Passarola de Gusmão: o primeiro homem do mundo a voar foi um padre português

Era padre e em 1709 transformou-se no primeiro homem do mundo a voar. Descubra a história da Passarola de Gusmão.

0
1915
Passarola de Gusmão
Passarola de Gusmão

A primeira aeronave conhecida no mundo a efectuar um voo foi baptizada com o nome de Passarola, 74 anos antes do famoso balão dos Montgolfier. As sua características técnicas não são totalmente conhecidas hoje, mas, sabemos que terá voado no ano de 1709 e que, foi seu inventor o padre e cientista português Bartolomeu de Gusmão.

O próprio desenho deixa dúvidas que tenha sido feito do original. Na sequência dos seus estudos sobre aeroestação, em 1708 , o padre Gusmão faz uma petição ao rei D. João V ,para aquilo que designou como “instrumento de andar pelo ar”. Com o assentimento do rei e concedido também um financiamento é, então, na Quinta do Duque de Aveiro, em S. Sebastião da Pedreira, (Lisboa), que o cientista se dedica a tempo inteiro ao seu projecto.

Em 8 de Agosto de 1709, perante uma ilustre assistência, Rei, Rainha, Núncio Apostólico, membros do Corpo Diplomático e toda a Corte Portuguesa, na Sala dos Embaixadores da Casa da Índia, Bartolomeu de Gusmão fez subir até ao tecto da sala um balão aquecido com ar. Segue-se então o desenvolvimento da versão maior, já tripulada e baptizada com o nome por que ficou conhecida, “Passarola”.

O enorme balão, possivelmente levando dentro o seu inventor, foi lançado da Praça de Armas do Castelo de S.Jorge, em Lisboa e voou cerca de 1 Km, vindo a poisar no Terreiro do Paço. Bartolomeu de Gusmão torna-se assim um dos mais importantes pioneiros da aeronáutica mundial sendo mesmo chamado “O Padre Voador”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here