Início Pessoas Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral deixou fãs de todo o mundo a aguardar pela sua recuperação e subsequente regresso aos palcos. Conheça os números impressionantes até hoje.

1581
COMPARTILHE
Salvador Sobral: os números impressionantes
Salvador Sobral: os números impressionantes

Salvador Sobral: os números impressionantes

Havia qualquer coisa de euforia no ar naquela noite. Nos cafés e restaurantes, todos encostaram o ouvido à televisão à espera da pontuação lá longe, em Kiev, na Ucrânia. Era a noite de sábado, 13 de maio, e fez agora seis meses que Salvador Sobral venceu o Eurovisão da Canção com uma pontuação nunca vista: 758 pontos, o máximo na história do festival europeu.

O miúdo que despertara para a música nas viagens de carro em família e que chegara aos finalistas do concurso de talentos Ídolos há oito anos acabara de fazer história. Poucas horas mais tarde, o aeroporto de Lisboa apinhava-se de gente estonteada pela vitória.

Até recolher a bagagem, Salvador Sobral não acreditava no burburinho na Portela, e mesmo depois da poeira assentar, o artista não voltou a ter tempo para pousar as malas. O ciclone da fama engolia-o.

Mais de 30 concertos se seguiram e outros tantos estão prometidos em países como Brasil, Japão, Argentina, Rússia, Ucrânia, só para enumerar alguns. “O mundo inteiro está à espera dele”, revela Ana Paulo, a agente que partilhou com o DN algumas memórias destes últimos seis meses.

Voltando a Kiev, por aqueles dias de ensaios antes do programa, recorda que “havia muito frenesim mas ninguém tinha noção onde poderia chegar esta vitória, muito menos o Salvador”.

E os números não mentem. Segundo dados disponibilizados pela editora Sony que detém a distribuição do tema Amar pelos Dois, da autoria da irmã Luísa Sobral, o número é impressionante: 9.821.127 de audições só na plataforma de streaming Spotify até hoje.

Quase 10 milhões de vezes a voz de Salvador e as notas de Luísa se fizeram ouvir em dispositivos digitais. Os dados oficiais da Associação Fonográfica Portuguesa apontam para streams gerais na ordem dos três milhões.

À parte das plataformas digitais, o álbum Excuse Me de Salvador Sobral, editado dois meses antes da vitória em Kiev e que não contém o tema, multiplicou por dez as vendas das 1500 unidades adquiridas até à data do festival, para os mais de 15 mil discos depois da vitória no Eurovisão.

Segundo Lola Coelho, da Valentim de Carvalho, a editora do cantor, o disco tem lugar cativo no top de vendas nacional há 35 semanas consecutivas. “As pessoas foram claramente atrás do artista, e hoje já é disco de platina”, confirma.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here