“Ortographia escripta”: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

Podemos não concordar com o Acordo Ortográfico, mas é importante olhar para a história e constatar a evolução da Língua Portuguesa.

2
4359
Acordo Ortográfico
Acordo Ortográfico

A Reforma Ortográfica de 1911 foi a primeira iniciativa de normalização e simplificação da escrita da língua portuguesa em Portugal. Tendo força de lei em Portugal, esta reforma modificou completamente o aspecto da língua escrita e inspirou todos os acordos e reformas subsequentes.

Até ao início do século XX, tanto em Portugal como no Brasil, seguia-se uma ortografia que, por regra, se baseava nos étimos latino ou grego para escrever cada palavra — phosphoro (fósforo), lyrio (lírio), orthographia (ortografia), phleugma (fleuma), exhausto (exausto),estylo (estilo), prompto (pronto), diphthongo (ditongo), psalmo (salmo), etc.

Ao longo dos tempos, diversos estudiosos da língua apresentaram sucessivas propostas de simplificação da escrita, sem grande êxito. Entre essas propostas encontravam-se as Bases da Ortografia Portuguesa, de 1885, da autoria de Aniceto dos Reis Gonçalves Viana e Guilherme de Vasconcelos Abreu.

Ortografia antes de 1911 Ortografia atual (Acordo de 1990)
Acção Ação
Actividade Atividade
Abbade Abade
Abstrahir Abstrair
Abysmo Abismo
Acceder Aceder
Accentuar Acentuar
Accomodar Acomodar
Accordar Acordar
Accrescentar Acrescentar
Accudir Acudir
Accumular Acumular
Accusar Acusar
Acquisição Aquisição
Acto Ato
Addiar Adiar
Adeante Adiante
Adhesão Adesão
Admittir Admitir
Affagar Afagar
Affastar Afastar
Affeiçoar Afeiçoar
Affirmar Afirmar
Affligir Afligir
Aggregar Agregar
Aldèa Aldeia
Alhèa Alheia
Alli Ali
Alliança Aliança
Allusão Alusão
Alphabeto Alfabeto
Alumno Aluno
Analysar Analisar
Anecdota Anedota
Annel Anel
Annexo Anexo
Anniversario Aniversário
Anno Ano
Annunciar Anunciar
Anonymo Anónimo(pt europeu), Anônimo(pt brasileiro)
Antipathico Antipático
Apathia Apatia
Apoz Após
Apparecer Aparecer
Apparelho Aparelho
Appellido Apelido
Appendix Apêndice
Appetecer Apetecer
Appetite Apetite
Applaudir Aplaudir
Applicar Aplicar
Appoiar Apoiar
Apprehender Apreender
Approvar Aprovar
Approximar Aproximar
Aquelle Aquele
Archaismo Arcaísmo
Archeologo Arqueólogo
Architectura Arquitetura
Arithmetica Aritmética
Arremetter Arremeter
Arripiar Arrepiar
Aspecto Aspeto
Assignar Assinar
Assignatura Assinatura
Assucar Açúcar
Assumpto Assunto
Asthma Asma
Asylo Asilo
Atheu Ateu
Athletismo Atletismo
Athmosphera Atmosfera
Atravez Através
Atraz Atrás
Atropellar Atropelar
Attenção Atenção
Attender Atender
Attingir Atingir
Attrahir Atrair
Attribuir Atribuir
Aucthor Autor
Augmentar Aumentar
Autographo Autógrafo
Azues Azuis
Bahia Baía
Ballada Balada
Baptismo Batismo
Belleza Beleza
Bibliotheca Biblioteca
Bocca Boca
Britannica Britânica
Bronchite Bronquite
Burguez Burguês
Cabelleira Cabeleira
Cahir Cair
Cahos Caos
Callar Calar
Calligraphia Caligrafia
Calumniador Caluniador
Camponez Camponês
Çapato Sapato
Cappella Capela
Castello Castelo
Cathalogo Catálogo
Cathedral Catedral
Catholicismo Catolicismo
Cautella Cautela
Cavallo Cavalo
Chammejante Chamejante
Charavella Caravela
Chimica Química
Chlorophylla Clorofila
Cholera Cólera
Chronica Crónica
Civilisação Civilização
Christão Cristão
Coherencia Coerência
Collar Colar
Collecção Coleção
Colonisação Colonização
Columna Coluna
Comprehensão Compreensão
Commercio Comércio
Communicação Comunicação
Comtudo Contudo
Craneo Crânio
Creação Criação
Creança Criança
Cysne Cisne
Dansa Dança
Deos Deus
Diccionário Dicionário
Differente Diferente
Difficil Difícil
Diphthongo Ditongo
Direcção (ainda vigente em PT) Direção
Ecclesiastico Eclesiástico
Edade Idade
Egreja Igreja
Electricidade (ainda vigente em PT) Eletricidade
Elle/Ella Ele/Ela
Epocha Época
Escripta Escrita
Escriptor Escritor
Escriptorio Escritório
Escriptura Escritura
Esphera Esfera
Estadoal Estadual
Exgottar Esgotar
Exhibição Exibição
Exhuberante Exuberante
Expectaculo Espetáculo (Em Portugal ainda se usa “Espectáculo”)
Falla Fala
Fructa Fruta
Geographia Geografia
Grammatica Gramática
Guarany Guarani
Gymnasio Ginásio
Hespanhol Espanhol
Hydraulico Hidráulico
Hydrographia Hidrografia
Hygiene Higiene
Ichthyologia Ictiologia
Idea Ideia
Insecto (ainda vigente em Portugal) Inseto
Immovel Imóvel
Indemne Indene
Instrucção Instrução
Introducção Introdução
Lyrio Lírio
Lucta Luta
Keratose Queratose
Kilometro Quilômetro(pt brasileiro), Quilómetro(pt europeu)
Martyr Mártir
Mathematica Matemática
Melancholia Melancolia
Methodo Método
Monarchia Monarquia
Mez Mês
Naphtha Nafta
Objecto (Ainda vigente em PT) Objeto
Occasião Ocasião
Officio Ofício
Ophthalmologia Oftalmologia
Orthodoxia Ortodoxia
Orthographia Ortografia
Oxygenio Oxigênio(pt brasileiro), Oxigénio(pt europeu)
Pae Pai
Paiz País
Pateo Pátio
Patriarchalismo Patriarcalismo
Phantasia Fantasia
Phantasma Fantasma
Pharmacia Farmácia
Phenomeno Fenômeno(pt brasileiro), Fenómeno(pt europeu)
Philanthropia Filantropia
Philarmonica Filarmônica
Philosophia Filosofia
Phorma Forma
Phosphoro Fósforo
Photographia Fotografia
Phrase Frase
Phthysica Tísica
Physica Física
Portuguez Português
Producto Produto
Prognathismo Prognatismo
Prohibição Proibição
Propheta Profeta
Psalmo Salmo
Psychologia Psicologia
Redacção (ainda vigente em PT) Redação
Rheumatismo Reumatismo
Sacco Saco
Sahida Saída
Scena Cena
Sciencia Ciência
Signal Sinal
Successo Sucesso
Systema Sistema
Technico Técnico
Telegrapho Telégrafo
Telephone Telefone
Theatro Teatro
Theorya Teoria
Theologia Teologia
Thesouro Tesouro
Thorax Tórax
Triumpho Triunfo
Tupy Tupi
Tyrannia Tirania
Typo Tipo
Typographia Tipografia
Victoria Vitória

2 COMENTÁRIOS

  1. Então quer dizer que mudar a ortografia a bel-prazer será sempre evolução, é isso? Independentemente da natureza dessa mudança? O que está em causa na crítica a este novo acordo ortográfico são as suas deficiências técnicas, incongruências e falta de lógica. Vir trazer para a discussão uma ortografia anterior a 1911 não será uma total falta de noção das coisas e do que está em causa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here