Início Histórias Perguntas de turistas que deixam os guias à beira de um ataque...

Perguntas de turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso

O túmulo de Nossa Senhora e a Revolução dos Escravos. Conheça as perguntas e comentários dos turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso.

17955
COMPARTILHE
Perguntas de turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso
Perguntas de turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso

Perguntas de turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso

Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa

Do Mosteiro do “Jerónimo” ao “túmulo de Nossa Senhora de Fátima”, fique a conhecer as perguntas e comentários dos turistas que deixam os guias à beira de um ataque de riso – ou de um ataque de nervos.

São cada vez mais os turistas estrangeiros que procuram Portugal para passarem as férias. Só em 2016, o país recebeu 21,3 milhões de visitantes. O número, divulgado pelo Turismo de Portugal, representa um aumento de 11,1 por cento face a 2015, e a tendência é para que continue a crescer.

À semelhança de anos anteriores, a maioria dos visitantes era proveniente de países como Reino Unido, Espanha e Alemanha. Do Brasil, vieram cerca de 1,5 milhões de turistas.

Apesar disso, nem todos parecem saber ao que vêm. Falamos com três guias de turismo para tentar perceber o que é que os turistas sabem (ou não sabem) sobre Portugal.

Capítulo I: Os erros históricos

Ana (nome fictício), guia de turismo há mais de 20 anos, admite que já ouviu de tudo. Apesar disso, garante que os turistas com quem fala todos os dias arranjam sempre uma forma de a surpreenderem e de lhe perguntarem coisas novas.

Conímbriga

Numa visita guiada às ruínas romanas de Conímbriga, depois de várias explicações, o grupo de turistas que acompanhava perguntou-lhe se “aquilo estava tudo partido porque tinha havido um terramoto”.

Ana voltou a explicar-lhes que as ruínas tinham vários milhares de anos e que haviam sido construídas pelos romanos. Apesar disso, o grupo não ficou muito convencido. “Não têm muita noção do tempo e dos séculos. É tudo um bocado igual para eles”, referiu a guia de turismo.

Mosteiro dos Jerónimos – Capela de Nosso Senhor dos Passos

No Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, perguntaram-lhe uma vez se a capela do Nosso Senhor dos Passos “era o túmulo de Cristo”.

Na capela, construída junto à entrada da igreja, existe uma estátua de Jesus. Com toda a calma do mundo, Ana explicou à turista que Jesus não estava (nem poderia estar) sepultado naquela igreja.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here