Início Viagem Destinos 10 razões para visitar a Madeira

10 razões para visitar a Madeira

Apresentamos uma lista com 10 razões para visitar a Madeira, com atrações para todos os gostos, desde a cultura, a gastronomia e a praia.

_
Os primeiros colonos foram os três capitães-donatários e as respetivas famílias, um pequeno grupo de pessoas da pequena nobreza, gente de condições modestas e alguns antigos presos do Reino.

Para auferirem de condições mínimas para o desenvolvimento da agricultura na ilha, tiveram que desbastar uma parte da densa floresta e construir um grande número de canais de água (levadas) para transportar as águas que abundavam na costa norte para a costa sul da ilha. Nos primeiros tempos, o peixe constituía o principal meio de subsistência dos povoadores, assim como os produtos hortofrutícolas.

No início do seu povoamento foram introduzidas algumas culturas agrícolas como a cana-de-açúcar, que rapidamente conferiu à metrópole funchalense uma franca prosperidade económica. Assim, na segunda metade do século XV, a cidade do Funchal tornou-se porto de escala obrigatório para as rotas comerciais europeias.

A Coroa Portuguesa e os dirigentes insulares passaram a dedicar-se, predominantemente, ao cultivo da cana-de-açúcar e à exportação deste “ouro branco” para toda a Europa, sendo utilizados escravos nos trabalhos dos canaviais e engenhos trazidos das feitorias portuguesas de África, o que levou a que se tivessem fixado no Funchal elementos das mais importantes cidades comerciais da bacia mediterrânica e do norte da Europa.

O interesse económico e estratégico da ilha para a Coroa era notório pelas constantes encomendas de pintura e escultura flamengas com que foram ornamentadas as igrejas e as capelas da Madeira.

Os séculos XVII e XVIII ficaram marcados pelo aparecimento de uma nova cultura que impulsionaria novamente a economia da Madeira, o vinho.

Assim, na sequência dos tratados comerciais estabelecidos com a Inglaterra, o porto do Funchal passou a ponto de escala obrigatório, entre 1660 e 1704, cativando o interesse dos comerciantes ingleses pelo vinho da ilha, os quais vieram fixar a sua residência e fundar inúmeros estabelecimentos comerciais nesta ilha, deixando a sua marca na história e cultura madeirenses.

Ao longo dos séculos XIX e XX, a Madeira floresceu para o nascimento do sector turístico, tornando-se rapidamente numa referência obrigatória para a aristocracia europeia que aqui fixou residência temporária, atraída pelas qualidades terapêuticas naturais da ilha.

As condições gerais de localização e o desenvolvimento das rotas dos grandes paquetes, aliadas à benignidade do seu clima, fizeram do Funchal um dos grandes destinos turísticos europeus de meados do século XX.

Na segunda metade do século, o desenvolvimento fulgurante dos transportes aéreos levou à construção de um aeroporto e à reformulação geral do porto do Funchal.

(cont.)

1
2
3
4
5
6
7

7 COMENTÁRIOS

  1. Não sabia nada sobre a Ilha e nem tinha noção da procedência do molho madeira
    que acompanha o filet minnhon.
    Vou procurar nas casas de vinhos, o vinho madeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.