Início Cultura 15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Quem estará na casa da Mãe Joana? Será a uma Madalena arrependida? Isto é a língua portuguesa. Aprenda o significado e origem de 15 Expressões Populares curiosas.

15 Expressões Popularesa
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Quem estará na casa da Mãe Joana? Será a uma Madalena arrependida? Isto é a língua portuguesa. Aprenda o significado e origem de 15 Expressões Populares curiosas.

Muitas vezes usamos certas expressões mas não temos ideia do que elas significam. São ditados ou termos populares que através dos anos permaneceram sempre iguais, significando exemplos morais, filosóficos e religiosos.

Tanto os provérbios como os ditados populares constituem uma parte importante de cada cultura. Historiadores e escritores sempre tentaram descobrir a origem dessa riqueza cultural, mas essa tarefa nunca foi nada fácil.

Veja aqui algumas dessas expressões ou ditados populares:

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Madalena arrependida

Significa: Alguém que se arrepende do passado e/ou muda radicalmente de estilo de vida.

Origem: Maria Madalena é uma personagem do Novo Testamento, apresentada como uma das discípulas mais devotas de Jesus Cristo.

O Evangelho de Lucas, no Novo Testamento, cita: “Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demónios” (os sete pecados capitais: luxúria, ódio, cobiça, avareza, orgulho, gula e preguiça).

Apesar de não haver qualquer fundamento bíblico para considerá-la como uma prostituta arrependida dos pecados e que teria pedido perdão a Cristo, esta versão é a que ficou vulgarmente conhecida.

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Entregar de bandeja

Significado: Entregar algo facilmente, sem resistência.

Origem: Salomé, a neta de Herodes Antipas, conseguiu convencê-lo, quando estava bêbado, a satisfazer-lhe um desejo se dançasse para ele.

Ela então pediu-lhe a cabeça de João Batista numa “bandeja de prata” (Mateus 14:1-12, Marcos 6:14-29 e Lucas 9:7-9). Herodes, apesar de horrorizado, consentiu e realizou o desejo de Salomé para cumprir a sua promessa.

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Amor platónico

Significa: Relação afetuosa que exclui a atração sexual.

Origem: O termo amor platónico foi utilizado pela primeira vez no século XV, pelo filósofo neoplatónico Marsilio Ficino, como um sinónimo de amor socrático.

Ambas as expressões significam um amor centrado na beleza do caráter e na inteligência de uma pessoa, em vez dos seus atributos físicos, e remetem-se ao laço especial de afeto entre dois homens, a que o filósofo grego Platão se tinha referido no seu diálogo O Banquete, exemplificando-o com o afeto que havia entre Sócrates e seus discípulos homens, em particular Alcibíades.

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Vitória de Pirro ou vitória pírrica

Significa: Uma vitória obtida a alto preço, causando prejuízos irreparáveis.

Origem: Pirro, rei do Épiro e da Macedônia, era o general que comandou o exército grego, na campanha pelo controle da Magna Grécia.

Após ter vencido a Batalha de Ásculocontra os romanos, em 279 a.C., com um número considerável de baixas, e ao ser felicitado pela vitória, teria dito: “Mais uma vitória como esta, e estou perdido”.

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Erro crasso

Significado: Falha grosseira de planeamento, com consequências trágicas.

Origem: Marco Licínio Crasso era um aristocrata, general e político romano, que comandou a vitória da batalha da Porta Colina e esmagou a revolta dos escravos liderada por Espártaco.

Em campanha contra os partos, porém, apesar da enorme superioridade numérica de seu exército, sofreu uma derrota estrondosa na batalha de Carras, em 53 a.C., em função de uma série de falhas táticas grosseiras.

Mais de 20 000 soldados perderam a vida e cerca de 10 000 foram feitos prisioneiros; a cabeça e a mão direita de Crasso foram levadas ao rei parto, Orodes II.

origem de 7 Expressões Populares curiosas
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Casa da Mãe Joana

Significa: Lugar desorganizado, onde todos podem entrar, sem cerimónias de maior.

Origem: Joana I de Nápoles, rainha de Nápoles e condessa de Provença no século XIV, foi acusada de participar no assassinato do marido e precisou de passar algum tempo refugiada em Avinhão.

Durante este período aprovou um decreto que regulamentava os bordéis da cidade, incluindo um artigo que dizia: “- et que siegs une porto… dou todas las gens entraron.” Ou seja, … e que tenha uma porta por onde todas as pessoas possam entrar.

15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Fila indiana

Significa: A expressão representa pessoas (ou mesmo coisas) que estão dispostas uma atrás da outra. É uma fileira de pessoas, organizada.

Origem: Tem origem na forma de caminhar dos índios americanos que, desse modo, encobriam as pegadas dos que iam na frente.

8 Expressões Populares curiosas
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Testa de ferro

Significa: Pessoa que figura ostensivamente num negócio em vez do verdadeiro interessado. Indivíduo que se apresenta responsável pelos atos de outrem.

Origem: O Duque Emanuele Filiberto di Savoia, conhecido como Testa de Ferro, foi rei de Chipre e Jerusalém. Mas tinha somente o título e nenhum poder verdadeiro. Daí a expressão ser atribuída a alguém que aparece como responsável por um por um negócio ou empresa sem que o seja efetivamente.

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Não entender patavina

Significado: Não saber nada sobre determinado assunto. Nada mesmo.

Origem: Tito Lívio, natural de Patávio (hoje Pádua, na Itália), usava um latim horroroso, originário de sua região. Nem todos o entendiam. Daí surgiu o Patavinismo, que originalmente significava não entender Tito Lívio, não entender patavina.

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Lágrimas de crocodilo

Significa: Lágrimas fingidas.

Origem: O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima. Daí a expressão significar choro fingido.

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Onde Judas perdeu as botas

Significa: Lugar distante, inacessível.

Origem: Como todos sabem, depois de trair Jesus e receber 30 dinheiros, Judas caiu em depressão e culpa, acabando por se suicidar enforcando-se numa árvore.

Acontece que ele matou-se sem as botas. E os 30 dinheiros não foram encontrados com ele. Logo os soldados partiram em busca as botas de Judas, onde, provavelmente, estaria o dinheiro.

A história é omissa daí para frente. Nunca saberemos se acharam ou não as botas e o dinheiro. Mas a expressão atravessou vinte séculos. Atualmente, o ditado significa lugar distante, inacessível.

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Andar à toa

Significado: Andar sem destino e sem preocupações.

Origem: Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra. Um navio que está “à toa” é o que não tem leme nem rumo, indo para onde o navio que o reboca determinar. Uma mulher à toa, por exemplo, é aquela que é comandada pelos outros.

Jorge Ferreira de Vasconcelos já escrevia, em 1619: Cuidou de levar à toa sua dama. Hoje, o ditado significa andar sem destino, despreocupado, passando o tempo.

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Dar um lamiré

Significa: Sinal para começar alguma coisa.

Origem: Trata-se da forma aglutinada da expressão «lá, mi, ré», que designa o diapasão, instrumento usado na afinação de instrumentos ou vozes; a partir deste significado, a expressão foi-se fixando como palavra autónoma com significação própria, designando qualquer sinal que dê começo a uma atividade.

Historicamente, a expressão «dar um lamiré» está, portanto, ligada à música (cf. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa).

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Coisas do arco-da-velha

Significado: Coisas inacreditáveis, absurdas, espantosas, inverosímeis.

Origem: A expressão tem origem no Antigo Testamento; arco-da-velha é o arco-íris, ou arco-celeste, e foi o sinal do pacto que Deus fez com Noé: “Estando o arco nas nuvens, Eu ao vê-lo recordar-Me-ei da aliança eterna concluída entre Deus e todos os seres vivos de toda a espécie que há na terra.” (Génesis 9:16)

Arco-da-velha é uma simplificação de Arco da Lei Velha, uma referência à Lei Divina.

Há também diversas histórias populares que defendem outra origem da expressão, como a da existência de uma velha no arco-íris, sendo a curvatura do arco a curvatura das costas provocada pela velhice, ou devido a uma das propriedades mágicas do arco-íris – beber a água num lugar e enviá-la para outro, pelo que velha poderá ter vindo do italiano bere (beber).

15 Expressões Populares
15 Expressões Populares da Língua Portuguesa

Como sardinha em lata

Significado: Usa-se esta expressão quando muitas pessoas estão num mesmo espaço e bastante perto umas das outras, de tal forma que o espaço torna-se pequeno e apertado para tantas pessoas.

Origem: A palavra sardinha vem do latim sardina. Designa o peixe abundante na Sardenha, conhecida região em Itália. É um alimento apreciado e nutritivo, de sabor bem peculiar.

As sardinhas, quando enlatadas em óleo ou noutro molho, vêm coladas umas às outras. Por analogia, usa-se a expressão popular sardinha em lata para designar a superlotação de veículos de transporte público.

Se gostou deste artigo também poderá gostar de:


10 palavras da Língua Portuguesa com significados diferentes noutras línguas

Fazer a barba e Copo de água são erros da Língua Portuguesa?

Teste os seus conhecimentos no Quiz da Língua Portuguesa «52»

10 insultos da Língua Portuguesa para descomprimir

_

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.