Início Pessoas 10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

Quem emigra deixa para trás a nossa gastronomia, com todos os pratos que a caracterizam. As 10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades.

5663

_

4. Marmelada

10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

Marmeladas há muitas. Para os italianos, todas as compotas são marmelada. Para nós é estranho. É que marmelo há só um. E vai lá procurar marmelada por esse mundo fora. Há emigrantes com sorte, que emigram para países sul americanos, onde o “membrillo” faz parte da panóplia de compotas à disposição.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
Há emigrantes com menos sorte, onde nem sequer o próprio do marmelo se encontra. E vamos outra vez explicando aos senhores do supermercado: é uma fruta, assim como a maçã, mas mais dura. Não se pode comer crua porque fica a boca encortiçada (não sei bem como traduzi encortiçada ao senhor do supermercado, mas fiz um gesto explicativo com a língua).
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
Não, não é dióspiro – também raro mas lá se encontra – e faz-se uma compota assim que se corta à faca… por esta altura já o senhor do supermercado pôs os olhos em bico. E lá voltamos nós para casa, sem marmelo, nem marmelada e com a vontade de a comer. E se para mais tivéssemos um belo requeijão?

3. Caracóis

10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

Ah, pois é. Controversos. Dividem Portugal ao meio. No Norte dizem-se nojentos. No Sul são petisco. Seja como for, um bom caracol com uma “bjeca” fresquinha é uma iguaria que eu e muitos emigrantes gostaríamos de encontrar fora de Portugal.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
É que caracóis não são bem os “escargot” (recheados e cenas). Os caracóis são um estado de espírito nacional. Vamos à caracolada depois da praia, com pão quentinho e manteiga que escorre pelos dedos.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
Partilhados duma mesma travessa enquanto se discute que o Clube X compra os árbitros e que isso não pode ser porque o Clube Y já tinha comprado antes. Ou se discute a última gafe do político da ocasião.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
Pois é. Os caracóis são nossos, como o fado e Fátima e deixam saudade ao emigrante. E vá-se lá explicar que nós comemos “snails” como eles comem “cacauetes”.

2. Pastelaria

10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

Quando estamos fora de Portugal, uma das saudosas memórias é o Pastel de Nata. Aquela maravilha crocante por fora com um creme tão cremoso por dentro, que transforma ateus em crentes fervorosos. No entanto a saudade generaliza-se a outras iguarias de pastelaria.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
É que em Portugal, não há só Pastel de Nata – que descanse no céu o seu criador. Também há o Travesseiro de Sintra, e as Queijadas do mesmo local,  o Palmier Recheado, o Rim (para mim, de chocolate), o Queque, a Bola de Berlim com creme, o Bolo de Arroz, a Trança, o Mil-Folhas e outros mais ou menos conhecidos: a Palma, a Tigelada, o Caracol as Castanhas de Ovo… enfim, todas aquelas doçarias pelas quais éramos capazes de vender a nossa tia quando estamos no estrangeiro.
comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades
É claro que há países que compensam na doçaria, mas até me apresentarem um bom Pastel de Nata, eu continuo na minha. E não há muffin ou brownie que nos acalme a saudade!

(cont.)

3 COMENTÁRIOS

  1. Num site de cultura é intolerável um título tão mal escrito e um texto com tantos “defeitos” de escrita.
    Vou continuar com atenção. Muita.

  2. Sò uma precisao: em italiano “marmellata” sò se usa para os citrinos (laranja, limao, tangerina, …).
    Para toda a outra fruta fala-se de “confettura”. E a marmelada é “cotognata”, o marmelo “mela cotogna”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.