Os 10 animais mais venenosos do planeta

Serão cobras, aranhas ou mosquitos? Talvez sim, talvez não... descubras os 10 animais mais venenosos do planeta.

0
4659
Água-viva
Água-viva

É complicado saber qual é o animal mais venenoso do mundo. O que produz mais toxinas? O que mata o maior número de pessoas por ano? Ou o que tem a maior quantidade veneno? Nós fomos por aqueles que causam danos mais violentos nas suas vítimas. Seja como for são todos extremamente perigosos. É importante olhar para as fotos com cuidado, apesar de não encontrarmos nenhum destes animais em Portugal, nunca sabemos se nas próximas férias noutra parte do mundo nos vamos cruzar com algum deles. Todos os animais que aqui apresentamos emitem avisos do potencial perigo que apresentam, seja pelas cores ou pelo comportamento e lembrem-se que não são do tipo de animais ao qual querem dar uma festa. Podem sempre dar, mas será com certeza a última festa que dão! Depois destes avisos, e não vos queremos assustar, não faz mal nenhum conhecer os 10 animais mais venenosos do mundo.

10. Peixe Balão

Peixe Balão
Peixe Balão

No Japão e na Coreia é considerado um prato requintado mas a sua pele e alguns órgãos são extremamente venenosos para o ser humano, provocando uma morte rápida e violenta. Causa a morte dos tecidos da língua e dos lábios, tonturas, vómitos, ritmo cardíaco acelerado, dificuldade em respirar e paralisia muscular. A maioria das vítimas morrem por sufocação devido à paralisia dos músculos do diafragma, num espaço de 4 a 24 horas. Não existe antídoto e a maioria das pessoas morre por não terem treino para o preparar, só chefs com as devidas licenças podem fazê-lo.

9. Rã Dardo Venenosa

Rã Dardo Venenosa
Rã Dardo Venenosa

Se por acaso estiverem a passear pela floresta tropical na América Central ou do Sul, não peguem numa rã com cores vivas, pode ser a rã mais venenosa do mundo! Com apenas 5cm tem veneno suficiente para matar 10 pessoas adultas ou 20.000 ratos. Chama-se Dardo porque os índios daquela parte do mundo usavam o seu veneno nas pontas das suas lanças e setas. O veneno encontra-se na sua pele e mata qualquer animal que lhes toque.

8. Escorpião Perseguidor de Morte

Escorpião Perseguidor de Morte
Escorpião Perseguidor de Morte

Ao contrário do que se pensa a maioria dos escorpiões não apresentam perigo ao ser humano, pois a maioria das picadas produz dormência, inchaço e dor locais. Mas este carrega consigo uma potente mistura de neuro-toxinas que causam dor intensa, febre e coma, convulsões, paralisia e a morte. Apesar de uma picada deste escorpião ser extremamente dolorosa é improvável que mate um adulto saudável. Crianças, idosos e doentes são os que estão mais em risco. Encontram-se no norte de África e no Médio Oriente.

7. Caracol de Cone de Mármore

Caracol de Cone de Mármore
Caracol de Cone de Mármore

Parece um pequeno caracol como outro qualquer mas é tão letal como qualquer outro animal nesta lista. Uma única gota do seu veneno pode matar mais de 20 pessoas, por isso nem pensar em pegar num deles. Vivem em águas quentes. O propósito do seu veneno é apanhar presas, mas caso uma pessoa seja picada os sintomas podem só manifestar-se dias depois. Dores fortes, inchaço e dormência. Pode causar paralisia muscular, dificuldades respiratórias e falta de visão. Apesar de não existir um antídoto, apenas 30 mortes foram registadas. Habitam no Oceano Indico e Pacífico.

6. Peixe Pedra

Peixe Pedra
Peixe Pedra

Nunca ganharia um concurso de beleza mas ganha sem dúvida o de peixe mais venenoso. O seu veneno provoca tantas dores que as vítimas desejam que o membro picado seja amputado. Além da dor, as vítimas entram em choque, provoca paralisia e morte dos tecidos, podendo mesmo ser fatal se não for tratado no espaço de duas horas. Armazenam o veneno nos espinhos que servem para se defenderem de predadores. Vivam nas águas do Pacífico e Indico desde o Mar Vermelho à grande barreira de Coral de Queensland, Austrália.

5. Aranha-teia-de-funil de Sydney

Aranha-teia-de-funil de Sydney
Aranha-teia-de-funil de Sydney

Como indica o nome esta aranha reside na área de Sydney, na Austrália mas pertence a uma família de aranhas que se encontram espalhadas um pouco por todo o mundo. O nome destas aranhas vem da forma, em forma de funil, das teias que constroem para apanhar os insectos. Podem crescer até 5cm de comprimento e são muito agressivas, fazendo uso de umas presas que metem medo a qualquer um. Conseguem inclusivamente furar uma unha com um só ataque. Quando se sentem ameaçadas levantam as pernas dianteiras e exibem as presas e quando atacam fazem-no repetidamente. O veneno é particularmente nocivo para os seres humanos e primatas mas não para os outros mamíferos. Também é sabido que o veneno das fêmeas não é tão potente como o veneno dos machos que pode matar em menos de uma hora. Não se registam mortes por mordedela desta aranha desde 1981, ano em que o antídoto foi desenvolvido.

4. Cobra Taipan terrestre

Cobra Taipan terrestre
Cobra Taipan terrestre

Esta é a cobra mais venenosa do mundo, com uma mordedura poderia matar até 100 homens em menos de 45 minutos. Vive no deserto australiano e, apesar de existir um antídoto, não há registo de acidentes com humanos. É uma cobra tímida e não morde se a deixarem em paz. Por isso se andarem pelo deserto australiano podem estar descansados que há mais probabilidade de serem atacados por outros animais do que por esta cobra. Mas não arrisquem!

3. Polvo de anéis azuis

Polvo de anéis azuis
Polvo de anéis azuis

O polvo-de-anéis-azuis é uma espécie de polvo conhecida pelos visíveis anéis azuis no seu corpo e pelo veneno muito poderoso que possui. Vive nas costas da Austrália e é muito pequeno, crescendo apenas 12 cm. A sua dieta consiste tipicamente de caranguejos pequenos e camarão, mas pode também alimentar-se de peixes quando a oportunidade surge. Em condições de laboratório foram vistos em actos de canibalismo, comendo elementos da mesma espécie, embora isto não seja observado na natureza. O seu veneno é um grande cocktail de compostos tóxicos conhecidos como tetrodotoxina, e é capaz de matar as vítimas com grande facilidade, sendo que uma dose é capaz de matar 20 homens em poucos minutos. Felizmente os acidentes com humanos são raríssimos, pois não há antídoto para o veneno deste polvo.

2. Aranha Armadeira do Brasil

Aranha Armadeira do Brasil
Aranha Armadeira do Brasil

A mais tóxica aranha do mundo pelo Livro do Guiness! É uma verdadeira assassina, e não pensem que foge se a tentarem assustar, esta não tem medo de nada nem de ninguém e ataca todo o que lhe fizer frente. Além da agressividade e do veneno que carrega esta aranha passeia-se por todo o lado. Ao contrário de outras aranhas que vivem numa árvore ou num buraco, esta anda literalmente por onde lhe apetece, inclusivamente nas cidades. Podemos apenas imaginar o número de pessoas que são mordidas por esta criatura. É responsável pelo mais número de casos de envenenamento por animais no Brasil. O veneno é potencialmente fatal, mas nos homens tem um efeito mais constrangedor. Pode causar Priapismo, uma condição médica geralmente dolorosa e potencialmente danosa na qual o pénis erecto não retorna ao seu estado flácido, apesar da ausência de estimulação física e psicológica, podendo causar impotência sexual definitiva.

1. Água-viva (Box Jellyfish)

Água-viva
Água-viva

É um animal aparentemente frágil mas com o mais mortífero veneno do mundo animal. Usa-o para caçar e matar as duas presas, como peixes e camarões, e contém toxinas que atacam o coração, o sistema nervoso e a pele. O seu efeito é tão doloroso que as vítimas humanas entram em choque e morrem antes de conseguirem chegar à praia. Os sobreviventes contam que as dores persistem durante semanas e que ficam com cicatrizes no local onde os tentáculos entram em contacto com a pele. Vivem ao longo da costa do norte de Austrália, são azuladas e chegam a crescer até aos 3 metros. Têm 15 tentáculos e cada um tem cerca de 5000 células venenosas. Não é mesmo para brincadeiras!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here