Início Pessoas 41 frases que marcaram Portugal em 2017

41 frases que marcaram Portugal em 2017

Com o ano a chegar ao fim relembramos algumas das frases, de políticos e figuras públicas, que marcaram a atualidade nacional em 2017.

_

Marcelo Rebelo de Sousa

“Eu quando viro à direita em Portugal, a direita está distraída a bater na esquerda, não nota. Em vez de aproveitar, não nota.” Marcelo Rebelo de Sousa, 08-09-2017

José Sócrates

“António Costa e a cúpula do PS viraram-me as costas” José Sócrates, 17-09-2017

António Costa

“O PS teve a maior vitória eleitoral de toda a sua história. Há um reforço da mudança que no quadro parlamentar foi iniciada há dois anos.” António Costa, sobre os resultados das autárquicas, 01-10-2017

Pedro Santana Lopes

“Hoje, é um dia de boas notícias: Portugal ganhou e eu sou candidato à liderança do PPD/PSD.” Pedro Santana Lopes, 10-10-2017

José Sócrates

“Não fui [um primeiro-ministro corrupto], honrei sempre o meu cargo com aquilo que me pareceu ser o interesse do país.” José Sócrates, 13-10-2017

Patrícia Gaspar

© ANTÓNIO COTRIM/LUSA

“Foi o pior dia do ano em matéria de incêndios.” Patrícia Gaspar, da Autoridade Nacional da Proteção Civil, 15-10-2017

Constança Urbano de Sousa

© MANUEL ALMEIDA

“Para mim seria mais fácil, pessoalmente, ir-me embora e ter as férias que não tive, mas agora não é altura de demissões.” Constança Urbano de Sousa, 16-10-2017

Marcelo Rebelo de Sousa

“Estes mais de 100 mortos não mais sairão do meu pensamento como um peso enorme na minha consciência tal como no meu mandato presidencial.” Marcelo Rebelo de Sousa, 17-10-2017

António Costa

“Considero que estão esgotadas todas as condições para me manter em funções, pelo que lhe apresento agora, formalmente, o meu pedido de demissão, que tem de aceitar, até para preservar a minha dignidade pessoal.” Constança Urbano de Sousa, na carta de demissão enviada ao primeiro-ministro, António Costa, 18-10-2017

Pedro Passos Coelho

“Eu sinto vergonha pelo que se passou no país nos últimos dois meses. (…) Este Governo não merece uma segunda oportunidade depois de ter falhado tantas.” Pedro Passos Coelho, 18-10-2017

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.