Início Cultura Os erros de português dos escritores

Os erros de português dos escritores

Vários especialistas leram 9 livros de autores portugueses. Falámos com os escritores. Lobo Antunes erra e assume. Os erros de português dos escritores.

2582
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores

Os erros de português dos escritores

Os erros de português dos escritores. Pedimos a vários especialistas para lerem nove livros de autores portugueses. E falámos depois com os escritores. Lobo Antunes erra e assume. Margarida Rebelo Pinto e José Rodrigues dos Santos recusam críticas.

“Como diria um autor clássico português, o Samuel Usque, escrevo na língua em que mamei. E vou escrever nela até ao fim. Quem inventa o português sou eu. Que ele seja impresso como eu o entrego. Podem achar heterodoxo, não me interessa. Quero assim e acabou-se. Eles já sabem isso.”
Os erros de português dos escritores
António Lobo Antunes diz que não cede, que é o dono da sua obra, que impõe a lei. Para “eles”, os revisores, os linguistas e os dicionaristas, a porta está fechada.
Os erros de português dos escritores
“Eu só escrevo, e acho que já faço muito. Só quero que respeitem a maneira como escrevi. Mesmo que esteja de uma maneira errada de escrever. Muitas vezes é de propósito. Em vez de dizer triste, dizer desmorecido. Eles têm tendência logo para corrigir e pôr esmorecido. Ou qualquer coisa desse género. Uso populismos e quero que respeitem. Ao princípio, quando eram as crónicas, havia revisores que ajardinavam a prosa. Fiquei lixado. Quero que não me mexam numa sílaba. E mudavam-me a pontuação e etc. Eu não admitia que me mudassem a pontuação. Tinha que ir assim. E com os livros é a mesma coisa.”
Os erros de português dos escritores
O génio pode andar à solta – “Não sei quem é que dizia que os artistas têm sempre razão…” –, mas fora das quatro linhas há muitos a reclamar que a língua é um jogo de equipa.
Os erros de português dos escritores
“A assinatura de um autor não confere impunidade. Pior, confere responsabilidade acrescida. Os grandes nomes fazem lei. Há muitas pessoas que acham que os grandes escritores não têm erros, quando muito têm gralhas”, diz Manuel Monteiro, 39 anos, formador profissional de revisão de textos, autor de um livro bem conhecido na área, o Dicionário de Erros Frequentes da Língua.
Os erros de português dos escritores
Veja a análise que fez a Da Natureza dos Deuses.

Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores
Os erros de português dos escritores

“Não quero passar por detractor. Lobo Antunes é um grande autor, tem frases fantásticas, mas na ortografia, na gramática… ganharia imenso se cooperasse com os revisores”, remata Manuel Monteiro, que acrescenta que “há autores que dão pouquíssima margem aos revisores, e estes nunca vêem as provas expurgadas de todos os erros, ou seja, há sempre uma dependência da paginação”.
Os erros de português dos escritores
A guerra é antiga e tem sido travada em salas onde os dicionários não ganham pó. A pátria é a língua portuguesa e as tropas têm sono leve – há arroubos apaixonados, peitos abertos e bocas a borrifarem-se. “Os erros expõem primeiramente o autor”, disse-nos um revisor. Há quem elogie a beleza das histórias e das frases, mas não perdoe a vírgula mal posta e o composto descomposto.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.