Início Cultura Língua Portuguesa “Ortographia escripta”: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

“Ortographia escripta”: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

Podemos não concordar com o Acordo Ortográfico, mas é importante olhar para a história e constatar a evolução da Língua Portuguesa.

4961
COMPARTILHE
Acordo Ortográfico
Acordo Ortográfico

“Ortographia escripta”: como se escrevia antes do Acordo Ortográfico de 1911

A Reforma Ortográfica de 1911 foi a primeira iniciativa de normalização e simplificação da escrita da língua portuguesa em Portugal. Tendo força de lei em Portugal, esta reforma modificou completamente o aspecto da língua escrita e inspirou todos os acordos e reformas subsequentes.

Até ao início do século XX, tanto em Portugal como no Brasil, seguia-se uma ortografia que, por regra, se baseava nos étimos latino ou grego para escrever cada palavra — phosphoro (fósforo), lyrio (lírio), orthographia (ortografia), phleugma (fleuma), exhausto (exausto),estylo (estilo), prompto (pronto), diphthongo (ditongo), psalmo (salmo), etc.

Ao longo dos tempos, diversos estudiosos da língua apresentaram sucessivas propostas de simplificação da escrita, sem grande êxito. Entre essas propostas encontravam-se as Bases da Ortografia Portuguesa, de 1885, da autoria de Aniceto dos Reis Gonçalves Viana e Guilherme de Vasconcelos Abreu.

Ortografia antes de 1911 Ortografia atual (Acordo de 1990)
Acção Ação
Actividade Atividade
Abbade Abade
Abstrahir Abstrair
Abysmo Abismo
Acceder Aceder
Accentuar Acentuar
Accomodar Acomodar
Accordar Acordar
Accrescentar Acrescentar
Accudir Acudir
Accumular Acumular
Accusar Acusar
Acquisição Aquisição
Acto Ato
Addiar Adiar
Adeante Adiante
Adhesão Adesão
Admittir Admitir
Affagar Afagar
Affastar Afastar
Affeiçoar Afeiçoar
Affirmar Afirmar
Affligir Afligir
Aggregar Agregar
Aldèa Aldeia
Alhèa Alheia
Alli Ali
Alliança Aliança
Allusão Alusão
Alphabeto Alfabeto
Alumno Aluno
Analysar Analisar
Anecdota Anedota
Annel Anel
Annexo Anexo
Anniversario Aniversário
Anno Ano
Annunciar Anunciar

_

1
2
3
4
5
6
COMPARTILHE

2 COMENTÁRIOS

  1. Então quer dizer que mudar a ortografia a bel-prazer será sempre evolução, é isso? Independentemente da natureza dessa mudança? O que está em causa na crítica a este novo acordo ortográfico são as suas deficiências técnicas, incongruências e falta de lógica. Vir trazer para a discussão uma ortografia anterior a 1911 não será uma total falta de noção das coisas e do que está em causa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here