kant também pode ser definido como kantiano.

É um termo que está integrado na nossa língua devido à necessidade de designar algo que na nossa língua não existe ou não é tão adequado ou pertinente. Há normalmente a tentativa de aportuguesar palavras de outros países, mas nem sempre isso é possível. Neste caso, é um erro escrever cantiano para este fim (pode usar-se cantiano para referir a comuna italiana da região dos Marche).


Leia também: Fuja destes 6 erros comuns da língua portuguesa


Kafkiano

Exemplo semelhante ao de Kant. Este relativo ao escritor Franz Kafka (1883-1924) e também à obra do escritor de língua alemã nascido em Praga ou ao seu estilo (ex.: universo kafkiano; angústia kafkiana). Uma situação kafkiana pode ser uma referência a algo confuso, ilógico ou absurdo. Kafkiano é também um estudioso ou admirador de Kafka ou da sua obra.

Ketchup

Termo da culinária, palavra que se refere a um molho cremoso feito com concentrado de tomate aromatizado. Não é apenas tomate triturado. Leva outros condimentos (cebola, açúcar, sal, entre outros).

É um erro escrever-se catchup, cetchup, quatchup ou quetchup. Embora no Brasil, seja usado catchup, a palavra mais adequada na língua portuguesa é ketchup.

Kilt

Do inglês kilt, termo que se refere a um traje típico masculino usado na Escócia. Este traje escocês é uma saia até aos joelhos, em tecido de lã quadriculado, pragueada e com trespasse lateral. É também saia de senhora com características semelhantes, mas que varia no comprimento.

Apesar das tentativas de aportuguesamento das palavras estrangeiras, é um erro usar “quilt” em vez de kilt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.