Início Cultura 14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

Asia, busina? Afinal como se escreve? Hoje vamos tirar todas as dúvidas e ficaremos a saber 14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S».

2256
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

Asia, busina? Afinal como se escreve? Hoje vamos tirar todas as dúvidas e ficaremos a saber 14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S».

O erro na escrita de «z» ou «s» nas palavras surge porque a consoante «s» apresenta o som /z/ quando se encontra entre duas vogais. Assim, muitas palavras acabam por ser escritas com «s», quando na realidade são mesmo escritas com «z».

Confira quatorze palavras que são sempre escritas com «z»:

01

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Prezados clientes, a loja encerará dentro de dez minutos.
  • Prezado senhor, informo que sua consulta foi remarcada para o dia dez.
A palavra presado está errada.

02

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Como faço para aliviar esta azia?
  • Nunca senti azia durante minha gravidez.
A palavra asia está errada.

03

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Meus filhos não foram batizados.
  • O batizado da Luísa será no próximo domingo.
A palavra batisado está errada.

04

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Vários jesuítas foram responsáveis por catequizar os índios.
  • Será possível catequizar quem não quer ser catequizado?
A palavra catequisar está errada.

05

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Aquele menino não tem juízo nenhum!
  • Você não deveria ser tão rigoroso em seu juízo sobre ele.
A palavra juíso está errada.

06

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • É urgente proteger a Natureza!
  • Ser hipócrita não está na minha natureza.
A palavra naturesa está errada.

07

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Ainda não conheci meu vizinho novo.
  • O vizinho do lado ainda vai reclamar deste barulho exagerado.
A palavra visinho está errada.

08

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»
  • Vamos acreditar que gentileza gera gentileza, né?
  • Faça a gentileza de me deixar falar.
A palavra gentilesa está errada.

09

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

  • Os inimigos atacaram e tomaram a fortaleza.
  • Nasci e vivi toda a minha vida em Fortaleza.
A palavra fortalesa está errada.
10

14 Palavras com «Z» mas que muitos escrevem com «S»

  • Foi apenas um pequeno deslize, não voltará a acontecer.
  • Quero uma caneta que deslize muito bem.
A palavra deslise está errada.

(cont.)

1
2

1 COMENTÁRIO

  1. Regras básicas de português que nunca é demais relembrar ou aprender.
    Durante muito tempo, alguns erros que via as pessoas dar pareciam-me muito estranhos. Por serem erros básicos e que as regras são aprendidas logo na primária. Mas de facto, o problema dos erros que muitas pessoas dão tem origem num problema quanto a mim bem mais grave e, infelizmente, bem mais comum: a falta de hábitos de leitura.
    Quanto mais se lê (escrita com o mínimo de qualidade) menos erros se dão e, claro está, mais se aprende.
    Vou partilhar convosco uma história verdadeira…
    Já vi muitas pessoas escrever o meu nome com erros. Nomeadamente Sesar ou Cezar, sendo o mais comum a falta do acento. Delicadamente explico “É com C no início” ou “No meio é um s”, já nem me preocupando em corrigir a falta do meu acento.
    Andava a minha filha mais velha no segundo ano do ciclo quando fui de rotina falar com a directora de turma. Ao portão da escola encontrava-se um moço com os seus vinte e poucos anos que muito simpaticamente me perguntou ao que vinha.
    Depois da minha resposta, pegou num caderno e perguntou:
    – O senhor chama-se?
    – César Gomes.
    Olho para o livro e o simpático rapaz tinha acabado de escrever “Sezare”!
    Não tive coragem para o corrigir…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.