Início Histórias Pripyat, a cidade fantasma

Pripyat, a cidade fantasma

É zona interdita. Dezenas de anos depois da explosão, a cidade fantasma de Pripyat e a sua zona de exclusão, é patrulhada por militares armados com AK-47.

825
COMPARTILHE
Pripyat, a cidade fantasma

Pripyat, a cidade fantasma

Trinta anos depois da explosão de um de seus reatores, em 26 de abril de 1986, uma zona de exclusão ainda vigora em redor da central nuclear de Chernobyl, na Ucrânia – na altura, uma das repúblicas da antiga União Soviética.

A explosão causou um incêndio que durou 10 dias e lançou imensas quantidades de material radioativo no meio ambiente da região, bem como por extensas áreas da Europa, especialmente na Ucrânia, Bielorrússia e Rússia. A área à volta da central foi evacuada, e a zona de exclusão, que se estende por um raio de 30 km, é patrulhada por militares armados com AK-47.

Aquilo que aconteceu em Chernobyl ainda é visto como um dos maiores desastres da História. Perto da Central Nuclear estava a cidade de Pripyat.

Parada no tempo depois do acidente, a cidade está completamente ao abandono e tudo o que resta são vestígios da antiga União Soviética aliados à natureza circundante.

Conheça melhor a história desta cidade:

Zona de desastre: a cidade fantasma ucraniana

© Shutterstock

A cidade de Pripyat está parada no tempo e ainda é, até aos dias de hoje, um retrato das cidades soviéticas dos anos 80. A cidade mais próxima de Chernobyl é agora quase uma floresta abandonada devido às ruas que deram lugar à natureza que se instalou passados 32 anos do desastre.

Pripyat foi evacuada 24 horas depois da explosão e o combustível nuclear ainda ardeu durante 10 dias, deixando na Europa uma nuvem radioativa e uma cidade devastada e abandonada que nunca mais foi habitada.

Para conhecer melhor a história deste local, sugerimos que veja as imagens e se deixe surpreender.

Começo

© Shutterstock

A cidade foi fundada a 4 de fevereiro de 1970 e tinha como objetivo abrigar os trabalhadores da Central Nuclear de Chernobyl.

O desastre

© Shutterstock

O desastre  na Central Nuclear de Chernobyl, perto de Pripyat, continua até aos dias de hoje a ser o único acidente de nível 7 na escala Internacional de eventos nucleares.

Radiação

© Shutterstock

A cidade foi exposta a 100 vezes mais radiação do que aquela encontrada nas bombas de Hiroshima e Nagasaki.

Evacuação

© Shutterstock

A cidade só foi evacuada 24 horas depois do acidente o que fez com que várias pessoas sofressem mazelas para a vida ou até mesmo a morte.

Período de limpeza

© Shutterstock

Foram quase 2 mil pessoas que numa primeira fase ajudaram a limpar de maio a junho de 1986 cerca de 70% da cidade.

(cont.)

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here