Início Viagem Destinos 10 razões para visitar a Madeira

10 razões para visitar a Madeira

Apresentamos uma lista com 10 razões para visitar a Madeira, com atrações para todos os gostos, desde a cultura, a gastronomia e a praia.

_

Eventos inesquecíveis

A Madeira orgulha-se de apresentar uma vasta lista de eventos, da mais diversa natureza, regionais, nacionais e internacionais, que ocorrem durante todo o ano.

Destino dinâmico, criativo e multifacetado, aqui poderá desfrutar de toda esta panóplia de oferta cultural, desportiva, recreativa e popular, de janeiro a dezembro, não faltando oportunidades para se distrair e apreciar tudo o que as ilhas deste arquipélago têm para lhe oferecer.

Os eventos do Calendário de Animação Turística são iniciativas da responsabilidade da Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes (SRT), organizadas pela Direção de Serviços de Animação Turística (DSAT), e outros eventos de interesse turístico contam com apoio oficial.

Os principais eventos deste calendário são as Festas de Carnaval, a Festa da Flor, o Festival do Atlântico, a Festa do Vinho, o Festival de Colombo, o Festival da Natureza e as Festas de Fim de Ano, mas todos os meses, as ilhas da Madeira e do Porto Santo servem de palco a inúmeros eventos e iniciativas de cariz cultural e etnográfico, testemunhos da riqueza e das tradições do povo madeirense.

Descubra todas as iniciativas que foram idealizadas para encherem as medidas de miúdos e graúdos, ao longo de todo o ano!

Floresta da Laurissilva – património da humanidade

Laurissilva é o nome dado a um tipo de floresta húmida subtropical, composta maioritariamente por árvores da família das lauráceas e endémico da Macaronésia – região formada pelos arquipélagos da Madeira, Açores, Canárias e Cabo Verde.

Possui maior expressão nas terras altas da ilha da Madeira, onde se encontra a sua maior e mais bem conservada mancha, tendo sido considerada, em 1999, pela UNESCO como Património da Humanidade, ocupando aí uma área de cerca de 15.000 hectares.

A Laurissilva remonta aos períodos Miocénico e Pliocénico da Época Terciária, há 20 milhões de anos. Nessa altura a floresta ocupava toda a área da agora bacia do Mediterrâneo, Sul da Europa e Norte de África.

Em consequência das alterações climáticas determinadas pela formação do Mediterrâneo, esta floresta acabou por ter como último refúgio as regiões insulares, onde, devido à menor flutuação climática proporcionada pelo efeito amenizador do Oceano Atlântico, conseguiu sobreviver e até mesmo prosperar.

Uma das melhores formas de ficar a conhecer esta fantástica herança ambiental é caminhando nas veredas e levadas que cruzam esta mancha verde e que permite um contacto direto com as espécies endémicas da flora e fauna da Madeira.

(cont.)

1
2
3
4
5
6
7

7 COMENTÁRIOS

  1. Não sabia nada sobre a Ilha e nem tinha noção da procedência do molho madeira
    que acompanha o filet minnhon.
    Vou procurar nas casas de vinhos, o vinho madeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.