Início Pessoas Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral deixou fãs de todo o mundo a aguardar pela sua recuperação e subsequente regresso aos palcos. Conheça os números impressionantes até hoje.

1723
Salvador Sobral: os números impressionantes
Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral: os números impressionantes

Havia qualquer coisa de euforia no ar naquela noite. Nos cafés e restaurantes, todos encostaram o ouvido à televisão à espera da pontuação lá longe, em Kiev, na Ucrânia. Era a noite de sábado, 13 de maio, e fez agora seis meses que Salvador Sobral venceu o Eurovisão da Canção com uma pontuação nunca vista: 758 pontos, o máximo na história do festival europeu.

O miúdo que despertara para a música nas viagens de carro em família e que chegara aos finalistas do concurso de talentos Ídolos há oito anos acabara de fazer história. Poucas horas mais tarde, o aeroporto de Lisboa apinhava-se de gente estonteada pela vitória.

Até recolher a bagagem, Salvador Sobral não acreditava no burburinho na Portela, e mesmo depois da poeira assentar, o artista não voltou a ter tempo para pousar as malas. O ciclone da fama engolia-o.

Mais de 30 concertos se seguiram e outros tantos estão prometidos em países como Brasil, Japão, Argentina, Rússia, Ucrânia, só para enumerar alguns. “O mundo inteiro está à espera dele”, revela Ana Paulo, a agente que partilhou com o DN algumas memórias destes últimos seis meses.

Voltando a Kiev, por aqueles dias de ensaios antes do programa, recorda que “havia muito frenesim mas ninguém tinha noção onde poderia chegar esta vitória, muito menos o Salvador”.

E os números não mentem. Segundo dados disponibilizados pela editora Sony que detém a distribuição do tema Amar pelos Dois, da autoria da irmã Luísa Sobral, o número é impressionante: 9.821.127 de audições só na plataforma de streaming Spotify até hoje.

Quase 10 milhões de vezes a voz de Salvador e as notas de Luísa se fizeram ouvir em dispositivos digitais. Os dados oficiais da Associação Fonográfica Portuguesa apontam para streams gerais na ordem dos três milhões.

À parte das plataformas digitais, o álbum Excuse Me de Salvador Sobral, editado dois meses antes da vitória em Kiev e que não contém o tema, multiplicou por dez as vendas das 1500 unidades adquiridas até à data do festival, para os mais de 15 mil discos depois da vitória no Eurovisão.

Segundo Lola Coelho, da Valentim de Carvalho, a editora do cantor, o disco tem lugar cativo no top de vendas nacional há 35 semanas consecutivas. “As pessoas foram claramente atrás do artista, e hoje já é disco de platina”, confirma.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.