Início Cultura 3 maravilhosos poemas de amor

3 maravilhosos poemas de amor

A Língua Portuguesa é uma das mais bonitas do mundo e a sua poesia, um monumento literário da Humanidade. Selecionamos 3 maravilhosos poemas de amor.

5250
3 maravilhosos poemas de amor
3 maravilhosos poemas de amor

3 maravilhosos poemas de amor

A Língua Portuguesa é uma das mais bonitas do mundo e a sua poesia, um monumento literário da Humanidade. Selecionamos 3 maravilhosos poemas de amor.

O amor sempre esteve entre os principais temas da literatura. Na verdade, o amor sempre esteve e sempre estará entre os principais temas das diversas manifestações artísticas, pois, entre todos os sentimentos, é, indubitavelmente, aquele que mais aproxima o ser humano da arte.

Seja em prosa ou em verso ou em qualquer outra forma com que se apresente, esse sentimento quase insondável, fonte de emoções e veículo de aperfeiçoamento humano, é uma expressão da humanidade, um aspecto literário universal e reconhecível em qualquer cultura.

3 belos poemas de amor
Luís Vaz de Camões – 3 maravilhosos poemas de amor

Amor é um Fogo que Arde sem se Ver

Amor é um fogo que arde sem se ver,
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor,
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

“Sonetos”, Luís Vaz de Camões

(cont.)

4 COMENTÁRIOS

  1. Poderia eu dizer… que belos poemas!!
    Estarei mentindo… porque todo poema é único.
    O poeta escreve com a alma…em sua criação está tudo..
    Sua dor..seu amor..sua solidão…seu desejo de ser compreendido e ouvido.

    Flor da Paz

  2. Faces do Amor

    Ela se entrega com esse corpo sensual e tão tentador ao meu ser

    Tira-me dos meus princípio com esse amor flamejante da alma e os prazeres carnais

    O doce gosto dos seus lábios me seduz envolto desse pecado antes do meu tempo

    Antes que eu tenha razão para discernir o que está acontecendo

    Ah..meu Deus, ainda consigo sentir o cheiro leda e ainda consigo vê-la em meus braços ao desaflorar quando toco seu corpo nu.

    Tento-me negar para esse corpo tentador, sussurros e os gemidos de um prazer incessante que é o amor
    da carne.

    Respiração ofegante e as mãos em busca de tocar seu corpo ao entrelaçar dos braços para tentar saciar o que a alma grita mais do que o corpo pede

    Ernan Ferreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.